5ª CineBH abre inscrições para oficinas gratuitas de cinema ::  | Curta o Curta

5ª CineBH abre inscrições para oficinas gratuitas de cinema

Por Guilherme Whitaker em 29/08/2011 11:26


As sete modalidades de oficinas da 5ª Mostra CineBH abrangem o processo completo da produção audiovisual e o despertar do olhar para o cinema; programação aproxima comunidade escolar de filmes contemporâneos brasileiros.

Do desenvolvimento de um roteiro até a avaliação de estratégias para se lançar um filme no mercado, contemplando as novas tecnologias e as possibilidades de distribuição de uma obra audiovisual. Todo o processo – além da importante (des) educação do olhar, seja como crítico, professor ou apreciador de filmes - está contemplado nas oficinas de cultura programadas para a 5ª Mostra CineBH, agendada de 29 de setembro a 04 de outubro de 2011, na capital mineira.

São sete modalidades de oficinas oferecidas gratuitamente ao público, somando 205 vagas. As inscrições estão abertas até o dia 12 de setembro. A comunidade escolar de Minas Gerais também poderá se inscrever gratuitamente para uma programação especial chamada Cine Expressão – A Escola Vai ao Cinema, que vai levar professores e alunos para assistirem ao melhor da mais recente produção brasileira independente, com mediação de profissionais da educação e do audiovisual. As inscrições para o Cine Expressão vão até dia 5 de setembro. Para os dois casos, o processo de inscrição é feito através do site oficial da Mostra www.cinebh.com.br .

A 5ª Mostra CineBH, evento que integra o programa Cinema Sem Fronteiras, faz a conexão entre a produção de cinema independente brasileiro e sua inserção no mercado seja através de coproduções internacionais, alternativas de distribuição e/ou financiamento por fundos de cinema. Temas como estes estão presentes também nas ementas das oficinas oferecidas durante o evento, contribuindo para a formação de produtores, realizadores e despertando vocações profissionais. A 5ª CineBH será realizada entre 29 de setembro e 4 de outubro.

Entre as novidades desta edição, em sinergia com o Brasil CineMundi – 2nd International Coproduction Meeting, o convidado Michel Marx, roteirista, escritor e colaborador de fundos de financiamento ao cinema latino-americano na Europa, dará o workshop “Desenvolvimento de Roteiro”. De 1 a 3 de outubro, os 25 selecionados terão a oportunidade de conhecer as etapas da escrita de um roteiro, embasadas por informações da história do cinema e tipos de narrativa, as dificuldades e desafios no processo da elaboração do roteiro até a apresentação (pitching) do projeto de cada um. Pela segunda vez em Belo Horizonte, Marx está entusiasmado com a realização da oficina e espera uma troca de experiência rica durante o período.

Ensinar o pensamento que leva o produtor a realizar o desenho de produção de seu filme será tarefa de Elisa Tolomelli durante a oficina “Produção de Cinema – Do Roteiro ao Lançamento Comercial”. Produtora executiva de filmes de grande sucesso como “Central do Brasil”, “Lavoura Arcaica” e “Cidade de Deus”, e o recente “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”, filmado em Minas Gerais, Tolomelli pretende traçar o caminho do filme de sua ideia inicial até as salas de cinema, passando pelas diferentes atribuições dos produtores, organograma de uma equipe de filmagem e responsabilidades de cada um, o raciocínio financeiro e estratégico da película, a captação de recursos e a aplicação de todos estes conceitos em exemplos vivenciados pela produtora.

Na vanguarda da criação audiovisual, a dupla Igor Amin e Vinicius Cabral propõe a oficina “Processos Audiovisuais Cocriativos”. A ideia é pensar a criação coletiva e a formação de redes sociais como meio para produção artística na contemporaneidade. O participante irá aprender de forma colaborativa e prática como conceber, produzir e difundir conteúdos audiovisuais em novas mídias de forma instantânea: criação de conteúdos através de celulares, câmeras fotográficas digitais, webcams, pendrives, mp3 players. Os conteúdos produzidos serão veiculados em mídias sociais da Internet como facebook, twitter, youtube, blogs.

A oficina de “Análise Critica da Linguagem Cinematografíca”, ministrada pelo critico e professor Cleber Eduardo faz abordagem na formação do olhar crítico sobre a obra audiovisual. Dos participantes desta oficina, serão selecionados os membros do Júri Jovem, que irão avaliar os filmes da Mostra Aurora, durante a próxima Mostra de Cinema de Tiradentes. Os métodos para abordagem do audiovisual no processo educativo estão presentes na oficina “Pedagogia do Olhar”, com a educadora e fotógrafa Bete Bullara.

Fornecer reflexões, metodologia e exercícios para trabalhar com os alunos uma nova maneira de ver e realizar imagens é a proposta da oficina.

Sucesso a cada edição, o preparador de atores para cinema e televisão, Sérgio Penna, volta a Belo Horizonte para a oficina “Interpretação para Cinema”, que será realizada nos dias 29-30 de setembro e 1-2 de outubro com 30 vagas. Finalmente, a oficina de “Prática de Pitching”, por Steve Solot e Kate Lyra, é a alternativa para estudantes, jovens profissionais e outros interessados em obter êxito na apresentação oral de projetos de conteúdo audiovisual a possíveis patrocinadores, distribuidores, executivos e outros profissionais do mercado audiovisual.

EDUCAÇÃO E CULTURA – LINGUAGENS QUE SE ENRIQUECEM MUTUAMENTE

Nesta edição, a programação do Cine Expressão – A Escola vai ao Cine-Escola inclui quatro longas-metragens para diferentes faixas etárias: Gui, Estopa e a natureza (2009) para os alunos de 5 a 8 anos e Brasil Animado (2010) para a faixa etária de 9 a 11 anos. Ambas são produções da diretora Mariana Caltabiano. Para os alunos de 12 a 14 anos, será exibido o filme Desenrola (2010), de Rosane Svartman. E o público de 15 a 18 anos poderá assistir ao documentário Lixo Extraordinário (2010), de Lucy Walker.

As sessões Cine-Escola acontecem nos dias 29 de setembro, 3 e 4 outubro, no Cine Santa Tereza e Cine-Tenda, na Praça Duque de Caxias, e no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes. Após as exibições ocorrem os cine-debates, um bate-papo com equipe dos filmes e mediação de instrutores do Cineduc. A proposta é aproximar o cinema brasileiro da plateia e inseri-lo no universo pedagógico de todas as faixas etárias. A expectativa é que nesta edição 5 mil estudantes da rede pública de Minas Gerais possam ter acesso a produção cinematográfica brasileira, com a mediação de educadores e profissionais do audiovisual.

 

RELAÇÃO DAS OFICINAS

ANÁLISE DE LINGUAGEM CINEMATOGRÁFICA (seleção do Júri Jovem para atuar na 15ª Mostra de Cinema de Tiradentes)

Instrutor: CLEBER EDUARDO (SP)

Período: 30 de setembro a 02 de outubro (sexta a domingo)
Horário: Sexta: 14h às 18h e Sábado e Domingo: 9h30 às 13h30
Carga Horária: 12 horas
Nº de vagas: 30
Faixa etária: 18 a 25 anos

PEDAGOGIA DO OLHAR

Instrutora: BETE BULLARA (RJ)

Período: 01 e 02 de outubro (sábado e domingo)
Horário: sábado: 10 às 13h e 14 às 17h – Domingo: 10 às 13h
Carga Horária: 9 horas
Nº de vagas: 30
Faixa etária: acima de 18 anos

PROCESSOS AUDIOVISUAIS COCRIATIVOS

Instrutores: IGOR AMIN E VINÍCIUS CABRAL (MG)

Período: 01 a 04 de outubro (sábado a terça)
Horário: 13h às 18h
Carga Horária: 20 horas
Nº de vagas: 20
Faixa etária: acima de 16 anos


INTERPRETAÇÃO PARA CINEMA

Instrutor: SÉRGIO PENNA (SP)

Período: 29 e 30 de setembro e 01 e 02 de outubro (quinta a domingo)
Horário: 14 às 18h
Carga Horária: 16 horas
Nº de vagas: 30
Faixa etária: acima de 18 anos


PRODUÇÃO DE CINEMA - DO ROTEIRO AO LANÇAMENTO COMERCIAL

Instrutora: ELISA TOLOMELLI (RJ)

Período: 29 e 30 de setembro e 01 de outubro (quinta a sábado)
Horário: 9h30 às 13h30
Carga Horária: 12 horas
Nº de vagas: 40
Faixa etária: acima de 18 anos


WORKSHOP: DESENVOLVIMENTO DE ROTEIRO

Instrutor: MICHEL MARX (FR)

Período: 01 a 03 de outubro (sábado a segunda)
Horário: 14 às 18h
Carga Horária: 12 horas
Nº de vagas: 25
Faixa etária: acima de 18 anos

WORKSHOP: PRÁTICA DE PITCHING

Instrutores: STEVE SOLOT E KATE LYRA(EUA/RJ)

Período: 04 de outubro (terça)
Horário: 9h30 às 13h30
Carga Horária: 3h
Nº de vagas: 30
Faixa etária: acima de 18 anos

***

A 5ª Mostra CineBH e o Brasil CineMundi 2011 acontecem de 29 de setembro a 04 de outubro com exibições em três espaços a serem instalados no bairro Santa Tereza em Belo Horizonte, Minas Gerais denominado Vila do Cinema e, no Cine Humberto Mauro, tradicional espaço de exibição do circuito de arte de Belo Horizonte.

O evento integra o Cinema sem Fronteiras – programa internacional de audiovisual que reúne as mostras anuais que a Universo Produção realiza em Minas Gerais – Mostra de Cinema de Tiradentes [centrada na produção contemporânea, em janeiro], naCineOP [que difunde o audiovisual como patrimônio, em junho], em Ouro Preto e a Mostra CineBH [que contextualiza o mercado audiovisual, em outubro, na capital dos mineiros).

Toda programação é oferecida gratuitamente ao público.


***

Serviço

Acompanhe a 5ª Mostra CineBH 2011 e o programa Cinema Sem Fronteiras 2010.

Informações para o público: (31) 3282.2366 – Universo Produção
Na Web: www.cinebh.com.br
No Twitter: @universoprod
No Facebook: Universo Produção

Patrocínio: Usiminas, Correios, Prefeitura de Belo Horizonte/Belotur, Petrobras, Contax

Incentivo: Leis Municipal e Federal de Incentivo à Cultura
Idealização e realização: Universo Produção

Assessoria de Imprensa: Universo Produção
Informações:
Débora Lucas +55 31 3282.2366 – imprensa@universoproducao.com.br
Ana d’Angelo: (11) 8215.7359
Ariane Lemos: (31) 9751.0445
Leonardo Mecchi: (11) 9990.0515

 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta



[confira outras notícias]