Confira o resultado da premiação do CURTA-SE ::  | Curta o Curta

Confira o resultado da premiação do CURTA-SE

Por Guilherme Whitaker em 05/05/2005 13:29



Resultado premiação CURTA-SE 5

Curta-SE 5 premia melhores curtas-metragens 


O Festival Luso-Brasileiro de Curtas-Metragens de Sergipe, o Curta-SE 5, chegou ao final. Em seu último dia de atividades - que coincidiu com o Dia do Trabalhador - ontem (domingo) à noite, na sala 5 do Cinemark do Shopping Jardins, aconteceu a premiação dos curtas que participaram das mostras competitivas, logo após as homenagens prestadas ao festival, a Rosângela Rocha e à equipe do Curta-SE.

Foi uma noite muito especial, em que os ganhadores fizeram questão de elogiar a qualidade do encontro do festival e desejaram vida longa ao grande evento.

Na ocasião, foi homenageado o ator Orlando Vieira, que recebeu o prêmio de Menção Especial em Vídeo Júri Oficial por sua atuação em "Dona Carmela" e o dedicou aos realizadores do filme.

A sergipana Gabriela Caldas foi um dos destaque da noite; O seu curta-metragem - AMorrer - conseguiu os prêmios de Melhor Vídeo Júri Popular e Melhor Vídeo Sergipano Júri Popular, além do prêmio de 4 mil reais em serviços oferecidos pela Quanta SP. Outro destaque foi o curta A Moça Que Dançou Depois De Morta, que levou para casa outros três prêmios.

Confira a lista dos vencedores:

Categoria Vídeo

Melhor Vídeo Júri Popular: "A Morrer", de Gabriela Caldas, SE;
Melhor Documentário Vídeo Júri Oficial: "Papo De Botequim", de Alan Ribeiro, RJ;
Melhor Animação Vídeo Júri Oficial: "Desirella", Carlos Eduardo Nogueira, SP;
Melhor Ficção Vídeo Júri Oficial: "A Corrente", de Marcelo Toledo, SP;
Menção Honrosa Vídeo Júri Oficial: "Concerto Número Um Para Orquestra E Celular", de Fausto Júnior, BA;
Menção Especial Vídeo Júri Oficial: Orlando Vieira pela atuação em "Dona Carmela";
Melhor Vídeo Sergipano Júri Popular e Prêmio de 4 mil reais em serviços oferecidos pela Quanta SP: "A Morrer", de Gabriela Caldas, SE;

Categoria 16mm

Melhor Filme 16mm Júri Popular: "Quando Jorge Foi À Guerra", de Tadao Miaqui, PR;
Melhor Filme 16mm Júri Oficial e Prêmio de 4 horas de telecinagem off-line oferecido pela Labocine: "Noite De Sol", Marcela Arantes, SP;
Melhor Filme 35mm Júri Popular: "A Moça Que Dançou Depois De Morta", de Ítalo Cajueiro, DF;
Melhor Ficção 35mm Júri Oficial e Prêmio de 400m de revelação oferecido pela Labocine: "Bala Perdida", Víctor Lopes, RJ (entregue pelo coordenador de patrocínio da Petrobrás Carlos Eduardo Valente);
Melhor Ficção 35mm Júri Oficial e Prêmio de 400m de revelação oferecido pela Labocine: "Hoje Tem Felicidade", Lisiane Cohen, RS;
Melhor Animação 35mm Júri Oficial: "A Moça Que Dançou Depois De Morta", de Ítalo Cajueiro, DF;
Menção Honrosa 35mm Júri Oficial: "A Hora Do Galo", Marcos França, RJ;
Menção Honrosa 35mm Júri Oficial: "Zen Ou Não Zen, Eis A Questão", de alunos da rede municipal de ensino de Vitória, ES;
Prêmio Especial Júri 35mm e Prêmio de 50% de desconto no serviço de telecinagem off-line oferecido pela TeleImage: "Messalina", de Cristiane Oliveira, RS;
Melhor Filme 35mm com Temática Nordestina e Prêmio de 10 mil reais oferecido pelo Banco do Nordeste: "A Moça Que Dançou Depois De Morta", de Ítalo Cajueiro, DF.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]