Cine-Fantasma: assombrações dos cinemas de rua - Curta o Curta ::  | Curta o Curta

1 avaliação

Cine-Fantasma: assombrações dos cinemas de rua Por WSET Filmes - RJ/2013 - 15'10"

1 vídeos 0 comentários 5 avaliações 4 fotos 1302 visualizações Acervo Curta o Curta

Cine-Fantasma: assombrações dos cinemas de rua RJ, Brasil, 2013

1303 visualizações

COLETIVO FANTASMA - Cine Fantasma é uma série de videointervenções urbanas que ocupa espaços públicos ao ar livre, e acontece em locais que já abrigaram, um dia, salas de cinema. Mixando imagens de arquivo com trechos de filmes e imagens captadas ao vivo no local da ação, as projeções em grande formato evaporam-se pelas paredes externas dos edifícios, ativando a memória da cidade e cruzando imaginários urbanos. Performers caracterizados como fantasmas interpelam os passantes com perguntas e respostas sobre o fim dos cinemas de rua e as implicadas mudanças em espaços comuns nos bairros. O desaparecimento das salas de cinema de rua é um fenômeno observado nas últimas décadas em diversas cidades do Brasil e do mundo. No Rio de Janeiro, bairros como a Tijuca e o Méier, que construíram parte de sua identidade cultural e arquitetônica em torno de salas com capacidade para mais de mil espectadores, assistiram a transformação gradual de seus cinemas em lojas de departamentos, estacionamentos ou igrejas. A Cinelândia, região da cidade que deve este nome à quantidade de salas que um dia abrigou, conta hoje com apenas três cinemas em funcionamento. A migração dos cinemas da rua para o interior dos shopping centers vem sendo anunciada por grupos econômicos como garantia de conforto e segurança. Percebe-se que neste discurso está embutida não só uma ideia de elitização do hábito de ir ao cinema, mas também certo pensamento sobre a vida na cidade. Uma cidade ultra vigiada e dependente de automóveis (e estacionamentos...), onde as ruas deixam de ser espaço de permanência para se tornar mera passagem. No momento em que o país prepara-se para sediar eventos internacionais que colocam em xeque a arquitetura e a memória das cidades, a controvérsia em torno do desaparecimento dos cinemas de rua pode ser uma oportunidade para se pensar sobre a cidade e as imagens que queremos, as formas de viver junto e partilhar a rua que desejamos. Unindo técnicas de teatro de rua, reportagem e VJ, este projeto propõe uma ação crítica que reflita sobre identidade, memória, arquitetura e imaginário.

Ficha Técnica

Direção
Paola Barreto
Produção

Gênero



Ficha Técnica

Duração
15'10"
Direção
Paola Barreto
Produção

Gênero


    Direção

    Produtora

    WSET Filmes WSET Filmes
    Cidade/UF
    RIO DE JANEIRO/RJ

  • Comentários do filme


    Você precisa digitar algo na caixa de texto.
    Não foi possível enviar seu comentário.
    Informe um e-mail válido.
    Você precisa informar um nome.
    Você precisa digitar algo na caixa de texto.
    Os comentários não representam a opinião do Curta o Curta. A responsabilidade é do autor da mensagem. Leia nosso Termo de Uso e Privacidade.