Inscrições para o 1º Festival do Júri Popular ::  | Curta o Curta

Inscrições para o 1º Festival do Júri Popular

Por Guilherme Whitaker em 08/12/2008 09:38


Com o intuito de integrar a opinião de públicos de diversos lugares do Brasil e de levar o curta-metragem a platéias que teriam dificuldades ao acesso do formato, surge um festival diferente.

O evento acontece de 02 a 08 de fevereiro em 18 capitais simultaneamente: Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Vitória, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Goiânia, Aracaju, Macapá, Fortaleza, São Luís, João Pessoa, Teresina e Belém.

Todas as infos você acha em www.festivaldojuripopular.com.br

A idéia não é trazer mais um novo festival com um recorte qualquer ao mar de eventos desse tipo que abraçam o cinema brasileiro atualmente. A intenção aqui é apresentar uma nova fórmula do público interagir com o que assiste e se sentindo parte ativa do festival.

O 1º Festival do Júri Popular 2009 é um festival competitivo de curtas sem júri oficial, onde o espectador vota em todas as categorias como Melhor Fotografia, Melhor Roteiro ou Ator, e não apenas Melhor Filme como acontece normalmente.

De forma simultânea, em 18 capitais brasileiras, o Festival do Júri Popular quer se consolidar como a opinião definitiva da platéia sobre o que vê.

Fórmula
Na entrada de cada sessão, todos os espectadores receberão uma grande cédula de votação referentes aos filmes exibidos. Nela constarão informações sobre cada categoria de cada filme (como nome de diretores, fotógrafos, roteiristas, personagens) e com a possibilidade de avaliação a cada uma delas. A avaliação passa por quatro critérios: Ruim, Regular, Bom, Ótimo. Ao fim da projeção, em uma urna na saída das salas serão depositadas as cédulas.

Inscrição
As inscrições estão abertas de 17 de novembro a 22 de dezembro de 2008 no site www.festivaldojuripopular.com.br. Os filmes serão avaliados por uma comissão julgadora.
Os selecionados serão divulgados no dia 14 de janeiro de 2009.

Programação
O festival será composto por 7 (sete) programas, com duração média de 90 minutos cada.
Serão 6 (seis) mostras competitivas, de inscritos de selecionados pelo comitê de seleção.
E 1 (um) programa Hors-Concours, onde serão exibidos os melhores vencedores do voto do público nos principais festivais do país.

Premiação
A premiação e, por conseqüência, a avaliação do público residirão nas seguintes categorias:
Grande Prêmio
Melhor Ficção
Melhor Documentário
Melhor Animação
Melhor Experimental
Melhor Direção
Melhor Roteiro
Melhor Fotografia
Melhor Montagem
Melhor Direção de Arte
Melhor Ator
Melhor Atriz
Melhor Trilha Sonora

O filme que receber o Grande Prêmio terá inúmeras gratificações em prêmios, dentre eles: cópia 35mm do CTAv, encode gratuito pela Rain, exibição antecedendo sessões mobilizadas da MovieMobz, distribuição em festivais pelo Curta o Curta, e ainda outros serviços que estão sendo negociados.

Locais de exibição
Rio de Janeiro: Tempo Glauber e Estação Laura Alvim
São Paulo: Cine Olido
Porto Alegre: Casa de Cultura Mário Quintana
Recife: Fundação Joaquim Nabuco
Florianópolis: Museu da Imagem e do Som
Goiânia: Cine Goiânia Ouro
Belo Horizonte: Cine Humberto Mauro
Vitória: Cine Metrópolis
Curitiba: Cinemateca de Curitiba
Fortaleza: Unifor
Salvador: Sala Walter da Silveira
Brasília: Museu da República
Belém: Sala Torquato Neto
São Luis: Sala Olydio Costa Filho
Aracaju: Espaço Petrobras Semear
Teresina: Cine Líbero Luxardo
João Pessoa: Estação Castelo Branco
Amapá: Unifap

Comitê de Seleção
Angelo Defanti (criador e coordenador do festival)
Trabalha em diversos festivais de cinema. Integra a equipe de programação geral do Festival do Rio, é produtor no Rio de Janeiro do É Tudo Verdade, produz também o FBCU - Festival Brasileiro de Cinema Universitário, já fez produção e seleção do Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro. Em 2008, dirigiu, roteirizou e produziu seu terceiro curta, "Maridos, Amantes e Pisantes" selecionado para a 32ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o Festival do Rio 2008 e o Festival de Brasília 2008, ganhando o prêmio de Melhor Direção, dentre tantos. Produziu também diversos curtas como "Depois das Nove", de Allan Ribeiro, dentre outros. Fez curadoria, coordenação de produção e edição do catálogo da mostra "As Muitas Vidas de Robert Altman" (2008). Atua ainda como curador e produtor do Nictheroy Cine Clube. É sócio da Sobretudo Produção.

Ines Aisengart (curadora)
Gerente de conteúdo nacional na distribuidora Synapse. Co-curadora e co-produtora das mostras "Alain Resnais - A Revolução Discreta da Memória" (2008) e "Agnès Varda - Movimento Perpétuo do Olhar" (2006). Técnica em preservação de acervos cinematográficos, com passagem na Cinemateca do MAM, Cinemateca Brasileira e Arquivo Nacional. Editoria do site Porta Curtas Petrobras de 2004 a 2008. Participou da produção de festivais e na produção e montagem de curtas-metragens.

Luisa Marques (diretora e montadora)
Formada em cinema na UFF. É diretora, roteirista, produtora e montadora do curta-metragem "Corpo no Céu". É co-roteirista do longa metragem em pré-produção "Rânia", de Roberta Marques. Exerceu por dois anos a atividade crítica e ensaística na revista de cinema Contracampo. Em 2008, foi assistente de curadoria de Eduardo Cerveira no Femina e na Competição Internacional do Festival Brasileiro de Cinema Universitário. Editou diversos curtas, bem como vídeo-instalações para exposições de artes plásticas. Ainda como editora, compõe a equipe de documentação em vídeo da 28ª Bienal de Artes de São Paulo.

Maria Flor Brazil (produtora de cinema)
Trabalha com cinema desde 1999. Em São Paulo trabalhou com o diretor Joel Pizzini e foi assistente de direção e produção em diversos curtas-metragens. No Rio de Janeiro produziu o curta "Dramática", de Ava Rocha, entre outros, e o longa "Estrada Real da Cachaça", de Pedro Urano, ganhador do prêmio de melhor filme documentário no Festival do Rio 2008. Foi pesquisadora, produtora e assistente de direção nos documentários "Tudo Sobre Rodas – Brasil" e Presidente Vargas, Biografia de uma Avenida", de Sérgio Bloch e produziu a 2ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, no MAM-RJ. Desde de 2008 trabalha na Pindorama Filmes como pesquisadora e produtora de projetos para televisão. Finaliza agora seu segundo curta-metragem. É sócia da Sobretudo Produção.

Mariana Pinheiro (produtora)
Formada em Comunicação Social pela PUC-Minas. Atua desde 2001 na área de produção de festivais e eventos de cinema (É Tudo Verdade, Festival do Rio, Anima Mundi, Academia Brasileira de Cinema, Visible Evidence, Grupo Estação). Trabalha como pesquisadora, redatora, roteirista e assistente de direção. Participou das comissões de seleção do É Tudo Verdade e da Programadora Brasil.


Para maiores informações, entrar em contato com:
Angelo Defanti
angelo@festivaldojuripopular.com.br
www.festivaldojuripopular.com.br
(21) 8187-6922

Serviço
Data: de 02 a 08 de fevereiro de 2009 (de 06 a 12 de fevereiro em Salvador)
Cidades: Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP, Porto Alegre/RS, Salvador/BA, Brasília/DF, Belo Horizonte/MG, Recife/PE, Vitória/ES, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Goiânia/GO, Fortaleza/CE, Belém/PA, Aracaju/SE, João Pessoa/PB, Teresina/PI, São Luís/MA, Palmas/TO e Macapá/AP.
Entrada franca

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]