Inscrições abertas para programa de residência de roteiro na Colômbia ::  | Curta o Curta

Inscrições abertas para programa de residência de roteiro na Colômbia

Por Curta o Curta em 06/10/2014 16:25


  A fundação colombiana Algo em Común recebe, até o dia 19 de outubro, inscrições para seleção no programa Espacio en Común: Residência Iberoamericana de Roteiro. A residência acontece na cidade de Cali, na Colômbia, durante cinco semanas, entre os meses de fevereiro e março de 2015. O objetivo é fortalecer os roteiros de seus participantes, deixando-os prontos para desenvolvimento e produção; desenvolver os residentes em suas aptidões para apresentação, captação financeira e negociação de seus projetos; e possibilitar contatos e alianças com produtores e profissionais da região.

 

Serão escolhidos oito roteiristas - três colombianos, quatro de outros países ibero-americanos (incluindo o Brasil) e um que tenha passado pela oficina de roteiro de Cochabamba, no âmbito da 4ª edição do Bolivia Lab. Podem concorrer à participação no programa profissionais com experiência de trabalho ou acadêmica na área audiovisual, e que estejam trabalhando em seus primeiros ou segundos longas de ficção, tendo finalizado o roteiro (pelo menos em sua primeira versão). Caso o filme conte com mais de um roteirista, um representante deve ser escolhido para a inscrição. Os interessados devem se inscrever pelo site do projeto.

 

No que consiste o programa

 

O programa  oferecerá aos participantes dois laboratórios de narrativa, escrita criativa e desenvolvimento de projeto, ministrados por três professores; três masterclasses para os residentes, com a presença de público local; encontros com profissionais locais da área de audiovisual; espaço para ministrar uma oficina curta aos coletivos de cinema comunitário da cidade; inclusão do perfil do residente em um banco de projetos em desenvolvimento; produção de um vídeo sobre o projeto do participante; um encontro com produtores locais e público especializado; e acesso aos espaços de trabalho coordenados com a rede de bibliotecas públicas da cidade, centros culturais e universidades parceiras.

 

Formas de pagamento

 

O custo do investimento é de 1,6 mil dólares para as cinco semanas, mas a Fundação Algo en Común selecionará um bolsista que pagará metade do valor. Para pleitear a bolsa, é necessário apresentar uma carta de intenção, demonstrando interesse no auxílio. A Fundação também se dispõe a emitir cartas de referência e documentos necessários para os residentes que se disponham a buscar outros tipos de apoio, bem como oferecer diferentes formas de pagamento que possam viabilizar a participação.

Para mais informações, acesse o site da Fundação Algo em Común.

Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta



[confira outras notícias]