CURTAS PREMIADOS SOBEM O MORRO DA CONCEIÇÃO ::  | Curta o Curta

CURTAS PREMIADOS SOBEM O MORRO DA CONCEIÇÃO

Por Guilherme Whitaker em 09/11/2001 15:53


CURTAS PREMIADOS SOBEM O MORRO DA CONCEIÇÃO
Comunidade verá pela primeira vez curtas filmados em suas ruas e ladeiras 


CURTAS PREMIADOS NO MORRO DA CONCEIÇÃO
10 de Nov, sábado, 20h
Praça Major Valo, Morro da Conceição

Desconhecido da maioria dos cariocas, o Morro da Conceição foi onde começou a colonização do Rio de Janeiro com a chegada dos portugueses. Mais tarde, essa localidade tornou-se palco da resistência às invasões francesas, que resultou, em 1715, na construção, pelos colonizadores, da Fortaleza da Conceição. Nos últimos anos essa região tem recebido mais atenção do governo através de projetos de preservação e tombamento.

É justamente nesse local que serão exibidos na Praça Major Valo, às 20 horas do dia 10 de novembro de 2001, os filmes Rota de Colisão, de Roberval Duarte, Tá na Mão (direção coletiva/prod. do curso de cinema da UFF), De Janela pRo Cinema, de Quiá Rodrigues, e Uma Casa Muito Engraçada, de Toshie Nishio.

Após serem exibidos em festivais, mostras e televisões, no Brasil e no exterior, os realizadores de ROTA DE COLISÃO e TÁ NA MÃO pretendem retribuir à comunidade a simpatia e cordialidade que receberam quando rodaram seus filmes nas ruelas e becos do Morro da Conceição, com a participação de crianças e adolescentes moradoras desta área.

Juntamente com os outros dois curtas, filmes de animação também premiados em diversos festivais, o evento leva pela primeira vez o cinema ao Morro da Conceição e é realizado em parceria com o projeto Cine Brasil , da Secretaria Estadual de Cultura-RJ, que vem desenvolvendo um trabalho regular de exibição de curtas e longas nacionais em diversos municípios do Rio de Janeiro, com o apoio do Centro Cultural Banco do Brasil - RJ.


Programação


ROTA DE COLISÃO (35mm, 12 min, p&b) de Roberval Duarte. Ficção. Após um roubo, um ladrão, um operário e um menino de rua têm seus caminhos cruzados. Nas ruas daquela metrópole do Terceiro Mundo, um destino trágico e comum os aguarda. 2000


DE JANELA PRO CINEMA (35mm, 13 min, cor) de Quiá Rodrigues. Animação. Uma mulher misteriosa e sensual, desejada por vários homens, motiva uma homenagem ao cinema e seus mitos. 1999


TÁ NA MÃO (16mm, 12min, cor) de Afonso Serpa, Fabio Faria Lima, Fernando Morais, Gustavo Borges, Mônica Imbuzeiro e Renato Satoshi. Ficção. A rotina das crianças de um típico bairro carioca é alterada por algo que surge no céu. 1998.


UMA CASA MUITO ENGRAÇADA (16mm,3 min, cor) de Toshie Nishio. Animação. Desenho animado inspirado no poema “A Casa” de Vinícius de Moraes. O poema nos fala de uma casa que não tem teto, não tem nada. Mas há uma outra que tem isso tudo e muito mais. 1996



Como Chegar:
Da Av. Marechal Floriano virar na Rua do Acre e depois pegar a segunda à esquerda – Rua Major Daemon, essa subida vai dar acesso à praça Major Valo (a praça da Santa).


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]