Canal Brasil já é parceiro da Mostra do Filme Livre 2005 ::  | Curta o Curta

Canal Brasil já é parceiro da Mostra do Filme Livre 2005

Por Guilherme Whitaker em 29/12/2004 10:40


Canal Brasil renova parceria com MFL 2005 


O Canal Brasil acaba de renovar a parceria para a Promoção da Mostra do Filme Livre (MFL), que acontecerá de 15 a 27 de fevereiro de 2005 no Centro Culural Banco do Brasil, patrocinador do evento. Em sua quarta edição a MFL terá a cobertura do Canal do Cinema Brasileiro em programas como Cinejornal e Claquete, que vão cobrir a mostra e as oficinas de livre realização. 

Aproveitando  o momento o Curta o Curta perguntou ao gerente de projetos do Canal, André Saddy, acerca de algumas questões relativas:

Curta o Curta: O que acha da mostra livre ter uma atenção especial, com prêmios, a filmes realizados no século XX, feitos em oficinas e a filmes feitos sem o apoio do estado?
André Saddy: A Mostra Livre já se consolidou como uma janela fundamental para a exibição de filmes independentes no sentido de que estes filmes não tem o apoio do estado ou de leis de incentivo. Quanto mais espaço melhor, o que faz com que estes filmes cada vez mais deixem de ser considerados "amadores" somente por não terem tido um apoio oficial. A qualidade dos filmes apresentados nos anos anteriores e o sucesso de público da Mostra comprovam este fato.

Curta o Curta: Como o Canal Brasil percebe o atual aumento da produção audiovisual via videodigital e como isso pode incrementar a democratização da informação no Brasil? 
André Saddy:  Vemos como a possibilidade de uma revolução na indústria audiovisual a utilização intensiva do videodigital. O que está inclusive a reconsiderar o nosso conceito de premiações ampliando-os para qualquer bitola. Além dos 10 curtas em 35mm premiados pelo Canal Brasil em 5 festivais de cinema (Recife, Ceará, Gramado, São Paulo e Brasília) demos um Prêmio Aquisição para 1 filme em 16mm em Gramado e outro em Brasília em 2004. Em 2005 este prêmio adicional será para qualquer formato de captação, inclusive digital. Sem falar nas possibilidades de produção de Telefilmes que começam a ser exibidos diretamente na TV com um custo bem mais baixo. 

Curta o Curta: O que o canal acha da taxação sobre os curtas promovida pela ANCINE?
André Saddy: Qualquer taxação deve ser vista com ressalvas, especialmente quando se tratar de curtas metragens e em especial curtas feitos sem a utilização de incentivos fiscais. No que se refere ao Canal, que tem como matéria prima exclusivamente o produto audiovisual nacional de qualquer época, fazemos o alerta de que é preciso também que se tenha sensibilidade quanto as exigências para o registro e na taxação dos filmes mais antigos, sob pena de inviabilizarmos a exibição de uma boa parte da memória filmográfica brasileira. 


Confira mais do canal em http://globosat.globo.com/canalbrasil

Em breve no Curta o Curta, os nomes do júri oficial que vai escolher os filmes premiados nas seguintes categorias: 

Prêmio Filme Livre - concorrem obras com mais de 30 minutos
Prêmio Curta Livre - concorrem obras de até 30 minutos
Prêmio Cara Liberdade - concorrem obras realizadas sem apoio estatal
Prêmio Oficinando - concorrem obras realizadas em Oficinas
Prêmio Riofilme Livre - concorrem obras cariocas
Prêmio Século XX - concorrem obras realizadas no século passado


Troféu Livre

A Mostra do Filme Livre é patrocinada pelo Banco do Brasil desde 2002
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
A Mostra conta com o apoio do MINC
Apoios: Curta o Curta - Arquivo Nacional - Ateliê da Imagem - Canal Brasil
Organização: WSET Multimídia

Dúvidas ou questões relativas à Mostra do Filme Livre entre em contato pelo email mostradofilmelivre@curtaocurta.com.br ou ligue para 21 25397016 - 97966985.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]