7 x Rafael França no Curta Circuito em BH ::  | Curta o Curta

7 x Rafael França no Curta Circuito em BH

Por Guilherme Whitaker em 26/11/2009 14:22


A

Associação Curta Minas/ABD-MG

e a Usiminas apresentam o Cineclube Curta Circuito.

Para a última exibição de novembro, dia 30, segunda-feira, às 19h, no Cine Humberto Mauro - Palácio das Artes, com entrada franca, apresentaremos a sessão Panoramas 2- Rafael França.

Precursor da videoarte no Brasil e morto precocemente, aos 33 anos, em 1991, vítima da AIDS, o gaúcho Rafael França apresenta obra pungente e marcada pela experimentação e pesquisa. Seus vídeos se enveredam pela seara da narrativa – fato incomum no terreno do vídeo. E, ao filmar a si e seus amigos como personagens, e abordar em seus vídeos questões de suas experiências e martírios, deixa uma obra em que vida e arte estão intimamente ligadas.

 

 

Curtas que serão Exibidos:

 

Reencontro l Rafael França, 1984, Brasil, 7’

O primeiro trabalho de uma trilogia que investiga a linguagem da narrativa de vídeo. Homem solitário confronta-se com seu próprio passado traumático e sua mortalidade. Confundindo as convenções de narrativa, o vídeo não tem som sincronizado ou história linear. A linguagem reflete a condição humana pós-moderna e as negociações complicadas entre emoção e modernidade.

 

Getting Out l Rafael França, 1984, EUA, 5’

Neste segundo experimento sobre a narrativa de vídeo, objetos do cotidiano assumem significância psicológica quando a protagonista combate a opressão de seu ambiente doméstico. O realismo aparente é uma estratégia artificial para o desenvolvimento de uma trama que não traz a realidade, mas um estado de espírito.

 

As if exiled paradise l Rafael França, 1986, EUA, 9’

Na conclusão da trilogia experimental de Rafael França, um escritor se envolve com seu trabalho a ponto de perder a noção da realidade. Aterrorizado por alucinações de seu mundo escrito, sofre da solidão imposta pelas irrevogáveis diferenças entre modernidade e tecnologia.

 

Whitout fear of vertigo l Rafael França, 1987, EUA, 11’

 

A obra questiona os conceitos de "ficção" e "não-ficção". Um jovem cometeu suicídio por causa de uma doença terminal. Um amigo que documenta a morte a pedido do suicida é julgado e preso como cúmplice. O testemunho do personagem é pontuado por entrevistas com pessoas reais discutindo as questões que se apresentam.

 

O profundo silêncio das coisas mortas l Rafael França, 1988, Brasil, 8’

 

Combina inovações formais e experiências com narrativa de vídeo. Homens falam de suas memórias sobre outros homens e como lidaram com o final de seus relacionamentos. Filmagens com câmeras portáteis no Carnaval do Rio de Janeiro e imagens distorcidas ou alteradas interrompem as revelações pessoais.

 

Insônia l Rafael França, 1989, Brasil, 9’

 

Um homem acorda no meio da noite e não consegue voltar a dormir. O vídeo explora os pensamentos persistentes que o perseguem enquanto permanece deitado e acordado. Pontuado pela aparição de uma drag queen cantando uma música romântica, combina experimentação formal com a lógica dos sonhos para retratar o sono como uma atitude psicológica ameaçadora e desconcertante.

 

Prelúdio de uma morte anunciada l Rafael França, 1991, EUA, 5’

 

O último trabalho de Rafael França, concluído pouco antes da morte do artista. É um dos únicos momentos em que a produção em vídeo de França se aproxima do documento. Com "La Traviata", na dramática interpretação da brasileira Bidu Sayão ao fundo, o corpo do artista toca o do namorado, Geraldo Rivello. Sobre eles, na tela, correm nomes de amigos mortos pela Aids.

 

 

 

* Debate após a sessão com o convidado Eduardo de Jesus.

 

Cineclube Curta Circuito - 2009

Data: 30 de novembro

Local: Cine Humberto Mauro, Palácio das Artes

Horário: 19h

Classificação Indicativa: 16 anos

Assessora de Imprensa Cineclube Curta Circuito - Daniela Fernandes – (31) 98059625

 

O Cineclube Curta Circuito conta com o patrocínio da Usiminas, com os apoios culturais: Rádio Inconfidência, Programa Curta, Guia Entrada Franca, Curta o Curta, e Vsnet. O projeto é realizado com o benefício da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]