Curta no Almoço na CAIXA Cultural - 5ª  edição! ::  | Curta o Curta

Curta no Almoço na CAIXA Cultural - 5ª edição!

Por Guilherme Whitaker em 19/08/2009 12:41


A Curta o Curta, com patrocínio da CAIXA Cultural, vai realizar a 5ª edição do *Curta no Almoço*, a partir do dia 11 de agosto. A programação da mostra traz 14 curtas nacionais, inéditos no evento, com sessões de até 20 minutos de duração, sempre no horário do almoço – às 12h30min, 13h e 13h30min. O evento oferece, ainda, duas sessões especiais com curtas infanto-juvenis para alunos de escolas públicas.

Desde a primeira edição do *Curta no Almoço*, realizada em fevereiro de 2007, mais de 2.700 pessoas assistiram a 49 curtas nacionais. A média diária de público foi de 108 pessoas na 4ª edição, em março deste ano, crescendo 5% em relação à última, em março de 2008, com média de 103 pessoas/dia. O aumento é de 44% se considerada a média de 75 pessoas por dia na primeira edição, em fevereiro de 2007. Já o público total, de 864 pessoas em março de 2009, cresceu 66% em relação a fevereiro de 2007, com 522 pessoas.

A programação, sempre nova, tem sido o principal atrativo. Daniela Lobão, advogada que assistiu várias sessões na última edição, declarou que “a tentativa de agradar ao público de origem e interesses distintos foi plenamente alcançada através da exibição de filmes de animação, documentários, contos etc.” Na 5ª edição do Curta no Almoço, em agosto, estão programados 5 documentários, 5 animações e 4 ficções.
O curta “Quintas Intenções”, uma ficção bem-humorada de Mauricio Rizzo, é um dos destaques da programação. Ele conquistou o prêmio de melhor roteiro no último CINE-PE, em Recife. A animação “O anão que virou gigante”, baseada em uma história real, garantiu o prêmio de melhor diretor para Marão, no mesmo festival. Entre os documentários, dois deles se destacam por apresentar personagens relevantes da história do cinema nacional, os diretores Cacá Diegues e Rogério Sganzerla.
O Curta no Almoço vem se consolidando como ponto de exibição gratuita de filmes de curta-metragem no Centro do Rio. Democrático, tem como públicos-alvo adultos de ambos os sexos, sem restrição de grau de instrução nem de faixa sócio-econômica. A mostra foi criada e é produzida pela Curta o Curta desde 2007, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Para os organizadores Marcus Mannarino e Guilherme Whitaker, a mostra faz parte do esforço para ampliar o acesso do público a esse formato de cinema. “Nos circuitos comerciais o curta-metragem raramente tem espaço. Esta iniciativa é uma opção criativa e agradável para aproveitar o pouco tempo livre antes e/ou depois do almoço, assistindo a excelentes filmes e degustando a atual produção brasileira de curtas, uma das mais premiadas do mundo”, comentam.

Cada edição inclui ainda, na programação, duas sessões em horários especiais para alunos do ensino médio de escolas públicas, com curtas infanto-juvenis.

Com base no sucesso carioca, a Curta o Curta, distribuidora responsável pela produção do evento, planeja ampliar seu alcance levar os curtas em itinerância para outras cidades em 2010.

*SERVIÇO*

*Mostra Curta no Almoço - 5ª edição
*Local: CAIXA Cultural RJ – Cinema 2

End.: Av. Almirante Barroso, 25, Centro - Rio de Janeiro
Tels: (21) 2544 4080/7666

Data: de 11/08 até 14/08/09 e de 18/08 até 21/08/09

Sessões: 12h30min, 13h e 13h30min

*ENTRADA FRANCA***

Classificação indicativa: 16 anos

Acesso para portadores de necessidades especiais.

Programação da CAIXA Cultural: www.caixa.gov.br/caixacultural <http://www.caixa.gov.br/caixacultural>


*Assessoria de Imprensa*
*Caixa Econômica Federal*
CAIXA Cultural - Rio de Janeiro/RJ

Cels: (21) 8215 0900//7892 1433

www.caixa.gov.br/caixacultural <http://www.caixa.gov.br/caixacultural>

PROGRAMAÇÃO
11/08
A VERDADE NÃO É TUDO
de Alexandre Lydia (10´, documentário, RJ, 2009)
Documentário sobre exclusão cultural, produzido durante a retrospectiva da obra de Rogério Sganzerla realizada em 2005, no CCBB-RJ.

CACÁ ENTRE NÓS
de Alexandre Lydia (8´, documentário, RJ, 2009)
Confissões de um dos maiores cineastas brasileiros vivo, Cacá Diegues.


12/08
CATTUM
de Paulo Miranda (10´, animação, GO, 2008)
As peripécias de um gato perdido numa grande cidade. Uma animação caótica, politicamente incorreta, que trata de forma irreverente as relações humanas dentro da cidade através das roubadas que se mete um inerte gatinho.

O ANÃO QUE VIROU GIGANTE
de Marão (10´, animação, RJ, 2008)
A improvável, todavia autêntica, história do anão que virou gigante.

13/08
PAPO DE BOTEQUIM
de Allan Ribeiro (20´, documentário, RJ, 2004)
Documentário bem humorado sobre a importância cultural e democrática dos botequins na cidade do Rio de Janeiro.

14/08
CINCO POEMAS CONCRETOS
de Christian Caselli (6´40´´, animação, RJ, 2007)
Cinco poemas consagrados do movimento Concretista ganham uma adaptação para o audiovisual.

OFUSCA
de Flávio Frederico (12´, ficção, SP, 2002)
Quatro pontos de vista, um triângulo amoroso e um carro.

18/08
ACHADOS E PERDIDOS
de Eduardo Leonel Albergaria (20´, ficção, RJ, 2003)
Uma carta de amor perdida há mais de 50 anos desencadeia uma série de acontecimentos imprevistos e revela uma história cheia de sentimentos esquecidos.

19/08
MUITO ALÉM DO CHUVEIRO
de Poliana Paiva (20´, documentário, RJ, 2008)
A febre do karaokê: pessoas soltam os demônios na noite do Rio de Janeiro. Histórias de catarse, alegria e amizade.

20/08
JUSTIÇA EMPLACA
de Alexandre Bersot (6´36´´, animação, RJ, 2006)
Um thriller de ação onde um ato violento – mas aparentemente inofensivo – provoca uma reação surpreendente e não menos violenta.

PELO OUVIDO
de Joaquim Haickel (17´, ficção, RJ, 2008)
Depois de uma tentativa de assalto e de um grave acidente automobilístico com Charlie, seu marido, Keyt tenta preservar, em meio a perdas irreparáveis, o lado apaixonado de sua relação.

21/08
SINAL FECHADO
de Alexandre Santos e Jurandyr França (5´, documentário, RN, 2008)
A cada sinal fechado, Breno faz do asfalto seu palco.

EL CHATEAU
de Victor-Hugo Borges (5´40´´, animação, SP, 2002)
Rapaz apaixonado espera sua garota em um fino restaurante onde desfilam tipos altivos e vis. Paródia das relações humanas em que pessoas devoram umas às outras. Neste caso, literalmente...

QUINTAS INTENÇÕES
de Mauricio Rizzo (9´35´´, ficção, RJ, 2007)
Neco e Vera, amigos de faculdade, se reencontram e não conseguem dialogar com a mesma naturalidade. À medida que o tempo passa, o espectador percebe que nem sempre o que é dito entre eles condiz com o que estão pensando.

 


SOBRE O CURTA NO ALMOÇO
O Curta no Almoço é um evento pioneiro de exibição regular e gratuita de filmes de curta-metragem no centro do Rio. Foi criado e produzido pela Curta o Curta, com patrocínio da Caixa. Oferece uma programação diária de sessões gratuitas de até 20 minutos – com 1 a 2 filmes, apresentadas no horário do almoço (às 12:30, 13h e 13:30), em projeção digital no Cinema 2 da Caixa Cultural, espaço privilegiado em termos de localização e de instalações.
Democrático, tem como público-alvo adultos de ambos os sexos, sem restrição de grau de instrução nem de faixa sócio-econômica. A curadoria busca oferecer ao público uma opção de atividade cultural de lazer, entretenimento e informação, incluindo obras de ficção, animação e documentários. Todos os filmes têm seus direitos remunerados.

Foram realizadas 4 edições do evento: fev/07, nov/07, mar/08 e mar/09. No total, foram exibidos 49 filmes. O público cresceu 66% entre a primeira e a quarta edição, com 522 pessoas e 864 pessoas presentes, respectivamente. A média diária de público passou de 75 em fevereiro de 2007 para 108 em março de 2009.

A partir da segunda edição, montamos sessões infanto-juvenis especiais para alunos de escolas públicas. Alugamos ônibus que buscam os alunos em 2 escolas para assistirem a uma sessão de até 40´ na Caixa Cultural. Em cada edição, são realizadas 2 sessões para estudantes.

A divulgação do evento é baseada na distribuição diária de flyers na entrada de grandes empresas próximas da Caixa Cultural e nas saídas do Metrô; divulgação para assessorias de Comunicação de grandes empresas próximas da Caixa Cultural; sorteio de camisas durante as sessões; distribuição de brindes - descontos em restaurantes que apóiam o evento.

Na 5ª edição, em agosto, contaremos ainda com 10 busdoor.

Marcus Vinicius R. Mannarino Guilherme Whitaker
Sobre a Curta o Curta
A Curta o Curta é a única distribuidora brasileira especializada em filmes de curta-metragem nacionais. Oferece licenciamento de filmes do Catálogo Curta o Curta para exibição em salas físicas - por instituições promotoras culturais públicas e privadas, e em mídia eletrônica - por empresas da área de telefonia celular 3G, IPTV, mídia indoor e televisão. Desenvolveu um modelo de negócios exclusivo e inovador, no qual produtores se beneficiam de todo e qualquer contrato que gere receita pelo licenciamento de seus filmes, e tem suas operações baseadas em sistemas de TI. Criada em 2005, mantém o pioneirismo do website Curta o Curta, que nasceu em 2000 como o primeiro site brasileiro dedicado exclusivamente ao curta-metragem nacional. Conheça nossos serviços exclusivos, assista a filmes e acompanhe notícias do setor: www.curtaocurta.com.br

 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]