Encontros com o Cinema Brasileiro divulga selecionados  ::  | Curta o Curta

Encontros com o Cinema Brasileiro divulga selecionados

Por Curta o Curta em 21/07/2014 12:21


O programa Encontros com o Cinema Brasileiro, iniciativa da ANCINE em parceria com o Ministério das Relações Exteriores - MRE, anunciou nesta sexta-feira, 18 de julho, os longas-metragens selecionados pelo diretor artístico do Festival Internacional de Cinema de Roma, Marco Müller, para exibição em sessões exclusivas, de 24 a 26 de julho, no Museu da Imagem e do Som - MIS, em São Paulo.

 

Diretor artístico solicitou aumento da lista de produções selecionadas

 

Inicialmente, a lista traria doze longas-metragens brasileiros independentes recém-finalizados ou em processo de finalização. Devido à alta qualidade dos materiais recebidos, Marco Müller fez um pedido especial à ANCINE para que pudesse assistir a dezesseis filmes. O diretor artístico do Festival Internacional de Roma selecionou os seguintes títulos, entre os 58 inscritos nesta sexta edição do programa:

 

- "Amador", de Cristiano Burlan (Bela Filmes)

- "Até que a casa caia", de Mauro Giuntini (Plateau Produções)

- "Beleza", de Jorge Furtado (Casa de Cinema)

- "Boa sorte", de Carolina Jabor (Conspiração)

- "Campo de jogo", de Eryk Rocha (Aruac Filmes/Mutuca Filmes/Filmegraph)

- "Deserto azul", de Eder Santos (Trem Chic)

- "A despedida", de Marcelo Galvão (Gatacine)

- "Dromedário no asfalto", de Gilson Vargas (Pata Negra)

- "Getúlio", de João Jardim (Copacabana Filmes)

- "A luneta do tempo", de Alceu Valença (Focus Films)

- "Obra", de Gregorio Graziosi (Superfilmes)

- "O outro lado do paraíso", de André Ristum (Mercado Cultural)

- "Quando eu era vivo", de Marco Dutra (RT Features)

- "Trago comigo", de Tata Amaral (Tangerina Entretenimento)

- "Permanência", de Leonardo Lacca (Cinemascópio)

- "Teobaldo morto, Romeu exilado", de Rodrigo de Oliveira (Pique-Bandeira Filmes/Galpão Produções)

 

Os filmes foram selecionados diretamente pelo curador, a partir dos teasers e das informações fornecidas pelas inscrições. Sete dos dezesseis longas-metragens são realizados por produtoras associados ao Programa Cinema do Brasil, parceiro dos Encontros com o Cinema Brasileiro.

 

A sexta edição do programa teve início nesta quinta-feira, 17 de julho, com a chegada ao Brasil de Raul Nino Zambrano, curador do Festival Internacional de Cinema Documentário de Amsterdã - IDFA, na Holanda. Na próxima semana, a ANCINE vai divulgar a lista de obras selecionadas pelo diretor do Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano de Havana, em Cuba, Ivan Giroud, que encerrará esta sexta edição do programa assistindo a sessões no Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB, no Rio de Janeiro, entre os dias 30 de julho e 1º de agosto.

 

Como funciona o Programa Encontros com o Cinema Brasileiro

 

O programa Encontros com o Cinema Brasileiro foi planejado levando em conta o calendário de realização dos festivais, aumentando as chances de participação dos filmes brasileiros e, consequentemente, a inserção internacional do nosso cinema. Esta é a segunda vez que representantes dos festivais de Roma, Havana e do IDFA participam do programa, que traz ao Brasil os curadores dos principais festivais internacionais de cinema do mundo, para assistir a filmes brasileiros independentes inéditos.

 

Para mais informações sobre o programa Encontros com o Cinema Brasileiro, clique aqui.


Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta

[confira outras notícias]