Dia 10 começa o Recine- Festival Internacional de Cinema de Arquivo - Confira! ::  | Curta o Curta

Dia 10 começa o Recine- Festival Internacional de Cinema de Arquivo - Confira!

Por Guilherme Whitaker em 05/09/2007 12:34


RECINE 2007
Festival Internacional de Cinema de Arquivo


Com o objetivo de oferecer ao público imagens raras e debater as dificuldades no trabalho de guarda e preservação dos registros filmográficos, tornar os acervos depositados nas instituições de arquivo mais acessíveis aos pesquisadores, realizadores e cinéfilos em geral, e ainda, estimular a reutilização destas imagens para a realização de novas obras audiovisuais, surgiu o RECINE - Festival de Cinema de Arquivo.

Confira AQUI a programação completa do evento.

O RECINE é mais do que a realização de um festival de cinema anual, sua proposta é rever, refazer, reinventar, renovar, redescobrir, reunir, reconstruir, reeditar, realizar.

Em 2007, o Festival acontecerá entre os dias 10 e 14 de setembro no Arquivo Nacional do Brasil localizado na cidade do Rio de Janeiro. A temática deste ano será "A imprensa no Cinema" e, além da Mostra competitiva, haverá debates, exposições e exibição do inédito:
Pasolini Nosso Próximo (Pasolini Prossimo Nostro), de Giuseppe Bertolucci, documentário inédito no Brasil sobre o diretor italiano e seu polêmico filme Os 120 Dias de Sodoma  Itália – 63 min. – B&P/Cor – 2006.

Ou seja, ótimos filmes, fórum de debates e exposições gratuitos num grande evento cinematográfico, com exibição de filmes ao ar livre, nos jardins internos e auditórios do prédio em estilo neo-clássico, Patrimônio Cultural e Artístico Brasileiro.

Mais no site do RECINE AQUI.
Grade de programação - 2007


Dia 10 de setembro de 2007 – Segunda-feira
ABERTURA
Local: Bloco P do Arquivo Nacional
18:00h - Inauguração de quatro exposições fotográficas:
- Retrospectiva jornal Correio da Manhã
- Aurélio González – A história capturada num obturador
- Anos de Chumbo: Estudantes x Polícia
- 70 Anos de INCE e Rádio MEC

18:30h – Lançamento da Revista Recine N° 4
Local: Bloco P do Arquivo Nacional

ABERTURA DA MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Pátio interno do Arquivo Nacional
19:30h - Exibição:
Actualidades Recine
Cinejornal produzido pelo Arquivo Nacional sobre a trajetória do Recine.
Brasil - 9 min. – B&P/Cor – 2007

Publique-se Aversão
Curta-metragem produzido pelo Arquivo Nacional
Brasil - 15 min. – B&P/Cor – 2007

Carlitos Repórter (Making a Living), de Henry Lahrman
Pela primeira vez, Charles Chaplin apresenta seu inesquecível personagem. Neste filme, um vigarista (Carlitos), fora de atividade, arruma um trabalho como repórter. Após testemunhar a queda de um automóvel em um penhasco, ele rouba a câmera de um repórter rival e corre para o escritório do jornal a fim de publicar a foto como sua. O vigarista acompanha a distribuição do jornal contendo seu "grande furo", enquanto é perseguido pelo repórter rival.
EUA - 15 min. – B&P – 1914

Cinejornal Ontem, Hoje e Amanhã
Itália - 10 min. – B&P – 1960-66

Pasolini Nosso Próximo (Pasolini Prossimo Nostro), de Giuseppe Bertolucci
Documentário inédito no Brasil sobre o diretor italiano e seu polêmico filme Os 120 Dias de Sodoma. Durante as filmagens, apesar da enorme controvérsia gerada em torno da obra, Pasolini está relaxado, quase alegre. Ele deixa a câmera do jornalista Gideon Bachmann segui-lo e concede uma longa e extraordinária entrevista. Inicialmente inseguro, Pasolini transforma a conversa em um grande, claro e violento ataque à sociedade, acompanhado de fotos do set de filmagem justapondo ficção e realidade. Pasolini morreria antes do filme estrear. O documentário reúne fotos e entrevistas dadas pelo cineasta em 1975, onde diz que “a liberdade necrosou o sexo nas sociedades contemporâneas”.
Itália – 63 min. – B&P/Cor – 2006

Dia 11 de setembro de 2007 – Terça-feira

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Auditório do Arquivo Nacional
10:00h - Exibição:

Cinejornal Informativo Nº 150, Agência Nacional
Posse do Presidnete Médici e Bienal Internacional de São Paulo.
Brasil – 8 min. – B&P - 1969

O Desafio, de Paulo Cesar Saraceni
Um jornalista, amargurado com o fracasso de sua crença esquerdista na revolução popular, nega o relacionamento amoroso com uma mulher burguesa.
Brasil – 90 min. – B&P - 1965

12:00h – Exibição:
Cinejornal Jarborama – Campinas
Visita do ministro do Planejamento Reis Velloso à Universidade de Campinas, a inauguração de “drive-in” e um campeonato de ciclismo na cidade.
Brasil – 10 min. – B&P – 1973

Terra em Transe, de Glauber Rocha
Em Eldorado, o poeta e jornalista Paulo Martins, à beira da morte, rememora sua participação em lutas políticas. Dividido entre dois aspirantes ao poder e manipulado por uma multinacional, ele agoniza sem conseguir solucionar as suas próprias contradições e as de Eldorado, ao tentar equacionar de forma conseqüente a poesia e a política.
Brasil – 115 min. – B&P – 1967

FÓRUM DE DEBATES

Local: Auditório do Arquivo Nacional.
14:00h – Palestra do fotógrafo Aurélio González sobre a recuperação de seu acervo, três décadas após o golpe militar no Uruguai.
Lançamento do filme Ao pé da árvore branca (Al pie del árbol blanco), de Juan Alvarez, sobre Aurélio González. Um velho fotógrafo de imprensa encontra, depois de 22 anos de busca, o arquivo perdido do jornal El Popular, fechado pela ditadura militar após o golpe de Estado no Uruguai, no ano de 1973. Um adolescente procura a forma de entregar ao dono o tesouro que tinha descoberto no fundo de uma garagem, brincando durante sua infância. Um prédio revela em suas entranhas 50.000 negativos, com a história em imagens não contadas de um país.
Uruguai – 60 min. – B&P - 2007

MOSTRA COMPETITIVA – PROGRAMA 1

Local: Auditório do Arquivo Nacional
17:00h – Exibição:

A Miss e o Dinossauro 2005 – Bastidores da Belair, de Helena Ignez Pinto de Mello e Silva
Uma câmera Super-8 pinta a festa de despedida da produtora Belair (1970), durante a ditadura militar, antes de Rogério Sganzerla, Helena Ignez e Júlio Bressane partirem para o exílio. Making-off dos filmes Copacabana Mon Amour, Sem Essa Aranha, Cuidado Madame e Família do Barulho.
Brasil – 18 min. – Cor – 2005

Reminiscências, de Regina Carmela e Leo Bittencourt
Documentário que discorre sobre diversos momentos importantes da história de Teresópolis, entre os anos 20 e 50 - seus aspectos urbanos, sociais e políticos, através da recuperação de filmes de acervos familiares em 16mm e 35mm. Estas memórias são lembradas e comentadas de forma romântica e às vezes saudosa, por personagens da vida real que foram testemunhas ou fizeram parte desta memorável trajetória.
Brasil – 69 min. – Cor/B&P – 2007

VÍDEOS DA OFICINA: Série produzida pela Oficina de Vídeo do Recine, sob a orientação do cineasta Vladimir Carvalho.

Arquivo Nacional – Uma Janela Para A História, de Jader Costa
Uma fantástica viagem pelo Arquivo Nacional, que há 170 anos preserva a história do país, através dos depoimentos de quem preserva a história e tem orgulho do que faz. Imperdível.
Brasil – 6 min. e 36 seg – Cor – 2007

Sua Majestade, O Delegado!, de Clementino Junior
Da Estação Primeira para a Central do Brasil segue a corte do grande Mestre-sala Delegado, o maior mestre-sala da estória do carnaval carioca.
Brasil – 9 min. – Cor – 2007

Quebra Viola, de Cinthia Mendonça
Era uma vez Tereza e Antônio Joãozinho.
Brasil – 8 min. – Cor – 2007

19:00h – Exibição:

Ismar, de Gustavo Beck
O retrato de uma pessoa anônima e sua trajetória em busca de uma identidade e de uma conjuntura.
Brasil – 12 min. – Cor – 2007

Sambando nas Brasas, Morô?, de Elizeu Ewald
Década de 50. Os “Anos dourados” gestavam as transformações que mudariam o Brasil para sempre. Na política e nas artes, o país cortava o cordão umbilical com o passado. Eleito, Getúlio Vargas, só saiu do Catete num caixão. E JK chegava, apontando novos rumos. Na música, cantou-se do Baião à Bossa Nova. E a novos costumes permitiam aos jovens sonhar com uma nova era, onde tudo era possível. “Morô?”.
Brasil – 80 min. – B&P - 2006

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Pátio interno do Arquivo Nacional
20:30h – Exibição:
Cinejornal Brasileiro – DIP
A chegada de Orson Welles ao Brasil.
Brasil – 4 min. – B&P – 1942

Cidadão Kane (Citizen Kane), de Orson Welles
A ascensão de um magnata da imprensa americana, de garoto pobre a proprietário de um império dos meios de comunicação. Inspirado na vida do milionário William Randolph Hearst.
EUA – 119 min. – B&P – 1941

Dia 12 de setembro de 2007 – Quarta-feira

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

LocaL: Auditório do Arquivo Nacional
10:00h – Exibição:
Cinejornal Canal 100 – Atualidades 60 x 9, de Carlos Niemeyer
Compositor Ismael Silva é homenageado no Maracanãzinho; presidente Dwit Eisenhower visita Brasília e o Rio de Janeiro.
Brasil – 10min. – B&P – 1970

Doces Poderes, de Lúcia Murat
Uma jornalista chega a Brasília para assumir, durante o período eleitoral, a chefia da sucursal da principal rede de televisão do país, pois o antigo diretor sairá para comandar a campanha de um jovem candidato ao governo.
Brasil – 102 min. – Cor – 1997

SESSÃO ESPECIAL – A IMPRENSA NO CINEMA

Local: Auditório do Arquivo Nacional
12:00h – Exibição:
Retratos Brasileiros: Alex Viany – Produção Canal Brasil
Brasil – 20 min. – Cor – 2007

Atualidades de Angola nº 163
Internato para crianças abandonadas; curso de hotelaria; concurso de misses.
Angola – 12 min. – B&P – 1971

Opa! Que que há?, de Sergio Rezende
Curta metragem sobre as relações da imprensa com a violência e a criminalidade urbana.
Brasil – 9 min. – B&P – 1976

Kuxa Kanema (O Nascimento do Cinema), de Margarida Cardoso
A primeira ação cultural do governo moçambicano, logo após a independência em 1975, foi a criação do Instituto Nacional do Cinema (INC). As unidades de cinema móvel mostram por todo o país a mais popular produção do INC, o jornal cinematográfico Kuxa Kanema, cujo objetivo era: “filmar a imagem do povo e devolvê-la ao povo". Mas hoje, depois de anos de guerra, o INC é só uma ruína. Num pequeno arquivo apodrecem, esquecidas, as imagens que são o único testemunho dos onze primeiros anos de independência, período da chamada revolução socialista.
Moçambique – 52 min. – B&P/Cor – 2003

SRTV – Pompeu de Souza
Depoimento inédito e histórico do jornalista, e depois senador, Pompeu de Souza, sobre o processo de suspensão da censura imposta ao filme Rio 40 Graus, no final da década de 1950.
Brasil – 7 min. – Cor - 1977

FÓRUM DE DEBATES

Local: Auditório do Arquivo Nacional
Os Herdeiros de Cinejornais Brasileiros
14:00h - Mesa de debates com representantes e estudiosos, e exibição de cinejornais
Participantes:
- Canal 100 - Alexandre Niemeyer (RJ)
Exibição de Canal 100 Atualidades 70 X 39, de 1970
- Carriço Film - Martha Sirimarco e Manoel Carriço (MG)
Exibição de João Carriço, O Amigo do Povo, de 2000
- DIP - Eduardo Morettin (SP)
Exibição de “Cine Jornal Brasileiro vol. 1 nº 120”, de 1940
- Primo Carbonari - Regina Carbonari (SP)
Exibição de Cinejornal Notícias em Amplavisão Nº 339”, de 1976
- Herbert Richers - Herbert Richers Jr. (RJ)
Exibição de cinejornal Cine Noticiário Nº 300, de 1961
- Teleobjetiva - Roberto Farias (RJ)
Exibição de cinejornal Teleobjetiva, da década de 1970

Mediação: José Carlos Avellar

MOSTRA COMPETITIVA – PROGRAMA 2

Local: Auditório do Arquivo Nacional
17:00h – Exibição:

As Vozes do Cinema Silencioso, de Alexandre Pimenta
O vídeo registra a filmografia documental mineira dos cineastas Igino Bonfioli e Aristides Junqueira, no início dos anos 20, em formato retangular lembrando os processos narrativos do livro ilustrado e do álbum de fotografias.
Brasil – 15 min. – B&P - 2007

Hércules 56, de Sílvio Da-Rin
Em setembro de 1969, quando o Brasil era governado por uma Junta Militar, duas organizações revolucionárias aliaram-se para raptar o embaixador dos EUA, Charles Burke Elbrick, e exigiram a libertação de quinze presos políticos, que foram levados ao México pelo avião Hércules 56 da FAB. Para rememorar o episódio e discutir as causas e conseqüências da luta armada naquela época, o filme traz à cena os nove remanescentes do grupo de presos e promove o reencontro de cinco membros das organizações responsáveis pelo seqüestro.
Brasil – 94 min. – B&P/Cor – 2006

19:00h – Exibição:

Os Nascimentos, de Alexandre Gwaz
Um continente, uma viagem e imagens de arquivo da América do Sul. Nossa íntima ignorância sobre nós.
Brasil – 12 min. – Cor – 2006

Soldado de Deus, de Sérgio Sanz
Um olhar sobre nossos ombros. Umas vezes de soslaio, outras bem no olho da História. O documentário Soldado de Deus traz memórias emocionais e racionais que possibilitam a reflexão sobre a influência e a presença do Integralismo na história recente e no presente dos brasileiros.
Brasil – 80 min. – Cor – 2004

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Pátio interno do Arquivo Nacional
20:30h – Exibição:
Cine noticiário, de Herbert Richers
Brasil – 8 min. – B&P – 1964
Posse do Marechal Castelo Branco na Presidência da República.

O Sol – Caminhando Contra o Vento, de Tetê Moraes
No Brasil pós-golpe militar e ainda antes do Ato Constitucional nº 5, mais conhecido como AI-5, nasce no Rio de Janeiro o jornal O Sol. Mesmo tendo vida curta, o jornal faz história representando o espírito da época. Através de material de arquivo, músicas e depoimentos de pessoas que participaram do jornal é mostrada a história da chamada "geração 68".
Brasil – 90 min. – B&P/Cor – 2006


Dia 13 de setembro de 2007 – Quinta-feira

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Auditório do Arquivo Nacional
10:00h - Exibição:
Cinejornal Atualidades Agência Nacional nº 02
Presidente João Goulart e ministro San Tiago Dantas; Logradouros do Rio de Janeiro; Reforma Agrária; Futebol Santos x Flamengo
Brasil – 6 min. – B&P – 1963

Network (Rede de Intrigas), de Sidney Lumet
Apresentador de TV é demitido devido à baixa audiência do programa. Quando ainda estava no ar, ele anuncia a sua demissão e avisa que irá se matar durante o próximo programa. Isso faz com que o público fique extremamente curioso. A audiência aumenta, devidamente aproveitada pelo canal. Uma das mais ácidas críticas ao modo de se fazer televisão no mundo.
EUA – 121 min. – Cor – 1976

Cinejornal Informativo Nº 6, Agência Nacional
Brasil Campeão da Copa do Mundo; homenagem aos jogadores brasileiros e Jucelino Kubitschek inaugura ponte em sua terra natal, Diamantina-MG.
Brasil – 9 min. – B&P – 1958

12:00h – Exibição:
O Quarto Poder (Mad City), de Costa Gravas
Ao realizar uma matéria num museu, um jornalista se depara com um ex-funcionário que pede seu emprego de volta à diretora do local e, acidentalmente, dispara um tiro. O jornalista decide então aproveitar a chance para conseguir cobertura exclusiva do caso e retornar à fama. Mas nem tudo acontece como o planejado. Os fatos são manipulados pela imprensa e tudo sai do controle, pois apenas altos salários e índices de audiência contam e a verdade não é tão importante assim.
EUA – 114 min. – Cor – 1997

FÓRUM DE DEBATES

Local: Auditório do Arquivo Nacional
Cinema, Imprensa e Educação – INCE e RÁDIO MEC – 70 ANOS
14:00h – Mesa redonda comemorativa
Participantes:
- José Araripe Jr. – Diretor do CTAv – Centro Técnico Audiovisual
- Orlando Guilhon – Diretor da Rádio MEC
- Sheila Schvarzman – Pesquisadora
- Liana Milanez – Gerente Executiva da Rádio MEC

Exibição:
Lançamento da Pedra Fundamental do Edifício do MEC, de Humberto Mauro
Cerimônia com as presenças de Roquette-Pinto, Gustavo Capanema e Carlos Drummond de Andrade, entre outras personalidades.
Brasil – 6 min. – B&P – 1937

Copa Roca (1º jogo), de Humberto Mauro
Partida de futebol entre Brasil e Argentina.
Brasil – 10 min. – B&P - 1939

Entrega das Instalações da PRA-2, de Humberto Mauro
Brasil – 2 min. – B&P – 1936


MOSTRA COMPETITIVA – PROGRAMA 3

Local: Auditório do Arquivo Nacional
17:00h - Exibição:

Avenida Rio Branco: quadro a quadro, de Marcelo Gonçalvez Ribeiro
Ruas e avenidas da cidade constantemente são modificadas pela ação do homem. Este remodela suas tramas originais, conduzindo suas vias de acordo com o interesse político e social de cada época.
Brasil – 12 min. – Cor – 2006

Três Irmãos de Sangue, de Ângela Patrícia Reiniger
O filme conta a história de três irmãos - três brasileiros - que fizeram da solidariedade sua grande arma na luta pela vida e que ajudaram a transformar o Brasil em um país mais justo e solidário. São eles: Herbert de Souza (Betinho), Henrique Filho (Henfil) e Chico Mário. Suas vidas se confundem com a própria história política, cultural e social do Brasil na segunda metade do século XX.
Brasil – 102 min. – Cor – 2006

19:00h - Exibição:

O Bombardeio de Salvador, de Cláudio Marques
Jovem pesquisadora se depara com fato importante, mas esquecido da história de Salvador. Uma cidade de histórias, mas sem memória!
Brasil – 5 min. – Cor – 2005

A Verdadeira Historia de Bambi, de Ludwig Von Papirus
Uma didática releitura de um mito infantil.
Brasil – 5 min. – Cor – 2005

Cinema Marginal, de Cavi Borges e Idelfonso Neto
Documentário sobre movimento cinematográfico brasileiro da década de 70, caracterizado pela anarquia, esculacho e deboche.
Brasil – 10 min. – Cor – 2005

VÍDEOS DA OFICINA: Série produzida pela Oficina de Vídeo do Recine, sob a orientação do cineasta Vladimir Carvalho.

João e a Rua, de Mariana Serrão
O filme traz a relação do jornalista e cronista João do Rio com as ruas da cidade do Rio de Janeiro, através de trechos do livro: “A alma encantadora das ruas”.
Brasil – 4 min. e 30 seg. – B&P – 2007

Poemas Das Mãos, de Adelina Novaes e Cruz
Re-leitura do Poema das Mãos, escrito em 1962, a partir de trechos de filmes produzidos pelo IPÊS – Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais.
Brasil – 4 min. e 30 seg. – B&P/Cor – 2007

Dente Careado, de Tomás Camargo
Um ensaio poético sobre a história do Morro do Castelo.
Brasil – 6min. - B&P/Cor - 2007

Quando Sto.Antônio Fala Mais Alto, de Marcus Tavares
Alertado por uma profecia em sua infância, rapaz viaja pelo mundo inteiro e conhece várias mulheres, mas nunca se casa. Mas, num dia, seu coração é fisgado e levado ao altar. Hoje ele completa 10 anos de casado.
Brasil – 8 min. P&B – 2007

Sobre Trens, de Clara Linhart
No Brasil, praticamente não existe mais trens.
Brasil – 5 min. – Cor – 2007

O Alerta, de Raquel Gandra
Era mais um dia como outro qualquer no planeta Terra. Era mesmo?
Brasil – 7 min. – B&P – 2007

Salve a Querida Amélia, de Leandro Torturella
Um manifesto em defesa da mocinha indefesa.
Brasil – 4 min. - B&P/Cor - 2007

Profanações, de Fernanda Lo Bianco
Brasil – 5 min - B&P- 2007

Ipês: Suas Sementes e Seus Frutos, de Georges de Paula Racz
À véspera do golpe de 1964, empresários se reúnem para produzir filmes em defesa da democracia e dos valores cristãos.
Brasil – 5 min. - B&P - 2007

Sul Maravilha, de Sonia Dias
Entre as décadas de 40 e 60 a seca dominava o Nordeste e os possíveis empregos nas indústrias do Rio de Janeiro e São Paulo promoviam o êxodo nordestino.
Brasil – 7 min. – B&P - 2007

A Morte dos Idiotas, de Ricardo Rodrigues
Primeira parte da trilogia O triunfo dos boçais, na qual o funeral da idiotia é enfim consumado e celebrado no planeta Terra.
Brasil – 10 min. – Cor – 2007

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Pátio interno do Arquivo Nacional
20:30h – Exibição:
Cinejornal NO-DO
Trechos das edições inaugural e comemorativa de dois anos do cinejornal.
Espanha – 10 min. – B&P – 1941/43

A Montanha dos Sete Abutres (Ace in the hole), de Billy Wilder
Uma metáfora da imprensa em que o diretor tenta apresentar alguns aspectos controversos do jornalismo.
EUA – 110 min. – B&P – 1951

Dia 14 de setembro de 2007 – Sexta-Feira

MOSTRA CINEMATOGRÁFICA INFORMATIVA

Local: Auditório do Arquivo Nacional
10:00h - Exibição:
Cinejornal Informativo, da Agência Nacional
A remoção de favelas para conjuntos habitacionais; militares patrulham as 200 milhas da costa brasileira.
Brasil – 10 min. – Cor – 1971

A Era do Rádio (Radio Days), de Woody Allen
No início da Segunda Guerra Mundial, em Nova York, uma família simples judia tem seus sonhos inspirados nos programas de rádio da época. Em virtude de ainda não existir televisão, as famílias se reuniam ao redor do rádio e cada membro tinha seu programa preferido.
EUA – 85 min. – Cor – 1987

12:00h – Exibição:
Cinejornal Revista da Tela – Produção César Nunes
Brasil – 15 min. – B&P – 1951-54

Um Rosto na Multidão (A face in the crowd), de Elia Kazan
Ter passado uma temporada na cadeia não serve de lição para um guitarrista, que fica ainda mais famoso e igualmente baderneiro. Uma repórter de rádio segue seus passos.
EUA – 125 min. – B&P – 1957

FÓRUM DE DEBATES

Local: Auditório do Arquivo Nacional
Sessão de resgate da memória do jornal Correio da Manhã
14:00h – Mesa com representantes da Imprensa

Participantes:
- Sybil Bittencourt
- Carlos Heitor Cony
- Marcus Gasparian
- Arthur Poerner
- Maurício Azedo
- Jaime Antunes da Silva
Mediação: Celina Vargas do Amaral Peixoto

Haverá a exibição de trecho do cinejornal de Alberto Botelho, de 1925, em que são mostrados aspectos do centro da cidade do Rio de Janeiro e as fachadas dos edifícios sedes dos jornais O Paíz e Jornal do Brasil, entre outras cenas urbanas.

HOMENAGEM

17:00h - Sessão especial em homenagem ao crítico de cinema Moniz Vianna

Palestra de Ruy Castro sobre o homenageado

Sessão Especial – O filme escolhido por Moniz Vianna.
18:30 – Exibição:
O Homem que Matou o Facínora (The Man Who Shot Liberty Vance), de John Ford
Um advogado, desacostumado com a violência que reina no Velho Oeste, decide livrar uma cidade da influência de um perigoso bandido.
EUA – 124 min. – B&P – 1962

NOITE DE ENCERRAMENTO

Local: Pátio interno do Arquivo Nacional
20:30h – Apresentação do show Plantão de Notícias – Primeira parte, de Maurício Menezes

21:00h - Cerimônia de Entrega dos Prêmios aos vencedores da Mostra Competitiva – Categoria Curta Metragem

21:30h – Apresentação do show Plantão de Notícias – Segunda parte, de Maurício Menezes

22:00h - Cerimônia de Entrega dos Prêmios aos vencedores da Mostra
Competitiva – Categoria Longa metragem

22:30h – FESTA DE ENCERRAMENTO, com o DJ Marco Dreer.

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]