´Krasna America` (´Bela América`) eleito melhor filme do festival ::  | Curta o Curta

´Krasna America` (´Bela América`) eleito melhor filme do festival

Por Guilherme Whitaker em 15/06/2001 13:02


Krasna America` (´Bela América`) eleito melhor filme do festival
´O branco` é o melhor curta brasileiro e ´Perdemos de 1x1` o melhor filme mineiro


(Texto oficial do evento)


O curta "Krasna America" (Bela América) do alemão Peter Roloff, venceu o Prêmio de Melhor Filme do III Festival Internacional de Curta-Metragens de Belo Horizonte pela escolha do júri oficial formado pelo francês Laurent Crouzeix (da equipe de seleção do Festival de Clermont-Ferrand), pela dinamarquesa Anne Marie Kürstein (diretora de relações internacionais do Danish Film Institute) e pelo professor e pesquisador José Tavares de Barros.

O prêmio no valor de R$5.000,00, vai para esta tocante produção sobre um vendedor de tecidos ambulante, Igor Gruzeveyich, que usa cartas e imagens de filmes para tentar persuadir sua esposa a emigrar para a América.

Já o Prêmio da Crítica, que concedeu o Troféu José Zuba Jr para o Melhor Filme da Competição Oficial ficou empatado entre o brasileiro "O Sanduíche" de Jorge Furtado e o curta belga "Table Manners" de Ursula Meier.

Estavam competindo ao Prêmio de Melhor Filme, 50 curtas de 18 países. Eram 16 produções brasileiras e 34 internacionais. As ficções dominavam com 37 trabalhos, sendo que haviam ainda 3 animações, 4 documentários, 5 experimentais e uma ficção científica. Entre os curtas brasileiros selecionados, cinco eram de São Paulo, 4 do Rio Grande do Sul e 2 de Minas Gerais. Já Pernambuco, Santa Catarina e Rio de Janeiro participaram com uma produção.Eram nove filmes produzidos em 16mm e 41 em 35mm.

A variedade da produção internacional esteve representada pelos 36 curtas, sendo que, 26 eram produções inéditas no Brasil.O país com o maior número de participantes era os Estados Unidos com 7 curtas, seguido da Inglaterra, Alemanha, Bélgica, Rússia, e Espanha que participaram com 3 trabalhos cada. Já Canadá, Portugal e Israel tiveram dois filmes cada e a França, Suíça, México, Irã, Escócia, Itália, Argentina e Tailândia participaram, cada um, com uma produção.


´O Branco` é o favorito do público!

O público que lotou todas as sessões do III Festival Internacional de Curtas-Metragens de Belo Horizonte escolheu "O Branco" como o Melhor Curta Brasileiro. A produção de Angela Pires e Liliana Sulzbach foi escolhida entre os 41 filmes brasileiros que participaram do festival e recebeu o prêmio de R$5 mil reais. Além disto recebeu também quatro horas de telecinagem oferecidas pelo Estúdio Mega; e sala de moviola, transcrição magnética, mixagem, equipamentos de câmera e som, oferecidos pela Funarte. No total, o festival foi assistido por 13 mil pessoas.

O curta é sobre um garoto cego que especula continuamente sobre as cores das coisas e manifesta uma predileção pela cor branca, síntese de tudo o que para ele é inatingível.

Os outros filmes mais bem votados pelo público foram:

2º lugar - "O Sanduíche"
3º - "O velho o mar e o lago"
4º - "Cego Estrangeiro"
5º- "Imminente Luna"
6º - "A Invenção da Infância"
7º - "Célia & Rosita"
8º - "BMW Vermelho"
9º - "Almas em Chamas"
10º - "A História Real"

Os curtas favoritos do publico poderão ser vistos amanhã, último dia do festival, às 20 horas no Cine Humberto Mauro.

Os 41 curtas brasileiros que estavão competindo foram exibidos nas mostras: Competitiva Oficial, Paralela Brasil e Paralela Minas durante os 12 dias do festival. O público votou através de cédulas distribuídas depois de cada sessão, em que podiam dar notas de 1 a 5 para cada produção brasileira assistida. Eram produções vindas de 10 Estados e o Distrito Federal. São Paulo participou com 12 curtas sendo o Estado com o maior número de filmes. Rio de Janeiro participou com 8 curtas; Minas Gerais com 7; Rio Grande do Sul com 5 e Pernambuco com 2. Já Paraíba, Santa Catarina, Maranhão, Ceará e Pará tiveram um representante cada


´Perdemos de 1 a 1` foi o mineiro favorito do público

O curta "Perdemos de 1 a 1" de Patricia Moran foi escolhido como o Melhor Curta Mineiro pelo voto do público. O prêmio é cessão de equipamentos de iluminação, maquinaria e grua no valor de R$ 15.000,00, oferecido pela Locall e Lighting Show.
O curta trata da paixão dos torcedores por seus times

A Associação Curta Minas escolheu para dar o seu Troféu para o Melhor Curta Mineiro o filme "De Incerta Feita" de Bel Bechara e Sandro Serpa. Filme sobre quatro amigos que há muito não se viam e reencontram-se em um velório e relembram o passado. Uma parábola sobre a amizade e a morte.

Haviam 7 curtas mineiros participando do Festival. Dois deles, "Em Nome do Pai e do Filho" de Chico de Paula e "Perdemos de 1 a 1" de Patricia Moran competiam também ao Prêmio de Melhor Filme. Participando da mostra Paralela Minas estavam "De Incerta Feita" de Bel Bechara e Sandro Serpa; "Calçadão - Onde Tudo Acontece" de Franco Groia, "Dois Homens" de Hélvecio Marins Jr.; "Os Fantasmas da Cidade" de Rogério Terra Jr.; e "Velocidade" de Dede e Leleu.


Confira o Melhor Diretor Estreante em 35mm e em 16mm,
a Melhor Montagem e o Melhor Som.

O III Festival Internacional de Curtas-Metragens de Belo Horizonte também concedeu Prêmios para diretores estreantes, som e montagem. Os premiados foram escolhidos pelo Júri de Prêmios Técnicos Brasileiros formado por Ana Lúcia Andrade, Ataídes Braga, Hélio Gagliardi e José Tavares de Barros, todos professores de cinema e ainda, Nélio Costa, presidente da Associação Curta Minas. Veja abaixo os premiados:

Diretor Estreante em 35mm - Maurício Lanzara por "Imminente Luna"
Prêmio revelação de 10 latas de 35 mm oferecidos pela Megacolor

Diretor Estreante em 16mm - André Francioli por "O Mundo Segundo Silvio Luís"
Prêmio de revelação de 5 latas em 16 mm oferecidos pela Megacolor

Melhor Som Filme Brasileiro - "Flores para os Mortos" de Joel Yamagi
Prêmio de 08 horas de mixagem oferecido pelos Estúdios Mega.

Melhor Montagem Filme Brasileiro - "Distraída Para a Morte" de Jeferson De
Prêmio - 40 horas de Avid, oferecidas pelos Estúdios Mega.


Maiores infomações em
web.cidadeinternet.com.br/zetafilmes/festcurtasbh/capa.asp


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]