Estética Central no Oi Futuro ::  | Curta o Curta

Estética Central no Oi Futuro

Por Guilherme Whitaker em 02/03/2010 14:48


ESTETICA CENTRAL - FESTIVAL DE VIDEOS DE CELULAR E CAMERAS DIGITAIS

Até 28 de março acontece no Oi Futuro do Flamengo a exposição de vídeos do projeto “Estética Central”. O "Estética Central - Festival de Vídeos de Celular e Câmeras Digitais" foi produzido por jovens formados do projeto Oi Kabun! (de Gringo Cardia) que realizou um laboratório no final de 2009 oferecendo gratuitamente ao público da Central do Brasil todo o suporte tecnológico para a produção destes vídeos, desde a captação das imagens até a edição e a postagem no site. Para a realização foi construída uma estrutura, o Núcleo Criativo, que contou com três ilhas de edição, cinco celulares com câmeras, recepcionistas, monitores de vídeo, editores, além de toda a diversidade estética da Central e muita inspiração.

Ao todo 200 participantes produziram e finalizaram 88 vídeos, com duração entre 15 e 90 segundos. O clima de entusiasmo criativo gerou peças surpreendentes, com instigantes recortes do ambiente e dos personagens da Central do Brasil. Por meio do voto popular e da curadoria, foram escolhidos os 50 melhores vídeos que serão exibidos a partir do dia 22/02 nos monitores instalados no Oi Futuro do Flamengo.

Para a seleção dos vídeos vencedores, a curadoria estabeleceu os seguintes critérios:
- A abordagem original da estética visual e sonora da Central do Brasil;
- Experimentação estética, narrativas inusitadas, anti-narrativas. Vídeo autoral;
- Exploração das potencialidades do suporte proposto (celular).

“Nossa intenção em promover o uso de tecnologias mais acessíveis à população teve o objetivo de desmistificar a produção audiovisual através da descoberta das inúmeras possibilidades encontradas nas mídias alternativas. Com essa democracia audiovisual, o público pode apropriar-se dos meios tecnológicos para representar sua subjetividade e promover a articulação e a interação entre as pessoas e seu meio”, destaca Emanuel de Jesus, um dos curadores do projeto.

Pessoas comuns tornaram-se produtores de informação, movendo-se, interferindo em sua realidade e, assim, re-escreveram o conceito do Festival. O público torna-se curador ao escolher compartilhar seus vídeos com o Festival Estética Central. O Festival, por sua vez, torna-se público ao assistir a tudo que foi realizado por seus co-curadores. A Equipe Estética Central procurou estar o mais próximo possível do seu público, participando ativamente de seu processo de produção, estimulando ideias e promovendo iniciativas. “Visitamos instituições municipais, estaduais, ONGs e outros espaços culturais para não só divulgar nossa proposta, como também para integrar os participantes ao nosso Núcleo Criativo”, reforça Emanuel.

A escolha da Central do Brasil foi decisiva para a experimentação estética desenvolvida. A locação teve o intuito de reforçar a identidade através da valorização da riqueza não só do patrimônio humano, mas também do patrimônio histórico. O projeto autoral Estética Central apertou o rec em 2006 por Stânio Soares (professor da Kabum), em parceria com Emanuel de Jesus, Fabiano Mixo, Jaime Areias, João Caldas, Nilo Ventura, Marcelo Antônio, Marcio Belão, Tadeu Lima e Tainara Ferreira, todos participantes da Escola de Arte e Tecnologia OiKabum!Rio.

O projeto foi patrocinado pela lei do ICMS da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e pelo Oi Futuro. Foi com o apoio desses e outros grandes parceiros que essa brava equipe realizou o projeto Estética Central e agora exibe os vídeos selecionados no Oi Futuro do Flamengo.

---

DEPOIMENTOS:

“Em ambientes onde o público e o privado misturam-se, as novas tecnologias e ferramentas sociais possibilitam um número impressionante de vídeos domésticos. São relatos e registros que expressam quem somos, compartilham memórias ou mesmo remixam outras obras e as personalizam. Tudo isso para então elogiar uma iniciativa como o festival Estética Central” (Rosane Svartman – cineasta)

“O local escolhido não poderia ser melhor. A Central do Brasil é a metáfora do que somos e do que podemos vir a construir do melhor e do pior de nosso país.A Central do Brasil é o epicentro da diversidade cultural dos nossos muitos “Brasis e a Estética Central, ao adentrar nesse templo com um discurso contemporâneo, misturou arte com mobilidade, tecnologia com curiosidade, simplicidade com sabedoria” (Batman Zavarage - curador do projeto Multiplicidade)

“A grande sensação que um Festival como este deixa é a capacidade de criar livremente e logo depois poder espalhar tal criação para o mundo. Além disso, deixa também a sensação de independência diante de grandes empresas comunicacionais, que trazem várias imagens das mesmas figuras, que entopem nossos ouvidos de informações frias, que para nada servem, e viciam nossos olhos em suas repetições” (Manaíra Carneiro - Cineasta)

“Os recursos e possibilidades ampliam-se cada vez mais, a autonomia para criação também aumenta, mas tão importante quanto, aumentam as possibilidades de troca e de colaboração. Ainda assim, o acesso para novas tecnologias e à internet no Brasil têm muito a evoluir. E nesse sentido, uma iniciativa como o Estética Central é fundamental ao apresentar ao “usuário-passageiro” a possibilidade de ser um “autor-condutor”. Que venham outros Estéticas, centrais mas também periféricos, fora do eixo, invisíveis, ocultos. Diversos e brilhantes” (Leonardo Machado - Coordenador de Novas Mídias do Canal Futura)

---

SERVIÇO:
EVENTO: Estética Central – Festival de Vídeos de Celular e Câmeras Digitais
LOCAL: Oi Futuro - Flamengo (Rio de Janeiro)
ENDEREÇO: Rua Dois de Dezembro, 63 - Metrô Largo do Machado
DATA: Abertura na segunda-feira dia 22 de fevereiro. O Festival vai até o dia 28 de março
HORÁRIOS: de 11h ás 20h (Entrada Franca)
INFORMAÇÕES: http://www.oifuturo.org.br/ 21 3131-3060

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Binômio Comunicação
Marcelo Gusmão – 21.7821-9509 binomio.imprensa@gmail.com
Joca Vidal – 21.8798-6268 jocavidal@gmail.com

 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]