Cinema e debates em Sampa ::  | Curta o Curta

Cinema e debates em Sampa

Por Guilherme Whitaker em 30/05/2004 12:37


CineComentado SantaCruz

Agora, toda segunda feira, é dia de cinema e debate.

O CineComentadoSantaCruz tem a intenção de criar um cineclube diferenciado, onde o público, além de assistir ao filme, encontra e conversa com o seu diretor e convidados.
 
A proposta é utilizar para isto, inicialmente filmes brasileiros ficcionais e documentários. A lista inicial de filmes foi composta a partir de critérios de excelência e repercussão das principais produções brasileiras dos últimos anos. Trata-se de obras de diretores importantes, filmes que participaram ou foram premiados em vários festivais nacionais e estrangeiros.
 
Outro critério utilizado nesta escolha foi o de privilegiar obras de ex-alunos do Colégio Santa Cruz, tais como Fernando Meirelles e Beto Brant. Acreditamos que isto poderá criar uma boa oportunidade para a troca de experiências entre os estudantes e ex-alunos que seguiram carreiras reconhecidas na produção cinematográfica.
 
Busca-se aqui, trazer de volta ex-alunos que hoje atuam com visibilidade em diversas áreas da sociedade brasileira. Não pensamos somente na área cultural, pois temos personalidades também em outras áreas, que além de representarem sua categoria profissional, podem enriquecer os debates:. Entre outros, Marcelo Rubens Paiva, Eduardo Giannetti da Fonseca, Thales Ab’Saber, Marina Person, Fernão Ramos, Guilherme de Almeida são exemplos.
 
Desta forma, o CineComentadoSantaCruz propõe-se como uma ponte de diálogo entre a cinema e a sociedade, entre a escola e o cinema, contribuindo para a formação de um público ativo e participante nas discussões sobre o cinema e sobre o Brasil.
 
Teatro Santa Cruz
Rua Orobó, 277-Alto de Pinheiros, região oeste, tel: 3024-5191
450 lugares Рexibi̤̣o em DVD, dolbystereo, num teḷo de 7X8m, equipamento de ̼ltima gera̤̣o.
ingressos: R$6,00 e R$3,00
-aceita cheque // -acesso a deficientes  //  -ar condicionado  // -estac: c/ manob (R$8,00)
 
 
7/6 – 20h
FILME: O Invasor (Ficção, 97 minutos, 2001) Direção: Beto Brant. Roteiro: Marçal Aquino (baseado em novela de sua autoria), Beto Brant e Renato Ciasca. Com: Malú Mader, Marco Ricca, Alexandre Borges, Paulo Miklos, Mariana Ximenes. Sinopse: narra a história de três amigos - companheiros desde os tempos de faculdade de engenharia - que são sócios em uma construtora há mais de 15 anos. Tudo corre bem até o dia em que um desentendimento na condução dos negócios os coloca em conflito e o surgimento de um pesadelo inesperado: Anísio, que pouco a pouco invade a vida dos amigos, envolvendo-os no processo da violência urbana.
DEBATE: Beto Brant, Marçal Aquino (escritor e roteirista), Xis (rapper), Guilherme de Almeida (Advogado, Doutor em Direito USP  e pesquisador-sênior do Núcleo de Estudos da Violência).
Mais informações, acesse http://www2.uol.com.br/oinvasor
 
 
14/6 – 20h
FILME: O Prisioneiro da Grade de Ferro (Documentário, 123min, 2003) Direção: Paulo Sacramento, Montagem: Idê Lacreta. Sinopse: Um ano antes da desativação da Casa de Detenção do Carandirú, detentos aprendem a utilizar câmeras de vídeo e documentam o cotidiano do maior presídio da América Latina. Este material riquíssimo, 170 horas captadas ao longo de 7 meses, levou 16 meses para ser montado. A partir do encontro dos variados entendimentos e pontos de vista sobre uma realidade tão complexa, o documentário reflete e retrata a realidade do sistema carcerário brasileiro, em um momento em que suas contradições beiram limites da aceitabilidade.
DEBATE: Paulo Sacramento, Marina Person (cineasta e jornalista), Idê Lacreta (montadora), Fernão Ramos (professor de Cinema no Instituto de Artes da UNICAMP).
Mais informações, acesse http://www.prisioneiro.com.br
 
21/6 – 20h
FILME: Amarelo Manga (ficção, 100min, 2002) Direção: Claudio Assis. Com: Leona
Cavalli, Matheus Nachtergaele, Chico Diaz, Dira Paes e Jonas Bloch. Sinopse: Guiados pela paixão, os personagens vão penetrando num universo feito de armadilhas e vinganças, de desejos irrealizáveis, da busca incessante da felicidade. O universo aqui é o da vida-satélite e dos tipos que giram em torno de órbitas próprias, colorindo a vida de um amarelo hepático e pulsante. Não o amarelo do ouro, do brilho e das riquezas, mas o amarelo do embaçamento do dia-a-dia e do envelhecimento das coisas postas. Um amarelo-manga, farto.
DEBATE: Cláudio Assis, Leona Cavalli (atriz e produtora), Luciana Araújo (doutora em Cinema pela ECA/USP), Tata Amaral e Sérgio Roizenblit (diretores do curta “Vila Ipojuca” que será apresentado no início da sessão, em que Leona Cavalli conta o trágico amanhecer de uma mulher e seus dois filhos, num barraco da periferia).
Mais informações, acesse http://www.amarelomanga.com.br

28/6 – 20h
FILME: "33" (Documentário, 75min, 2003) Direção: Kiko Goifman. Sinopse: Um documentário sui generis, que lança mão de procedimentos do cinema noir, o longa-metragem “33” trata da busca do diretor Kiko Goifman por sua mãe biológica, tendo detetives como personagens e com direito à intriga e mistério. Goifman é filho adotivo e, no ano em que completou 33 anos, decidiu procurar sua mãe biológica. A partir de pistas dadas por detetives de São Paulo e Belo Horizonte, o cineasta parte nessa jornada, documentando com humor e ironia todo seu trajeto em um diário on-line que foi transformado em material para seu filme cujo título refere-se ao número de dias que o diretor se impôs para a investigação e, ao mesmo tempo, à sua idade então.

DEBATE: Kiko Goiffman, Soninha Francine (jornalista), Miriam Chnaiderman (psicanalista e documentarista)  e Eduardo Giannetti da Fonseca (escritor e professor de economia IBMEC).

Mais informações, acesse http://www2.uol.com.br/33
 
 
Teatro Santa Cruz
Rua Orobó, 277-Alto de Pinheiros, região oeste, tel: 3024-5191
450 lugares Рexibi̤̣o em DVD, dolbystereo, num teḷo de 7X8m, equipamento de ̼ltima gera̤̣o.
todas as segundas-feiras de junho - 7, 14, 21 e 28/06 – (O projeto CineComentado Sta. Cruz continua em agosto).
ingressos: R$6,00 e R$3,00
-aceita cheque
-acesso a deficientes
-ar condicionado
-estac: c/ manob (R$8,00)

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]