Cinema com Farinha 2011 ::  | Curta o Curta

Cinema com Farinha 2011

Por Guilherme Whitaker em 08/08/2011 14:51


5°Festival Cinema com Farinha encerra divulgando filmes vencedores

O ano de 2011 veio consolidar o sucesso do Festival Audiovisual do Sertão Paraibano – CINEMA COM FARINHA, que no encerramento da sua quinta edição deixou o público com o desejo de ver mais filmes, devido o sucesso de suas exibições. Durante quatro dias, de 4 a 7 de agosto, em Patos, foi exibido um total de 37 filmes.

A programação teve início na quarta (03), com um Fórum de discussão realizado no auditório das FIP antecipando a programação do festival. Os cineastas João Carlos Beltrão, Aurora Miranda Leão e Laércio Ferreira debaterem sobre as produções cinematográficas desenvolvidas no Sertão. Houve ainda o lançamento do livro ‘Ensaios de Cinema’, do crítico LG de Miranda Leão.

A abertura do festival aconteceu na quinta (04) no auditório do Shopping Guedes, com os lançamentos dos filmes ‘Raízes do Sertão’ e ‘As folhas’, de Deleon Souto, e ‘No passo do Birim’ e ‘Resta um’, de Aurora Miranda Leão. A noite encerrou com a mostra especial com o filme chileno ‘Paraiso Terrenal’ .

Na sexta (05) o Cinema com Farinha abriu as portas para os estudantes na Mostra Infantil e para a turma da Melhor Idade. À noite, no auditório do Shopping Guedes, teve início as mostras Minuto e Competitivas de Ficção e Documental, tendo continuidade no sábado (06).

E na noite de domingo (07) foram lançados os curtas ‘Um santo no sol’, de Alais Cavalcanti, ‘Travessia’, de Kennel Rógis e ‘Antoninha’, de Laércio Ferreira. A programação encerrou com a cerimônia de premiação, contemplando os filmes ‘O contador de filmes’, de Elinaldo Rodrigues (Melhor Documentário Júri Oficial); ‘Hoje tem espetáculo?’, de Leandro Alves (Melhor Documentário Júri Popular); ‘A fábula da corrupção’, de Lisandro Santos, (Melhor Animação Júri Oficial e Júri Popular); 'Doce de coco’, de Allan Deberton (Melhor Ficção Júri Oficial); e ‘Um breve assalto’, de Zeca Brito (Melhor Ficção Júri Popular).

Na avaliação da organização do evento, o quinto Festival Cinema com Farinha encerrou sua programação cumprindo sua proposta inicial e sua função enquanto evento cultural. “Exibimos os melhores curtas, abrimos as portas para as novas produções, trouxemos convidados para interagir com o público e ainda promovemos encontros para discutir cinema e suas possibilidades, através de oficinas e fórum”, encerrou o diretor do festival Deleon Souto.
 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Termina hoje 5° Festival Cinema com Farinha

Foram 37 filmes selecionados, mais de 20 horas de exibições, além debates, oficinas e convidados de vários lugares do Nordeste, essas foram as marcas desta quinta edição do Festival Cinema com Farinha.

E na na noite deste domingo (07), acontecerá no auditório do Shopping Guedes, a cerimônia de premiação dos filmes vencedores na categorias de ficção, documentário e animação.
A programção terá início com os lançamentos dos curtas 'Um santo no sol', de Alais Cavalcanti, 'Travessia', de Kennel Rógis, e 'Antoninha', de Laércio Ferreira. Após a premiação haverá ainda a reexibição dos filmes 'As folhas' e 'Raízes do Sertão', de Deleon Souto.
 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Terá início nesta quinta, dia 4 de agosto, no sertão paraibano, a quinta edição do Festival Cinema com Farinha. A abertura do evento acontecerá no auditório do Shopping Guedes, às 19h, com a exibição de alguns curtas, com destaque para o lançamento do filme 'As Folhas'.

Com roteiro e direção de Deleon Souto, o curta-metragem 'As Folhas' desvenda um mistério que envolve a vida de Rafael (Vinícius Nogueira), um menino perdido em conflitos familiares que atordoam o seu cotidiano. “O filme desvendará uma relação familiar através da sensibilidade de um garoto, que toma destaque nesta ficção diante da força brotada no imenso amor que ele sente pelos seus pais”, revela Deleon.

O filme com estreia marcada para a abertura do Cinema com Farinha, já foi selecionado para outros festivais: Curta Amazônia, Curta Taquary, Comunicurtas, Festival de Cinema de Triunfo e Mostra Acauã do Audiovisual Paraibano.

A programação do evento terá início às 19 horas com a abertura do festival, seguida pelos lançamentos dos filmes 'Raízes do Sertão' e 'As folhas', de Deleon Souto, 'No passo do Birim' e 'Resta um', de Aurora Miranda Leão. As 21h haverá a mostra internacional com a exibição do curta chileno 'Paraiso Terrenal', de Tomás Welss.

Na sexta (05), além das mostras que acontecem todas as noite no auditório do Shopping Guedes, haverá uma mostra paralela na Associação dos Moradores da Vila Cavalcanti. Durante o dia, no auditório da Fundação Ernani Sátyro, acontecerão as mostras Infantil (9h) e Melhor Idade (14h).

A programação do festival é aberta e gratuita, e segue até o proximo domingo (07). Informações: www.cinemacomfarinha.com

Trailer do filme 'As Folhas' disponível no link http://www.youtube.com/watch?v=UTalZWyTL1I

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXx

O 5º Festival Cinema com Farinha – Festival Audiovisual do Sertão Paraibano, que se acontecerá em Patos-PB entre os dias 4 e 7 de agosto, divulgou hoje sua lista de concorrentes e alguns outros títulos integrantes das demais mostras do evento. A programação exibirá este ano um total de 37 filmes, distribuídos entre as mostras competitivas de Ficção, Documental e Animação; a mostra Sertão (com vídeos produzidos por moradores e estudantes da região); a mostra de Vídeo Minuto; a mostra especial (com filmes estrangeiros) e alguns lançamentos.

O Festival recebeu este ano inscrições de mais de 200 vídeos. Segundo a jornalista e produtora cultural Wanessa Meira, curadora do festival, a seleção vem tornando-se a cada ano mais difícil. “Recebemos nesta edição muitos filmes. Na categoria competitiva de ficção, por exemplo, foram mais de 100 inscrições para selecionarmos apenas seis”. destacou. “O alto nível das produções tem dificultado a seleção. Mas consideramos isso um ponto significativamente positivo, pois mostra que o festival atrai os melhores produtores nacionais”. Os filmes selecionados serão exibidos entre os dias 4 e 7 de agosto, na praça do Coreto I, no auditório da FUNES e no auditório do Guedes Shopping, em Patos-PB. Todas as sessões de filmes no Festival serão abertas ao público e terão entrada franca.

Na mostra competitiva de Ficção:
Doce de coco, de Allan Deberton [2010 – 20m – RJ]
Julie, agosto, setembro, de Jarleo Barbosa [2011 – 18m – GO]
Laura, de Thiago Valente [2011 – 20m – RJ]
Pimenta, de Eduardo Mattos [2010 – 15m – SP]
Sofro, logo existo, de Vinicius Melich [2010 – 15m – RJ]
Um breve assalto, de Zeca Brito [2009 – 14m – RS]

Na mostra competitiva de Documental:
Aloha, de Paula Luana [2010 – 15m – SP]
Caminhada sem futuro – a trajetória vitoriosa do teatro mossoroense,
de Jeyson Leonardo [2010 – 15m – RN]
Como ser comercial, de Marcus Curvelo [2010 – 19m – BA]
Hoje tem espetáculo?, de Leandro Alves [2010 – 15m – PB]
O contador de filmes, de Elinaldo Rodrigues [2010 – 15m – PB]
Outlet, de Isaac Donato [2010 – 20m – BA]

Na mostra competitiva de Animação:
A fábula da corrupção, de Lisandro Santos [2010 – 8m – RS]
Eu queria ser um monstro, de Marão [2009 – 8m – RJ]
Feira da fantasia, de Raimundo Talvanes [2011 – 11m – CE]
Menina da chuva, de Rosaria [2010 - 6m – RJ]
Tadinha, de Maria Luiza Gonçalves [2010 - 6m – BA]
TamanduAbandeira , de Cesar Kiss [2011 – 8m – GO]

Na mostra Sertão serão exibidos os vídeos:
A caixa d’água do sertão, de Francisco de Assis [2011 – 32m – PB]
Antoninha, de Laércio Ferreira [2011 – 24m – PB]
O triunfo das caretas, de Natália Rebeca e Vera Lúcia [2011 – 15m – PB]
Travessia, de Kénnel Rógis [2011 – 14m – PB]
Um santo no sol, de Alais Cavalcanti [2010 – 20m – PB]
Valdir Teles – a metralhadora do repente, de Eduardo Rabêlho [2011 – 20m – PB]

Na mostra de Vídeo Minuto foram:
Coisa estranha, de Vitória Angélica [2011 - PB]
Fubo é bom, de José Dhiones [2011 - PB]
João Teimoso II, de Laércio Ferreira [2011 - PB]
Os incompreendidos, de Isaac Chueke [2010 - RJ]
Ringua, de Isaac Chueke [2010 - RJ]
Sob rotina, de Angelina Morais e Thamires Morais [2011 - PB]

Na mostra Especial:
Brasília – projeto capital, de Frederico Schmidt [2010 – 42m – Brasil]
O manuscrito Perdido, de José Barahona [2010 – 81m – Portugal/Brasil]
Paraiso Terrenal, de Tomás Welss [2010 - 18m – Chile]

Lançamentos:
As folhas, de Deleon Souto [2011 – 14m – PB]
No passo do Birim, de Aurora Miranda Leão [2011 – CE]
Raízes do Sertão, de Deleon Souto [2010 – 13m – PB]
Resta um, de Aurora Miranda Leão [2011 – 20m – CE]

Mais AQUI.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]