Documentário Vila do Céu estréia dia 25 ::  | Curta o Curta

Documentário Vila do Céu estréia dia 25

Por Guilherme Whitaker em 23/03/2002 14:55


Documentário Vila do Céu estréia dia 25



Já é reconhecido em todo país a existência de um mercado de produção de curta-metragens em ascenção no Estado de Minas Gerais. Pensando nisso, a Associação Curta Minas vem, há mais de um ano, organizando o Programa Curta Circuito, abrindo, dessa maneira, mais um espaço para os cineastas mineiros mostrarem seus trabalhos; e também para o público da capital conferir em primeira mão os novos curtas realizados não só em Minas, como em todo país.

O Programa Curta Circuito, organizado pela Associação Curta Minas, com apoio da Fundação Clóvis Salgado, apresenta na próxima segunda-feira, 25 de março, às 19h30, no Cine Humberto Mauro, Palácio das Artes, o lançamento do curta Vila do Céu, do cineasta mineiro Dêniston Diamantino. Após a sessão haverá bate-papo com o diretor.

Vila do Céu - Documentário - 2002 - Digital

Direção: Dêniston Diamantino

Produção: Opará Vídeos


Sinopse

O sol, a lua, o eclipse e as estrelas são elementos cósmicos freqüentes no imaginário popular da gente que vive no interior do Brasil. O documentário "Vila do Céu", gravado nos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Ceará, registra crenças, curiosidades e superstições que existem a respeito da influência dos astros no cotidiano do homem sertanejo.

A Mostra Curta Circuito acontece toda segunda-feira no Cine Humberto Mauro,
Beagá, às 19h30.


Maiores informações :
ASSOCIAÇÃO CURTA MINAS (ABD/MG)
http://web.archive.org/web/20040309102032/http://www.curtaminas.com.br/
curtaminas@vsnet.com.br
55 *** 31 3271-1330


--------------------------------------------------------------------------------



Palácio das Artes
Um dos maiores centros culturais da América Latina, o Palácio das Artes situa-se em local privilegiado de Belo Horizonte, ocupando uma área de 18 mil metros quadrados de frente para a Avenida Afonso Pena, a principal da cidade. Seu conjunto arquitetônico é composto pelo Grande Teatro (1.707 espectadores); Teatro de Arena João Ceschiatti (142); Sala Juvenal Dias (168); Cine Humberto Mauro (158); três Galerias de Arte (Grande Galeria, Genesco Murta e Arlinda Corrêa Lima), Espaço Multimeios, além de áreas para a convivência, prédios da administração, salas de ensaior e o Centro de Formação Artística (CEFAR), com escolas de música, teatro e dança. Possui oficinas próprias e setores para a construção de cenários e figurinos, além de um oficina de luteria, que faz reparos e fabrica diversos instrumentos musicais.

Cine Humberto Mauro
Centro de difusão do cinema, o Cine Humberto Mauro é uma referência obrigatória na história cultural de Minas. Ao longo de suas duas décadas de existência, vem contrinuindo de fomra decisiva para a formação de público para a sétima arte, exibindo filmes que não se enquadram no dito "circuito comercial" e mostras representativas dos mais diversos pólos da produção cinematográfica mundial. Em sua programação destacam-se também os filmes nacionais e de
curta-metragem. Promove regularmente festivais, lançamentos e, como atividades paralelas, debates, palestras e seminários,em consonância com a programação.
Recentemente reformado e reequipado, o Cine Humberto Mauro oferece 158 lugares e sistemas de projeção e sonorização de qualidade (16mm, 35mm, S-VHS, VHS).


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]