Filmes nacionais participam de festivais no Uruguai e em Portugal ::  | Curta o Curta

Filmes nacionais participam de festivais no Uruguai e em Portugal

Por Curta o Curta em 02/12/2013 13:15


A sétima edição do Atlantidoc - Festival Internacional de Cinema Documentário do Uruguai, que acontece entre os dias 7 e 14 de dezembro, na cidade uruguaia de Atlantida, e o 17º Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira, de 1º a 8 de dezembro, em Portugal, receberão juntos seis filmes brasileiros com a ajuda do Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais da ANCINE. O programa auxilia com serviços e recursos financeiros filmes nacionais selecionados para 77 festivais no exterior e concede apoios diversos de acordo com as categorias dos eventos.

Para o Atlantidoc, evento dedicado ao gênero documentário, o longa-metragem em competição "Revelando Sebastião Salgado", de Betse de Paula, recebeu apoio financeiro para a promoção do filme. Além dele, são mais nove filmes brasileiros na programação: os longas "Quebrando Tabu", de Fernando Grostein Andrade; "As Iracemas", de Alexandre Pires Cavalcanti; "Paisagem Carioca", de Marco Antonio Pereira; "A linha fria do Horizonte", de Luciano Coelho; "Mais Náufragos que Navegantes", de Guillermo Planel; e "Sopro", de Marcos Pimentel; e os curtas "Tubarão", de Leo Tabosa; "Açucena", de Vinícius Soares; e "Baque Solto em Buenos Aires", de Angelo Lima.

Ainda mais extensa é a participação brasileira no Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira. Irão ao evento apoiados pela ANCINE os curtas-metragens "A Última Fronteira", de Diogo Faggiano (apoio financeiro); "O Sol Pode Cegar", de Toti Loureiro (apoio financeiro); "Os Irmãos Mai", de Thais Fujinaga (apoio financeiro e envio de cópia); "Sanã", de Marcos Pimentel (apoio financeiro e envio de cópia); e o longa "A Floresta de Jonathas", de Sérgio Andrade (apoio financeiro e confecção da cópia legendada).

Também em competição em Santa Maria da Feira estarão os curtas "Lula e Cinara", de Clara Linhart; "Malária", de Edson Oda; "No Coração do Viajante", de Melissa Dullius e Gustavo Jahn; "Parque Soviético", de Karen Black; "Quarto Vazio", de Filipe Matzembacher; "Terno", de Gabriela Amaral Almeida e Luana Demange; e "Tremor", de Ricardo Alves Jr; e os longas "Cores", de Francisco Garcia; e "Lura", de Luis Brás.

O filme escolhido para representar o Brasil na disputa por uma vaga entre os finalistas da categoria Melhor Filme em Língua Estrangeira na próxima edição do Oscar, "O Som ao Redor", de Kleber Mendonça Filho, foi o selecionado para a Sessão de Abertura do evento português. Para a Sessão de Encerramento, a honra caberá ao longa "Olho Nu", de Joel Pizzini, filme-ensaio que retrata a vida e a obra do cantor Ney Matogrosso. Finalizando a participação brasileira, o festival traz ainda Sessões Especiais de "Tainá - a origem", de Rosane Svartman; "Vitrola", de Charly Braun; e "O Poder dos Afetos", de Helena Ignez.

Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais da ANCINE é parte da política da Agência voltada para a divulgação do cinema brasileiro, e concede apoios diversos a produções oficialmente convidadas a participar de 77 mostras e festivais no exterior. As regras para a concessão de apoio estão dispostas no Regulamento do Programa. Solicitações de informações e apoio devem ser enviadas por e-mail para programa.apoio@ancine.gov.br

Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]