Fronteira - Festival do Filme Documentário e Experimental, em Goiânia ::  | Curta o Curta

Fronteira - Festival do Filme Documentário e Experimental, em Goiânia

Por Curta o Curta em 28/07/2014 14:35


Fronteira - Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental, que acontece entre os dias 30 de agosto e 7 de setembro, em Goiânia (GO), divulgou a seleção de sua primeira edição na última quarta-feira, dia 23 de julho. O evento promove a reflexão sobre produções percebidas como "zonas de fronteira" dentro dos gêneros documentário e experimental, sem distribuir suas obras em eixos temáticos ou estéticos, partindo da premissa de que filmes "nunca são uma coisa ou outra".

 

Seleção oficial


A seleção oficial apresenta 18 longas-metragens e 19 curtas de diversas partes do globo - Alemanha, França, Argentina, Itália, Espanha, Marrocos, Nepal, Colômbia e Estados Unidos, entre outros. O Brasil será representado pelos longas "A Vizinhança do Tigre", de Affonso Uchoa; "Batguano", de Tavinho Teixeira; e "Branco sai, preto fica", de Adirley Queirós; e pelos curtas "Casa Forte", de Rodrigo Almeida, e "O Porto", de Clarissa Campolina, Julia De Simone, Luiz Pretti e Ricardo Pretti.

 

Mostras especiais

Esta edição trará as mostras especiais Cinema da Transformação: percursos de Andrea Tonacci, que contará com uma seleção de oito obras do cineasta italiano radicado no Brasil; Câmera Doc: o olho no mundo e seus conflitos, com filmes que mostram o comprometimento político dos seus realizadores com suas realidades locais; Clássicos do cinema experimental... e algo mais; Cineastas na fronteira, que exibirá quatro filmes do realizador Marcelo Pedroso; Cadmus e o Dragão, que conta com sete produções realizadas na cidade de Goiânia; Hambre, que apresenta sete filmes latino-americanos (entre eles, o brasileiro Mauro em Caiena", de Leonardo Mouramateus); a mostra de produções da Experimental Film Society; e Harun Farocki: cinema que expande.

 

Em setembro, o evento levará as mostras Terra e Liberdade e Fronteira na Aldeia para assentamentos e aldeias indígenas do estado de Goiás.

 

Ações de formação

Além das mostras, o evento promove a palestra "Uma livre história do cinema", com o italiano Toni D’Angela, editor-chefe da da revista de cinema La Furia Umana; um workshop e um programa de residência em crítica de cinema.

O workshop "Captação de som em documentários: uma introdução à microfonagem", ministrado pelo sound designer Célio Dutra, acontecerá entre os entre os dias 4 e 6 de setembro. Serão reservadas 20 vagas para a comunidade, e a seleção será feita por análise de curriculos e cartas de intenção dos postulantes.

Já a Residência Estado Crítico propõe a discussão sobre problemas de crítica de cinema, de arte e de cultura visual, e levará os participantes a produzir textos diariamente. Os encontros, para cinco selecionados, acontecerão entre os dias 1º e 3 de setembro, na parte da manhã. A seleção para a residência estará aberta a partir do dia 28 de julho, pelo site do Fronteira.

Para mais informações, acesse o site oficial do Fronteira - Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental .


Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]