4o. FAIA – Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual anuncia premiados ::  | Curta o Curta

4o. FAIA – Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual anuncia premiados

Por Guilherme Whitaker em 28/01/2009 15:55


Foram revelados na noite deste sábado (24) os vencedores do 4o. FAIA – Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual.

Confirmando o equilíbrio de qualidade das produções concorrentes, os cinco prêmios oficiais do evento foram concedidos a cinco diferentes filmes. Assim, os Troféus Sapuari, premiação oficial do Festival de Atibaia, tiveram os seguintes ganhadores:

Melhor Filme 35 mm: "Os Filmes que Não Fiz", de Gilberto Scarpa (MG).
Melhor Vídeo: "Amanda e Monick", de André da Costa Pinto (PB).
Melhor Direção: César Cabral por "Dossiê Rê Bordosa" (SP).
Melhor Fotografia: Roberto Santos Filho por "A Vida é Curta" (PE).
Melhor Ator: Jorge Junior de "Dez Centavos" (BA).
Melhor Atriz: Berta Zemel de "Os Sapatos de Aristeu" (SP).

Além do Troféu Sapuari, o vencedor na Categoria de Melhor Filme leva R$ 16 mil em dinheiro, mais 8 mil em serviços oferecido pelos
Estúdios Quanta. O Melhor Vídeo ganha R$ 8 mil em dinheiro, e mais 4 mil em serviços dos Estúdios Quanta.

O SINDCINE – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica do Estado de São Paulo – em premiaçãoparalela, escolheu também os seguintes vencedores:

Melhor Direção: Gilberto Scarpa por "Os Filmes que Não Fiz" (MG).
Melhor Fotografia: Roberto Santos Filho por "A Vida é Curta" (PE).
Melhor Montagem: Thelmo Corrêa por "Imparcial" (RS).
Melhor Roteiro: René Guerra por "Os Sapatos de Aristeu" (SP).

O Prêmio Don Quixote, oferecido pela FICC – Federação Internacional de Cineclubes – foi para "Dez Centavos", com menção especial para "Os Filmes que Não Fiz".

A FESTA

A festa de entrega dos prêmio foi aberta por alunos participantes do projeto "Música e Cidadania", da Prefeitura de Atibaia. Uma banda de metais e percussão literalmente levantou a platéia com um repertório eclético que variou de Pixinguinha a Tim Maia, passando por músicas dos Beatles em ritmo de samba. Logo na seqüência foi exibido o curta de animação Super Sushi, produzido pelos alunos da Oficina de Audiovisual da Associação de Difusão Cultural de Atibaia.

O homenageado da noite foi o ator atibaiense Fábio Cardoso, cuja carreira de sucesso se estende pelas TVs Tupi, Excelsior, SBT,
Bandeirantes e pelo Cinema Brasileiro. O encerramento do Festival foi prestigiado pelas presenças do Prefeito de Atibaia, José Denig, do Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Silvio Da-Rin, da Chefe de Gabinete da SAV, Ana Paula Santana, do futuro Diretor do Audiovisual da SAV, Adilson Ruiz e representantes de várias entidades do Audiovisual, entre eles o novo presidente do CBC - Congresso Brasileiro de Cinema, Rosemberg Cariri (eleito em Atibaia), da presidente da ABD Nacional, Solange Lima, do presidente do CBDC - Centro Brasileiro Pela Diversidade Cultural, Geraldo Moraes, do presidente do CNC - Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros, Antonio Claudino de Jesus e do presidente da FICC - Federação Internacional de Cineclubes, Paolo Minuto. Também estiveram presentes os representantes dos festivais nacionais e internacionais parceiros e a comitiva de cineclubistas estrangeiros que participaram do IV Encontro Ibero Americano de Cineclubes, realizado durante o Festival.

O IV FAIA contou ainda com a participação do Secretário de Políticas Culturais do MinC, Marcos Souza que participou do Seminário Internacional: Cineclubismo, Memória, Educação, Identidade e Diversidade Cultural realizado nos dias 23 e 24 de janeiro também dentro da programação do Festival.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]