120 filmes Selecionados para o Cine Esquema Novo ::  | Curta o Curta

120 filmes Selecionados para o Cine Esquema Novo

Por Guilherme Whitaker em 07/04/2006 18:49



O festival

O CineEsquemaNovo é reconhecido pelo circuito brasileiro de festivais desde sua edição de estréia, em 2003, por ter sido uma das primeiras mostras do País a derrubar a distinção formal entre cinema, vídeo e digital, promovendo novas mídias como formatos cinematográficos legítimos e autônomos. Sem o interesse de oferecer respostas definitivas sobre o futuro dos formatos de exibição, o CEN apenas trouxe à tona uma realidade irrefreável: a possibilidade concreta de renovação da linguagem audiovisual proporcionada pela tecnologia.

A seleção, a exibição e a premiação do festival partem da idéia de que interessa o talento e a técnica de quem cria um filme, e não o gênero, suporte ou mídia com que ele foi captação ou finalizado. O CEN dá abertura para que os autores expliquem e justifiquem os métodos de desenvolvimento de seus trabalhos sem nenhuma segregação entre gêneros, suportes ou mídias para captação e finalização. 

Confira AQUI a lista completa  dos filmes selecionados.

Programação CEN 2006

Nos programas especiais, os destaques do CineEsquemaNovo (que em anos anteriores trouxe Rogério Sganzerla e Ruy Guerra como diretores homenageados) são as mostras “Cinema de Artista” e “Noutras Janelas”.

A Mostra Cinema de Artista apresenta trabalhos de nomes conhecidos da produção brasileira que, ao longo de suas trajetórias, também utilizaram o cinema para suas expressões artísticas. Não trata-se de “vídeo-arte”: o CEN vai oferecer ao público uma amostra informativa sobre o uso do vídeo e do cinema como ferramenta na construção de uma pesquisa em arte. É com este filtro que a mostra deve exibir trabalhos audiovisuais singulares de nomes como, Laércio Redondo, Paulo Bruscky e Rivane Neueschwander.

Já o projeto “Noutras Janelas” ajuda a completar o foco de questionamento sobre o cinema proposto pelo CineEsquemaNovo 2006. O artista Cao Guimarães, premiado com o melhor curta-metragem no CEN 2004 por “Da Janela do Meu Quarto”, vai veicular criações suas em espaços aleatórios da cidade, para provocar uma reflexão sobre como o espaço interfere na experiência do cinema.

Como "aquecimento" para este trabalho e para o festival em si, o CineEsquemaNovo vai exibir ao longo do mês de abril o longa-metragem “Rua de Mão Dupla”, feito também por Cao, para a Bienal de São Paulo, em 2003. O detalhe destas sessões pré-festival é que as projeções serão feitas em paredes de prédios de Porto Alegre, a partir de janelas de apartamentos vizinhos. “Rua de Mão Dupla” mostra duas pessoas que trocam de casa, cada uma com uma câmera à sua disposição. A partir disso, elas filmam a “vida do outro” e dividem conhecimentos, reflexões e suas experiências cotidianas.

Além disso, a programação conta com a Mostra Prêmio do Público, onde são escolhidos os três melhores filmes pelo Júri Popular; a Mostra CineEsquemaNovo, com trabalhos da equipe e jurados; a Sessão Raros, desdobramento do projeto da Sala P.F. Gastal da Usina do Gasômetro, sede oficial do festival; a Sessão Mostra do Filme Livre (o “festival irmão” do CEN, do Rio de Janeiro) e, no último dia do festival, sessões com os filmes premiados na noite anterior.

O CineEsquemaNovo 2006 - Festival de Cinema de Porto Alegre é uma criação e realização do CineEsquemaNovo (grupo formado em 2001 pelo jornalista Alisson Avila, o realizador Gustavo Spolidoro e as produtoras culturais Jaqueline Beltrame e Morgana Rissinger), em co-realização com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre / Secretaria Municipal de Cultura / Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia, financiamento das leis Estadual (LIC) e Federal (Rouanet) de incentivo à cultura, Apoio Cultural da Petrobras e apoio da Studiorama Design & Tecnologia, ESPM RS, Revista Aplauso, Santander Cultural/Cine Santander, Fabico/UFRGS, Clube Silêncio, Plugin, Playmobility e Curta o Curta.

Mais informações, entrevistas com a organização, pautas ou imagens.
____________________________________________________
Sarah Goulart
Assessoria de Imprensa
CineEsquemaNovo 2006 - Festival de Cinema de Porto Alegre
51-3330.4472 / 9108.7621
imprensa@cineesquemanovo.org


CINE ESQUEMA NOVO 2006 - PORTO ALEGRE

FILMES SELECIONADOS


CURTAS E MÉDIAS METRAGENS – MOSTRA COMPETITIVA 

02 Conjunto Residencial, de Adams Carvalho e Olivia Brenga (SP)
A Árvore Casca, de Lisandro Santos (RS)’
A Estória do Menino e da Menina, de Márcio Menezes e Guilherme Sarmiento (RJ)
A Farsa do Acre, de Guga Caldas (SP)’
A Figueira do Inferno, de Ernesto Teodósio e Raoni Valle (PE)’
A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante (PE)
A História Secreta do Telemarketing, de Bia Flecha (SP) ’
A Re-inauguração do CAPS, de Álvaro Luiz, Eson Cunha, Isaías de Carvalho e Carlos Augusto (RJ)
A Verdadeira História de Bamb, dei Ludwig Von Papirus (RJ)
Acossada, de Karen Akerman e Karen Black (RJ / RS)
Andrômeda, de Carlos Magno (MG)’
Antes\Depois, de  Christian Caselli (RJ) - ASSISTA AO TRAILER DESTE CURTA AQUI
Ausência, de Aleques Eiterer (MG)
Bitola Cabeça Super 8, de Gabriela Barreto e Vitória Araújo (BA)
Break da Cavera, de Dunia Quiroga (SP)
Caixa de Desenhos, de James Zortéa Gomes (RS)
Caixa Forte, de Estevan Santos (SP)
Capítulo Primeiro, de Roberto Maxwell (RJ)
Capivara!, de Felipe Nepomuceno e Felipe Sussekind (RJ)
Cinema da Luz Vermelha, de Rodrigo Modenesi (RJ)
Copo de Leite, de William Cubits Capela (PE / RJ)
Danae, de Gustavo Galvão (DF)
Duelando Pelo Amor de Teresa, de Petter Baiestorf (SC)
E.C.T. Favela ou O Lado Certo da Vida Errada, de Rodrigo Costa (RJ)
Entre Paredes, de Eric Laurence (PE)
Estranha Estação do Ano, de Isabela Tozini (SP / POL)
Fogo Babilônia, de Ricardo Costa (SP)
Habanera, de Joana Oliveira (MG / CUB)
História Sem Fim Do Rio Uruguai - O Relatório, de Valéria del Cueto (MT)
Historietas Assombradas Para Crianças Mal-Criadas, de Victor Hugo Borges (SP)
Isabel e o Cachorro Flautista, de Christian Saghaard (SP)
Izune, de Frederico Cardoso (RJ)
Kilmayr, de Marcio José Schenatto (RS)
Labirinthinho, de Rafael Scaggion (SP)
Mais Um Domingo, de Daniel Barros (PE)
Man.Road.River, de Marcellvs L. (MG)
Marte, de Sávio leite e Clécius Rodrigues (MG)
Melhor Rezar do que Frear, de Angelo Ravazi e Lucas Keese (SP)
Memória, de Raphael Lupo (SP)
Mequinho, de Felipe Nepomuceno (RJ)
Motos, de Associação Cultural Kinoforum (SP)
Noite Qualquer, de Fábio René (SP)
Noturno, de Daniel Salaroli (SP)
O Cão Sedento, de Bruno de Sales (PB / RJ)
O Ditado, de Tomás Creus e Lavinia Chianello
O Homem que Xeroqueava Dimitre, de Lucho e Júlio Andrade (RS)
O Mundo Segundo Nelson Jacobina, de Cactos Intactos (RJ)
O Nome Dele (o clóvis), de Marina Meliande e Felipe Bragança (RJ)
O Petróleo é Nosso, de Uriel Pereira (SC)
Operação Morengueira, de  Chico Serra e Godofredo Quincas (RJ) - ASSISTA AO TRAILER DESTE CURTA AQUI
Outer Space , de Marcello Lima (EUA)
Pour Elise, de Erly Vieira Jr. (ES)
Primal, de Cesar A. Gananian (SP)
Procura-se, de Grima Grimaldi e Walter Silveira (SP)
Red, de Flávio Frederico (SP)
Sexo e Claustro, de Claudia Priscilla (SP)
Summer Time Claudia Barbisan (RS)
Terra de Gigantes, de Eduardo Rennó e Alexandre Milagres (MG)
Tijolo, de Frederico Cardoso (RJ)
Timor Mortis Conturbat Mea, de Dirnei Prates (RS)
Tinta Fresca, de Paula Alzugaray e Ricardo van Steen (SP)
Us, de Tadeu Jungle (SP)
Video Slow, de Rochele Zandavalli e Lucas Ferreira (RS)
Vinet San Jaca (RS)
Vinil Verde, de Kléber Mendonça Filho (PE)
Viva Volta, de Heloísa Passos (PR)
Wragda, de Boteco Cinematográfico Fora do Eixo (MG/ RJ)

LONGAS METRAGENS – MOSTRA COMPETITIVA
Carnaval, Bexiga, Funk e Sombrinha, de Marcus Vinicius Faustini (RJ)
Estamira, de Marcos Prado (RJ)
Fala Mulher! , deGraciela Rodriguez & Kika Nicolela (SP)
Guaruja - Um Filme Maravilhoso, de Gisela Domschke e Marcelo Krasilcic (SP/ ING / EUA)

MOSTRA SALA DE AULA - COMPETITIVA
29 DE JULHO - um dia nublado, de Maria Fernanda Penha (PR)
A Farsa do Acre, de Guga Caldas (SP)
A Re-inauguração do CAPS, de Álvaro Luiz, Eson Cunha, Isaías de Carvalho e Carlos Augusto (RJ)
A Secreta Obscenidade de Cada Dia, de Marina Weis (SP / CUB)
Antes\Depois, de Christian Caselli (RJ)
Bitola Cabeça Super 8, de Gabriela Barreto e Vitória Araújo (BA) Caixa de Desenhos James Zortéa Gomes (RS)
Capítulo Primeiro, de Roberto Maxwell (RJ)
Estranha Estação do Ano, de Isabela Tozini (SP / POL)
Grau Zero, de Eduardo Goldberg Rabin (RS)
Habanera, de Joana Oliveira (MG / CUB)
Melhor Rezar do que Frear, de Angelo Ravazi e Lucas Keese (SP)
Motos, de Associação Cultural Kinoforum (SP)
No meio do Caminho Tinha uma Pedra, de Eduardo Santos & Simon Brethé (MG)
Noturno, de Daniel Salaroli (SP)
O Fim do Homem Cordial, de Daniel Lisboa (BA)
O Latido do Cachorro Altera o Percurso das Nuvens, de Marquez, Rebecca Ramos, Estevâo Garcia e Pedro Urano (RJ)
Opus Hamlet Machine, de Cristiano Burlan (PR)
Outer Space, de Marcello Lima (EUA)
Paraíso, de David BArkan (PR) Mini-DV
Pela Passagem de Uma Grande Dor, de Bruno Polidoro (RS)
Primal, de Cesar A. Gananian (SP)
Quando Tudo Formiga, de Mauricio Osaki (SP)
Scopofilia, de Marina Fraga (RJ)
Toniolo, de André Moraes e Caco Pacheco (RS)
Veludo e Cacos-de-Vidro, de Marco Martins (SC) 

Confira em breve, aqui mesmo, mais sobre o CEN 2006.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]