9ª GOIÂNIA MOSTRA CURTAS recebe filmes inscrições ::  | Curta o Curta

9ª GOIÂNIA MOSTRA CURTAS recebe filmes inscrições

Por Guilherme Whitaker em 08/08/2009 09:12


As inscrições de filmes e vídeos para a mostra competitiva permanecerão abertas entre 30 de junho e 20 de agosto, pelo site www.goianiamostracurtas.com.br . A 9ª Goiânia Mostra Curtas é uma realização do Instituto de Cultura e Meio Ambiente (Icumam) e está programada entre 06 e 11 de outubro de 2009, com o apoio da Lei Rouanet e Lei Goyazes, Fundo Nacional de Cultura - Secretaria Nacional do Audiovisual/MinC e SEBRAE-GO.

Para o evento de lançamento, o Icumam conta com a presença do cineasta e coordenador do Festival Internacional de Artes em Mídias Móveis, Francisco Cesar Filho. Chiquinho, como é conhecido no meio cinematográfico, assina a curadoria da mostra especial da nona edição do festival, com o desafio de trazer para a programação obras tão recentes quanto referenciais para a produção audiovisual originada dos aparelhos celulares e outras mídias móveis. A temática do festival também será abordada em oficinas, debates e homenagens. Encontre o currículo de Francisco Cesar Filho, em anexo.

Segundo a diretora da 9ª Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, o festival se mantém fiel aos pilares do projeto, calcados em democratização audiovisual, qualificação profissional e formação de público. Nos seis dias de festival, tradicionalmente, o Icumam reúne mais de 120 curtas metragens de todas as regiões do Brasil, abrindo em Goiânia uma das maiores janelas para exibição da produção audiovisual em todos os formatos. “O festival se interessa pelo fomento à produção, respeitando a cultura de cada Estado como elemento estético”, comenta Abdalla.

A diretora geral informa que a quantidade de filmes convidados, bem como a extensão da programação — também composta por oficinas, seminários, debates e encontros — depende da captação de recursos do projeto. “Para o empresariado, investir na Goiânia Mostra Curtas é como investir em seu próprio negócio porque é um projeto de grande impacto, que reúne cerca de 20 mil pessoas anualmente, com grande exposição da marca dos apoiadores”, garante.

Inscrições
O regulamento e formulário de inscrição para a 9ª Goiânia Mostra Curtas estará disponível a partir do dia 30 de junho em www.goianiamostracurtas.com.br. São bem-vindas as produções audiovisuais de até 25 minutos de duração, realizadas em 35mm, 16mm e vídeo, realizadas em 2008 e 2009. Os trabalhos selecionados concorrerão a prêmios de incentivo à produção, entre produtos e serviços cedidos por empresas da indústria cinematográfica que apóia o festival, avaliados em torno de 60 mil reais. Ainda conforme o regulamento, a lista de curtas selecionados será divulgada até o dia 01 de setembro.

Lançamento: 9ª Goiânia Mostra Curtas
Data: 30 de junho (terça) – 18h30, sede do IPHAN (Av. 84, 61, Setor Sul)
Contato: 62 3218 3780 (Icumam). Mais info: Larissa Mundim – zeroum comunicação (62 9968 1658)

 

Sobre FRANCISCO CESAR FILHO, curador da Curta Mostra Mídias Portáteis da 9ª Goiânia Mostra Curtas

Paulistano, Francisco Cesar Filho é cineasta, curador, diretor de televisão, coordenador de workshops, DJ e assessor de comunicação. Estudou Cinema e Filosofia na Universidade de São Paulo e recebeu, em 1993, Bolsa Intercultural para Cinema e Vídeo das fundações norte-americanas Rockefeller e MacArthur.
Foi coordenador executivo do Vivo arte.mov – Festival Internacional de Artes em Mídias Móveis e é criador e organizador da Mostra do Audiovisual Paulista (evento anual realizado desde 1987). Diretor do Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo, integra o comitê de seleção do É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários (do qual foi Diretor-Adjunto) e o comitê de seleção do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo (do qual foi Diretor Associado). Ex-membro do Conselho Consultivo do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, tem colaborações com diversos eventos, como o Festival Mundial do Minuto, Mostra de Cinema de Tiradentes, Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá e Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual, entre outros.

É organizador e curador de eventos audiovisuais como as mostras O Cinema Brasileiro Encarcerado: A Censura no Regime Militar (maio de 2003), SP Música - no cinema, vídeo e na tv (janeiro/fevereiro de 2004), Diretores Brasileiros: Carlos Manga (abril de 2004), Nossa Gente de Rua - filmes, vídeos e debates sobre moradores em situação de rua (novembro de 2004), Embrafilme, filmes e debates (fevereiro/março de 2005), Mostra de Arte Eletrônica (abril de 2005), Diretores Brasileiros: Carlos Reichenbach (maio de 2005), Cine Erótica (dezembro de 2005), 1ª Mostra Sesc Rio de Arte Eletrônica (dezembro de 2006), Panorama da Vídeo-Criação no Brasil (março de 2007), Clássicos e Raros do Nosso Cinema (dezembro de 2007/janeiro de 2008), O Cinema de Aron Feldfman (janeiro/fevereiro de 2008) e Chris Marker Bricoleur Audiovisual (maio-julho de 2009), entre outros.
É curador/consultor convidado da Programadora Brasil (iniciativa do Ministério da Cultura/Secretaria do Audiovisual, Cinemateca Brasileira e Centro Técnico Audiovisual), tendo sido assessor de programação do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, programador do Circuito Brasil de Cinema (iniciativa da Petrobras e do Banco do Brasil de exibição filmes brasileiros nas sedes da Associação Atlética Banco do Brasil), coordenador, junto com Lucas Bambozzi, da programação Rumos Cinema e Vídeo (desenvolvida pelo Itaú Cultural no período 1998/1999) e programador de cinema do Centro Cultural São Paulo (1995/1996), além de responsável pela implantação da área de cinema e vídeo da Galeria Olido, centro cultural paulistano inaugurado em 2004.
É diretor, roteirista e produtor de um dos principais títulos da chamada Primavera do Curta metragem Brasileiro: Rota ABC (1991), documentário sobre a juventude da periferia industrial de São Paulo. Melhor curta no Festival de Brasília e vencedor de prêmio especial do júri no Festival de Oberhausen (Alemanha), o filme foi selecionado para os festivais de Locarno, Roterdã e Nova York — as três mais prestigiosas vitrines internacionais do cinema autoral. Integrou ainda a retrospectiva Cinema Novo and Beyond, organizada no MoMA de Nova York, em 1999.
Sua filmografia inclui ainda o documentário digital VinteDez (2001), co-dirigido por Tata Amaral, e os curtas metragens Poema: Cidade (1986, melhor filme no Guarnicê de Cine-Vídeo), Queremos as Ondas do Ar! (1986, melhor curta na Jornada da Bahia, grande prêmio do júri no Festival de Oberhausen), Hip-Hop SP (1990, melhor filme para a juventude no Festival de Brasília), Zona Leste Alerta (1992, melhor documentário no Festival de Santiago), A Era JK (1993, da série Panorama Histórico Brasileiro, prêmio da crítica no Festival de Brasília) e Mooca, São Paulo, 1996 (seqüência inicial do longa Um Céu de Estrelas, de Tata Amaral). Em 1993, o Festival de Cingapura organizou uma retrospectiva completa de sua obra. Atualmente finaliza A Estratégia de Lilith, seu primeiro longa metragem.
Em televisão, foi diretor dos programas semanais Janela Eletrônica (voltado à arte eletrônica e veiculado pela STV - Rede SescSenac de Televisão e Sesc TV) e Primeiro Plano (dedicado às manifestações de vanguarda e exibido pela rede TVE Brasil, após temporadas nos canais GNT e TV Cultura), além do programa diário Realidade (Rede Bandeirantes). Em 1999, realizou reportagens para o programa Revista do Cinema Brasileiro (transmitido semanalmente pelos canais Brasil, TVE e TV Cultura). Dirigiu Matéria Assinada para o programa Metrópolis (TV Cultura), fez parte da equipe de realização do VideoJornal (seis edições diárias transmitidas pela rede TVE Brasil durante o 11º VideoBrasil, 1996) e foi comentarista de cinema de curta metragem e vídeo no programa Manhã Paulista (TV Gazeta/SP). Atualmente responde pela Gerência de Aquisição de Conteúdo da TV Brasil.
 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]