Curtas na Cinemateca Brasileira - SP ::  | Curta o Curta

Curtas na Cinemateca Brasileira - SP

Por Guilherme Whitaker em 19/07/2005 14:22



Curtas na Cinemateca Brasileira - SP
Toda terça as 18h


Você não pode perder a nova programação do Curta Cinemateca!

A partir de 19 de Julho, todas as terças-feiras às 18h00 confira alguns dos melhores títulos em Comédias, Experimentais e curtas sobre a ditadura.

Apresentada desde agosto de 2004, a sessão CURTA CINEMATECA exibe curtas-metragens brasileiros em sessões gratuitas. Dessa forma a Cinemateca Brasileira tem certeza de contribuir para a expansão de um circuito de exibição para o segmento dos filmes de curta duração.

Núcleo de Programação

Sala Cinemateca
Largo Senador Raul Cardoso, 207
Vila Mariana
Tel.: (11) 5084-2177


Programação:

19/07 - COMÉDIAS
18h00 Alex, de Mauro Baptista
A má criada, de Sung Sfai
Sete, sete e pouco, de Paulo Weidebach
A revolta dos carnudos, de Eliana Fonseca

26/07 - COMÉDIAS
18h00 Produto descartável, de Flavia Rea, Rafael Primo
Expresso, de Michael Ruman
La lona, de Daniel Gómez 
BMW vermelho, de Eduardo Ramos e Reinaldo Pinheiro 


Programação  

Alex, de Mauro Baptista
1997, 16mm, cor, 14’
Sinopse: Alex é um jovem que quer se suicidar e não consegue. No caminho, encontra uma evangélica e dois assaltantes.

BMW vermelho, de Eduardo Ramos e Reinaldo Pinheiro
2000, 35mm, cor, 20’
Sinopse: Uma família humilde recebe um verdadeiro presente de grego: um carro de luxo, que não pode ser vendido por dois anos. Para piorar a situação, ninguém sabe dirigir. O tempo passa, e o automóvel acaba tendo usos bastante inusitados...

Expresso, de Michael Ruman
1994, 35mm, cor, 11’
Sinopse: Road movie rodado em estúdio com quatro falsos louros em fuga. 

La lona, de Daniel Gómez
1995, 35mm, cor, 10’
Sinopse: Adaptação livre do conto de Carlos Trillo e Domingos Mandrafina, este filme fala de frustrações - das mais simples às mais complexas. É um divertido passeio na história de todos nós.

A má criada, de Sung Sfai
1993, 35mm, cor, 12’
Sinopse: Nos anos 60, a vida cor-de-rosa de James e Mafalda é ameaçada com a contratação de Salete, sua empregada.

Produto descartável, de Flavia Rea e Rafael Primo
2003, 16mm, cor, 16’
Sinopse: Dois vizinhos que se desejam lutam contra os estereótipos que criaram para si mesmos. Uma divertida comédia urbana, repleta de clichês nos quais todos se posicionam como verdadeiros produtos descartáveis. Sexo, nudez e violência - tudo o que você sempre quis ver em um único filme.

A revolta dos carnudos, de Eliana Fonseca
1991, 35mm, cor, 15’
Sinopse: Neste mundo de aparências, pacientes de uma clínica de emagrecimento se revoltam e resolvem provar que podem ser felizes do jeito que são. O estopim do movimento é a secreta paixão do galã diretor da clínica por uma das pacientes. 

Sete, sete e pouco, de Paulo Weidebach
1998, 35m, p&b, 12’
Sinopse: A vida numa metrópole tem seus rituais. Um simples encontro entre um homem e uma mulher acarreta uma série de medos e preocupações.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]