III Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA) ::  | Curta o Curta

III Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA)

Por Guilherme Whitaker em 30/03/2001 11:39


II Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA)
Recebe filmes até 16 de abril em Goiás


Prêmio Estímulo do Governo do Estado
Vai premiar os dois melhores filmes locais com 40 mil reais cada

(textos oficiais do evento)

O Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental ( III FICA ) , que este ano será realizado de 13 a 17 de junho de 2001, está com suas inscrições abertas de 1º de março a 16 de abril. Realizado anualmente pelo Governo do Estado, através das Agências de Cultura e do Meio Ambiente, essa
terceira edição do certame que já tem reconhecimento mundial novamente está sob a coordenação do cineasta João Batista de Andrade, que aceitou o convite do governador Marconi Perillo, a exemplo do I FICA. Tal como nas duas primeiras edições, o III FICA se realizará na histórica cidade de Goiás, em vias de se tornar "Patrimônio Cultural da Humanidade".

O FICA, lançado em 1999, conseguiu um grande sucesso desde sua primeira edição, com cerca de duzentas inscrições e dezoito países. Em sua segunda edição, no ano de 2.000, nosso Festival cresceu ainda mais e agora, nessa primeira edição do terceiro milênio, temos certeza de uma participação ainda maior, consolidando definitivamente o FICA como um grande festival internacional.

Para este ano, de acordo com o cineasta João Batista de Andrade, a programação, além dos filmes e vídeos a serem exibidos nas mostras competitiva e paralelas, traz um grande número de eventos ligados ao cinema e ao meio ambiente. Dentre estas atrações, pode-se destacar o encontro de documentaristas e curtametragistas a ser promovido pela ABD-GO e a Associação de Cinema da Cidade de Goiás, que deverá contar com as presenças dos cineastas Eduardo Coutinho, Sílvio Tendler e Vladimir Carvalho; workshop
"Crianças e Cinema"; o Festivalzinho, com filmes para crianças; workshop de Roteiro, a ser ministrado pelo cineasta Antônio Carlos Fontoura; o Fórum de Política Cinematográfica, organizado pela ABD-GO; o Fórum das Escolas de Cinema, reunindo representantes de São Paulo, Brasília, Rio e Paraná; encontro com as indústrias cinematográficas (Labocine, Mega, Fuji, Quanta e CTAV/Funarte; encontro do Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro (CPCB), inclusive com a criação do núcleo em Goiás; mostra paralela do cinema goiano; mostra paralela de clássicos do cinema ambiental; Fórum Internacional do Meio Ambiente, que discutirá o problema do lixo, sob a coordenação da Agência Ambiental.

Os filmes e vídeos em competição poderão ser vistos à tarde e à noite no Cine Teatro São Joaquim. Após as projeções, o público será sempre brindado com shows musicais destinados a todas as tribos. É importante lembrar que os filmes devem tratar de temas ligados à questão ambiental, seja na forma documental, reportagens ou ficção. Para a seleção, a visão do que é ambiental é ampla, permitindo selecionar filmes que tenham uma aproximação com a questão da ecologia, ou permitam uma interpretação ecológica, para não nos prendermos a qualquer redução militante do cinema.

As inscrições para o III Fica estão abertas de 1º de Março a 16 de Abril/2001. Da Competição Oficial poderão participar filmes/vídeos produzidos a partir de janeiro/2000. O III FICA é um festival competitivo, com muitos e bons prêmios em dinheiro para longas metragens, documentários, médias e curtas metragens e séries, além dos prêmios especiais e paralelos.

Segundo o Cineasta João Batista de Andrade, "estamos também interessados em filmes clássicos de visão ambiental para mostras, além dos novos para a competição oficial. Estamos interessados também em estabelecer contatos e troca de informações". Para o cineasta e coordenador do III Fica, o festival este ano terá uma atenção toda especial com a questão do cinema brasileiro e, em particular, o cinema goiano que vem despontando desde o I FICA. Basta dizer que, de 1999 para cá, vimos surgir uma nova geração de cineastas e videomakers em Goiás, que, vislumbrando a chance de ser seus trabalhos na vitrine do FICA, partiram para a produção, ainda que as condições para tal aqui ainda sejam precárias financeiramente. Mas o Governador de Goiás, Marconi Perillo, demonstrando a sua preocupação em fomentar a cultura cinematográfica no Estado, anunciou o Prêmio Estímulo para a Produção Goiana, no valor de R$ 80 mil, que será dividido em dois prêmios de R$ 40 mil para que os concorrentes goianos que apresentarem a duas melhores obras no III FICA possam realizar novas produções; ou seja, dois curtas metragens 35 mm".

3º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental
Incrições: até 16 de abril
Informações: 62-229 3745; 229 1306;
e-mail: fica@fica.art.br


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Murillo Pascoal 30/03/2018 15:39
Boa tarde, no ano de 2001 na terceira edição, eu estudava na escola municipal Elídia Masquieto Santo e a escola foi convidada para fazer um filme um curta, sobre o meio ambiente, e eu fui um dos autores a contra senar, então desde de apoca nunca mais ouvi falar deste filme, eu gostaria de saber se a possibilidade de conseguir com vcs uma cópia do filme. Desde já fico aguardando um parecer.
Responder

Jornal do Curta


[confira outras notícias]