Cinema brasileiro é premiado em festivais no México e na França ::  | Curta o Curta

Cinema brasileiro é premiado em festivais no México e na França

Por Curta o Curta em 31/03/2014 18:34


O cinema brasileiro fez bonito no último final de semana, que marcou o encerramento do26º Cinelatino - Encontros de Toulouse, na França, e do 29º Festival Internacional de Cinema de Guadalajara, no México. No total, foram nove os prêmios conquistados pelos filmes brasileiros nas cerimônias de premiação dos dois eventos no sábado, dia 29 de março, incluindo o Grande Prêmio do festival francês e os Prêmios do Público nos dois eventos.

 

O filme "O Homem das Multidões", de Cao Guimarães e Marcelo Gomes, venceu o Grande Prêmio de melhor longa-metragem de ficção em Toulouse. No mesmo festival, "Casa Grande", de Fellipe Barbosa, ganhou o Prêmio do Público, e os prêmios FIPRESCI, da Federação Internacional da Imprensa Cinematográfica, e Descoberta da Crítica Francesa. Ainda no Cinelatino, o filme "O Caminhão do Meu Pai", de Mauricio Osaki, uma coprodução Brasil-Vietnã, venceu o prêmio de Melhor Curta-Metragem.

Em Guadalajara, nosso cinema conquistou outros importantes prêmios. "Hoje eu Quero Voltar Sozinho", de Daniel Ribeiro, foi escolhido como Melhor Longa-Metragem pelo público do evento. "O Lobo Atrás da Porta" rendeu a premiação de Melhor Diretor a Fernando Coimbra, e "O Homem das Multidões" arrebatou outras duas premiações: o Prêmio Especial do Júri e o de Melhor Fotografia, pelo trabalho de Ivo Lopes Araújo.

 

"O Homem das Multidões", "Casa Grande" e "O Caminhão do Meu Pai", premiados no 26º Cinelatino, e "O Lobo Atrás da Porta" e "Hoje eu Quero Voltar Sozinho", vencedores de prêmios no 29º Festival de Guadalajara, participaram dos eventos recebendo auxílios variados do Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais e de Projetos de Obras Audiovisuais Brasileiras em Laboratórios e Workshops Internacionais da ANCINE, que concede apoios diversos a filmes oficialmente convidados a participar da seleção oficial de 80 festivais ao redor do mundo, e a projetos selecionados para 27 laboratórios ou workshops internacionais. Saiba mais sobre o programa aqui.

 

Duas produções vitoriosas nos eventos neste final de semana contaram com investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA. "Hoje eu Quero Voltar Sozinho", de Daniel Ribeiro, foi contemplado com R$ 600 mil na chamada PRODECINE 01/2012, quando ainda trabalhava com o título provisório de "Todas as Coisas Mais Simples". Já "Casa Grande", de Fellipe Barbosa, recebeu investimentos de R$ 950 mil do fundo por meio da chamada pública PRODECINE 02/2010, de aquisição de direitos de distribuição de longas-metragens.

 

Para a lista completa de premiados, acesse os sites do 26º Cinelatino - Encontros de Toulouse e do29º Festival Internacional de Cinema de Guadalajara.


Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]