III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO ::  | Curta o Curta

III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO

Por Guilherme Whitaker em 06/03/2001 10:42


III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO


(Textos oficiais do evento)

O Super 8 nos últimos anos tem conquistado seu espaço entre os realizadores dos mais diversos níveis e propostas.

Está servindo de escola não somente para aqueles que se interessam em ingressar na carreira cinematográfica, mas surge também na publicidade e para os videomakers em geral, como suporte para experimentação, além de ser uma alternativa para quem utiliza esta bitola como uma forma de expressar seu ponto de vista atraído pela textura e o resultado visual que o filme Super 8 pode proporcionar, mesmo finalizado em vídeo.

Portanto, acompanhando este contexto, o Núcleo de Cinema Tela Em Transe, cuja proposta é fomentar o audiovisual brasileiro, visa fortalecer a mostra de filmes em Super 8, realizada anualmente no Espaço Unibanco de Cinema em São Paulo. Na sua terceira edição, o evento passa a se chamar III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO e altera sua data de realização para o mês de março onde será integrado ao CIRCUITÃO DO SUPER 8, um circuito composto por mostras e festivais nas cidades de São Paulo e Londrina.

Com isto a meta é atingir a valorização das realizações neste formato, que independentemente da forma em que foram finalizadas, está revelando expressões e pontos de vistas, fato relevante para o enriquecimento da cultura de um país.

Em 2001 o III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO será competitivo, entregando aos premiados um troféu para cada categoria em competição. Serão buscadas parcerias para outras formas de premiação, visando sempre o incentivo à produção em Super 8.

O júri será composto por três pessoas, que serão convidadas pela organização do evento considerando suas participações não somente no audiovisual como também na cultura em geral.

O troféu será entregue para as seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Som, Melhor Interpretação e Melhor Filme-Júri Popular. Também serão concedidas duas menções honrosas definidas pelo júri oficial.

Local de realização do festival:
Espaço Unibanco de Cinema – São Paulo / SP
Datas: 09, 10 e 11 de março de 2001.
Horário: 22h.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

SEXTA-FEIRA - 09/03

1) IMPRESSÕES DE UM OLHAR (Experimental, cor/PB, 10minutos, São Paulo, 2000).

Direção: Afonso Bernarde, Antônio Ferrari, Flávio Yamashita, Rogério de Andrade e William Hinestrosa. Sinopse: Documento experimental abordando de diversas ópticas a interação entre a cidade de São Paulo e as obras do artista plástico Ernesto Piva.

2) SÓ ALGUMAS CENAS PARA MOSTRAR PARA VOCÊS (6 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Rodrigo Portela. Sinopse: Quatro cenas, que aparentemente, não têm nada haver uma com a outra, juntas têm um único objetivo: despertar alguma sensação no público.

3) DRLS!? (cor, 9minutos, SP, 1999) Direção: O Acaso. Sinopse: Após performance durante o Festival de Ouro Preto, malucos se reúnem no cume de um morro em um moinho semi-destruído para torrar três cartuchos de Super-8.

4) JUANITO (Animação, cor, 3 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Rafael e Rodrigo Beck Lenz.

5) 500 ANOS DE ESCRAVIDÃO (cor, 2 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Caio Jobim e Tiago Vasconcellos. Sinopse: Explode a simbologia máxima do capitalismo nacional em protesto contra os 500 anos de escravidão.

6) O DIA ANTERIOR (cor, 3 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Tarcísio Lara Puiati. Elenco: Kike Barbosa e Ligia Rigo. Sinopse: Naquela manhã, a Morte ligou para Adamastor.

7) NOVÍSSIMO TESTAMENTO (cor/PB, 6 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Cleber Weissheimer. Elenco: Cláudio Renée, Graziela Schaefer, Larissa Maciel. Sinopse: Desiludido com a sociedade, homem tenta precipitar a volta de Jesus.

SÁBADO - 10/03

1) MUDANÇA DE ESTRATÉGIA (cor, 9 minutos, São Paulo, 2001). Direção: William Hinestrosa. Elenco: Lorena Zabaleta. Sinopse: Um elefante incomoda muita gente, o mesmo elefante fumando incomoda muito mais.

2) ENGANO (cor, 4 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Luiz Roque Filho. Elenco: Ramon Antoniazzi, Angelita Bento, Mariana Xavier, Cláudio Perotto, Ana Paula Flores, Valesca Vargas. Sinopse: Um garoto recebe em sua casa sucessivas chamadas telefônicas para o número errado.

3) SUPER 8 CONTRA O GIGANTE ELETRÔNICO (cor, 3 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Tiago Vasconcellos. Sinopse: As aventuras do Super 8, herói que luta incansavelmente contra o Gigante Eletrônico, manipulador e hipnotizador da sociedade do terceiro milênio.

4) GEÓIDES (cor, 8 minutos, São Paulo, 2000). Direção: Sérgio Concílio. Elenco: Lélia Abramo, Maracy Mello, Marcia Del Mónaco, Ricardo Reis. Sinopse: A Terra é um Geóide... e gira.

5) BANDA 1 (cor, 3 minutos, Porto Alegre, 1999). Direção: Leandro Rangel Sinopse: Uma volta pela cidade.

6) SE 7 (Animação, cor, 6 minutos, Porto Alegre, 2000). Direção: Gustavo Brandau. Sinopse: Em um set de filmagem, acontecem situações típicas da produção cinematográficas.

DOMINGO - 11/03

1) CINEMEANDO NO GARAGEM (PB, 13 minutos, RS, 1999). Direção: Gustavo Spolidoro.

2) T.P.D. (PB, 5 minutos, RS, 1998). Direção: Gustavo Spolidoro. Sinopse: Em uma sala são mostradas - somente em travellings pela direita - quatro criaturas sofrendo com a angústia e o desespero que o calor e a Igreja Universal podem causar.

3) CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO


REALIZAÇÃO

O III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO é uma iniciativa do Núcleo de Cinema Tela Em Transe, entidade sem fins lucrativos fundada em 1997 com o objetivo de estudar todos os aspectos voltados ao cinema e à sua realização, além de promover mostras, exibições de filmes, incentivar a criação de roteiros, realizar filmes em qualquer bitola e manter um acervo histórico e de bens adquiridos.

O Núcleo Tela Em Transe tem uma importante função aglutinadora : pessoas interessadas em desenvolver atividades cinematográficas encontram na entidade um espaço para troca de idéias, experiências e atuação prática, principalmente na realização de filmes. Nesses três anos de existência, diversos curtas metragens em Super 8mm, 16mm, 35mm e vídeo foram realizados com participação de membros do núcleo, e atualmente outros estão em fase de produção ou pré-produção, suprindo a constante demanda para festivais e mostras.

O diretor atual do Núcleo de Cinema Tela Em Transe é Rogério de Andrade e a organização do III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO é composta pelos membros : Aleksandra Pereira, Arlindo de Almeida Jr, Regina Wypych e William Hinestrosa.
III FESTIVAL DE CINEMA SUPER 8 DE SÃO PAULO

Alameda Campinas, 960 ap.41
Jd. Paulista São Paulo – SP
CEP: 01404-001

Telefones:
(11) 5539-7222 ou 9803-7583 c/ Aleksandra Pereira.
(11) 4122-1251 c/ Regina Wypych.
(11) 9106-3644 c/ Arlindo de Almeida Jr.
(11) 3884-6062 c/ William Hinestrosa.

Fax: (11) 4122-1251

e-mail: mostrasuper8@ig.com.br


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]