Curta o Curta encerra 2008 com 86 filmes licenciados em 9 contratos firmados ::  | Curta o Curta

Curta o Curta encerra 2008 com 86 filmes licenciados em 9 contratos firmados

Por Guilherme Whitaker em 29/12/2008 09:36


As ações da Distribuidora Curta o Curta para prospecção de exibidores foram oficialmente iniciadas no segundo semestre de 2008, conforme o planejamento da empresa para 2009. Contudo, o ano se encerra com resultados positivos antecipados na área de atendimento a exibidores. Até dezembro, foram fechados 9 contratos para exibição de filmes em salas, na TV e na Internet, num total de 86 licenças de filmes do Catálogo Curta o Curta negociadas. Os contratos geraram um volume de cerca de R$ 24 mil para remuneração aos produtores pela cessão de direitos para exibição. A expectativa para 2009 é de crescimento dos resultados como fruto das ações integradas de vendas.

A maior parte dos contratos fechados em 2008 é fruto de demandas espontâneas de exibidores. “Temos um longo caminho pela frente para construir no mercado a percepção de que somos a principal referência em curtas no Brasil. Mas parece que já começamos bem posicionados, pelos resultados que conquistamos neste ano”, comentou Marcus Vinicius Mannarino, sócio da empresa.

Curtas na Internet e na TV Brasil

Ainda em 2007, a Oi buscou curtas para abastecer seu portal na Internet, que estava em processo de total reformulação. O portal Mundo Oi foi reinaugurado em junho de 2008 com 30 filmes licenciados pela Curta o Curta para exibição gratuita por streaming para os internautas, no item Cinema/TV.

No primeiro semestre de 2008, a recém criada TV Brasil também declarou interesse em selecionar filmes para veicular em sua programação. Três curtas foram licenciados para até 4 exibições em um período de 1 ano. E, no segundo semestre, mais um filme.

Curtas em salas físicas

Em março, 21 curtas (sendo 9 infantis) foram exibidos na 3ª edição do Curta no Almoço. Criado e produzido pela Curta o Curta desde 2007, com patrocínio da Caixa, o evento exibe na Caixa Cultural, no Centro do Rio de Janeiro, sessões diárias gratuitas, de até 20’ de duração, no horário do almoço, durante 2 semanas. Foram realizadas 3 edições do evento: fev/07, nov/07 e mar/08. No total, foram exibidos 36 filmes. O público cresceu 38% entre a primeira e a terceira edição, com 522 pessoas e 728 pessoas presentes, respectivamente. A média diária de público passou de 75 em fevereiro de 2007 para 103 em março de 2008.

A Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de Valença (RJ), durante o evento regional Café, Cachaça e Chorinho, em abril, exibiu 4 filmes em 2 sessões temáticas gratuitas, em praça pública.

O Sesc Santos (SP) buscou os serviços da Curta o Curta para oferecer ao seu público uma sessão temática de curtas durante o evento “Curta o Mar”. Os 4 filmes licenciados foram exibidos em praça pública, em outubro.

Já a empresa Dobra Digital, da área de treinamento, experimentou a projeção de um curta em uma ação de motivação para executivos de uma empresa cliente, durante evento realizado em São Paulo.

A Firjan-RJ procurou a Curta o Curta para montar programação de curtas para adultos e crianças como parte de suas atividades no Dia Nacional da Cultura. A Distribuidora forneceu 13 filmes, sendo 5 infantis, que foram exibidos em sessões gratuitas, na sede da Firjan, no centro do Rio, no dia 5 de novembro.

Curtas em escolas

O ano se encerra com o fechamento de contrato de fornecimento de 8 filmes para o Cineclube da Secretaria Municipal da Educação do Rio de Janeiro. Os filmes ficarão disponíveis em 91 escolas públicas da rede municipal para exibição aos alunos, sem limite de prazo nem de quantidade de sessões.

Curta o Curta em 2009

Para 2009, já estão confirmadas duas novas edições do evento Curta no Almoço, na Caixa Cultural do Rio. Está em andamento um trabalho de desenvolvimento de dezenas de espaços regulares de exibição em diversas cidades do país, em parceria com instituições promotoras culturais.

O cineclube Curta o Curta vai mudar de endereço. Depois de exibir mais de 100 filmes para público superior a 2 mil pessoas desde 2004 no Ateliê da Imagem, na Urca, a partir de janeiro as sessões mensais vão acontecer no Cinematheque, em Botafogo, zona sul carioca. A casa faz parte do Grupo Matriz, composto por 10 empresas - casas noturnas e de shows, bares e restaurantes, hospedaria e galeria de arte, com destaque para o Teatro Odisséia, na Lapa, e o Cinematheque, em Botafogo. Na opinião de Guilherme Whitaker, sócio da Curta o Curta, “a parceria com o grupo Matriz para realização do Cineclube na Cinematheque vai ampliar ainda mais a visibilidade dos curtas brasileiros no Rio de Janeiro, com repercussão em todo o país”.

As sessões serão realizadas sempre na última sexta-feira do mês, às 20h, com até 5 filmes do Catálogo Curta o Curta. A primeira é no dia 30 de janeiro.

Todo esse esforço de criação de novas oportunidades de exibição de curtas ao público é apoiado numa rotina de permanente atualização e ampliação do Catálogo Curta o Curta, com filmes selecionados e premiados em festivais e, também, com títulos que já não circulam pelo circuito por serem produções mais antigas. Mas não merecem ficar longe do público.

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]