Cinema baiano vence 10ª Goiânia Mostra Curtas ::  | Curta o Curta

Cinema baiano vence 10ª Goiânia Mostra Curtas

Por Guilherme Whitaker em 11/10/2010 08:09


O prêmio principal da 10ª Goiânia Mostra Curtas (Melhor Filme da Curta Mostra Brasil) foi concedido ao curta-metragem baiano Carreto, dirigido por Cláudio Marques e Marília Hughes, na noite de ontem, 10 de outubro, durante o encerramento do festival, no Teatro Madre Esperança Garrido, em Goiânia-GO. O festival, um dos mais importantes do gênero no Brasil, é realizado pelo Instituto de Cultura e Meio Ambiente (Icumam), com o patrocínio da Petrobras e Correios, por meio da Lei Rouanet e Novo Mundo, via Lei Goyazes; e apoio do Fundo Nacional de Cultura, Secretaria do Audiovisual e Sebrae Goiás.

 


A Melhor Direção da Curta Brasil foi do realizador Michael Wahrmann, diretor do curta Avós (SP). Eu não quero voltar sozinho (SP), dirigido por Daniel Ribeiro, recebeu Menção Honrosa do júri. O público elegeu o filme Amigos bizarros do Ricardinho (RS), dirigido por Augusto Canani, para receber o troféu Icumam. O júri oficial da Curta Mostra Brasil, que faz um panorama da produção audiovisual nacional, foi composto por Lina Chamie, Rafael Sampaio e Sofia Federico.

O Porta Curtas Petrobras elegeu os filmes Faço de Mim o que Quero (PE), de Sérgio Oliveira e Petrônio Lorena; e Geral (RJ), de Anna Azevedo, para fazer parte do acervo www.portacurtas.com.br. Cada filme escolhido será agraciado com o compromisso de aquisição de seus direitos para exibição via Internet em contrato de dois anos, com renovação automática.

 


Uma das mais esperadas pelo público do festival, a Curta Mostra Goiás contemplou o curta Marimbondo amarelo, de Amarildo Pessoa, com o prêmio de Melhor Filme. Nesta categoria que reúne a produção local, o prêmio para a Melhor Direção ficou com Cauê Brandão, diretor do curta Princípio da Incerteza. Vale a pena?, do Movimento do Vídeo Popular Coletivo, e Eu já não caibo mais aqui, de Benedito Ferreira, levaram Menção Honrosa do júri da Curta Mostra Goiás, que foi composto por Ana Paula Cardoso, José Gozze e Pedro Novaes. Olha o rapa!, do coletivo da Oficina Tela Brasil Goiânia, recebeu o troféu Icumam por ser o preferido do júri popular.

 


Na Curta Mostra Municípios, que exibe filmes produzidos fora das capitais, venceu o mineiro Rio de Mulheres (Nova Lima), de Cristina Maure e Joana Oliveira. A Melhor Direção da categoria foi para Helton Paulino, diretor de Depois da curva (Campina Grande-PB); e Menção Honrosa e Melhor Filme segundo o júri popular para Dois pra lá, dois pra cá, de Marcela Bertoletti (Niterói-RJ). O júri da Curta Mostra Municípios também foi composto por Ana Paula Cardoso, José Gozze e Pedro Novaes.

 


A 9ª Mostrinha elegeu, por meio de júri popular, o filme de André Queiroz e Thaís Bologna, Ernesto no país do futebol (SP). A relação dos prêmios, concedidos por empresas da indústria cinematográfica que apoiam o festival, está disponível em www.goianiamostracurtas.com.br .

 


Entre 5 e 10 de outubro, a 10ª Goiânia Mostra Curtas exibiu 121 filmes provenientes dos selecionados entre 22 Estados, incluindo o Distrito Federal. Os curtas-metragens foram distribuídos em cinco mostras competitivas e duas mostras especiais. O tema do festival este ano foi seu aniversário de dez anos, que mereceu atenção especial tanto na sala de exibição quanto em oficinas, encontros e mesas de debate. Segundo a diretora da 10ª Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, milhares de pessoas participaram das atividades do festival, até o momento. Abdalla lembra que a programação do festival continua entre 14 e 16 de outubro, com a Curta Mostra Cinema nos Bairros Especial 10 Anos, exibindo os filmes mais aclamados pelo público em uma década, em três bairros da cidade de Goiânia.

 


Serviço: 10ª Goiânia Mostra Curtas – Filmes vencedores

 

CURTA MOSTRA BRASIL

Júri oficial

Melhor Filme

Carreto (BA) - fic - 35mm - 12’ - 2009. Dir. Cláudio Marques e Marília Hughes

 

Melhor Direção

Michael Wahrmann, pelo filme Avós (SP) - fic - digital - 12’ - 2009.

 

Menção Honrosa

Eu não quero voltar sozinho (SP) - fic - 35mm - 17’ - 2010. Dir. Daniel Ribeiro

 

Prêmio Porta Curtas Petrobras

Faço de Mim o que Quero (PE) - doc - 35mm - 19’ - 2009. Dir. Sérgio Oliveira e Petrônio Lorena

Geral (RJ) - doc - 35mm - 15’ - 2010. Dir. Anna Azevedo

 

Júri Popular

Melhor Filme

Amigos bizarros do Ricardinho (RS) - fic - 35mm - 21’ - 2009. Dir. Augusto Canani

 

 

 

CURTA MOSTRA MUNICÍPIOS

Júri oficial

Melhor Filme

Rio de Mulheres (Nova Lima-MG) - doc - 35mm - 21’ - 2009. Dir. Cristina Maure e Joana Oliveira

 

Melhor Direção

Helton Paulino, por Depois da curva (Campina Grande-PB) - fic - digital - 18’ - 2009.

 

Menção Honrosa

Dois pra lá, dois pra cá (Niterói-RJ) - fic - digital - 19’ - 2009. Dir. Marcela Bertoletti

 

Júri Popular

Melhor Filme

Dois pra lá, dois pra cá (Niterói-RJ) - fic - digital - 19’ - 2009. Dir. Marcela Bertoletti

 

 

CURTA MOSTRA GOIÁS

Júri oficial

Melhor Filme

 

Marimbondo amarelo (GO) - fic - digital - 20’ - 2009. Dir. Amarildo Pessoa

 

Melhor Direção

Cauê Brandão, por Princípio da Incerteza (GO) - fic - digital - 14’ - 2009.

 

Menção Honrosa

Vale a pena? (GO) - doc - digital - 15’ - 2010. Dir. Movimento do Vídeo Popular Coletivo

 

Menção Honrosa

Eu já não caibo mais aqui (GO) - fic - digital - 4’ - 2009. Dir. Benedito Ferreira

 

Júri Popular

Melhor Filme

Olha o Rapa! (GO) - doc - digital - 9’ ; 2009. Dir. coletivo da Oficina Tela Brasil Goiânia

 

 

9ª MOSTRINHA (júri popular)

Melhor Filme

Ernesto no País do Futebol (SP) - fic - 35mm - 14’ - 2009. Dir. André Queiroz e Thaís Bologna

 

 

Mais info: www.goianiamostracurtas.com.br

 

 

Geórgia Cynara

Assessoria de comunicação

www.georgiacynara.com

+55 62 9112 3393

 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]