Lars Von Trier ganha mostra no Rio ::  | Curta o Curta

Lars Von Trier ganha mostra no Rio

Por Guilherme Whitaker em 08/02/2001 10:33


Lars Von Trier ganha mostra no Rio

"Lars Von Trier – Quebrando as Regras"


O projeto cultural de cinema do Espírito das Artes abre a sua agenda deste ano com um dos grandes diretores do cinema moderno. É a Mostra "Lars Von Trier" – Quebrando as Regras", com exibição de suas obras raras visualmente inconfundíveis de onde conseguiu reputação internacional como dissidente. A arte deste revolucionário cineasta dinamarquês acontecerá nos dias 10 e 11 de fevereiro (Sábado e Domingo), a partir das 13:00 h, no espaço cultural do Espírito das Artes, na Cobal Botafogo."Os cariocas serão brindados com diversas fases
revolucionárias do grande cineasta Lars Von Trier, um dos precursores da câmera digital. Hoje uma realidade no cinema mundial. E seguindo a nossa proposta, apresentaremos suas obras raras no Brasil"- revela Miguel Arruda, um dos produtores do evento.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 10 de fevereiro (Sábado):

- às 13:00 h: "Os Idiotas", cor, 1998. Caracteriza o movimento DOGMA 95 criado pelo cineasta Lars Von Trier, que evidencia a dramatização dos atores. Um filme polêmico e desafiador que dividiu a opinião da crítica internacional e do público. Premiado pelo London Film Festival, em 1998. Legendado em português.

- às 15:00 h: "The Kingdom" parte I, cor, 1994; obra rara no Brasil: Documentário drama, em mini-série para a televisão, que firmou sua reputação nos Estados Unidos. Foi considerada uma obra prima da televisão na sua terra natal, a Dinamarca, onde a combinação primorosa dos gêneros horror, comédia e drama, criou um novo estilo cinematográfico no mundo. Entre os prêmios, está o prêmio Cabo de Bronze de Inovação no Golden Globes, na Alemanha.

Vale lembrar que esta mini-série premiada internacionalmente foi transformada num filme de 280 minutos. Legenda em inglês.

- às 17:30 h: "The Kingdom II", cor: a segunda mini-série para a televisão, uma continuação da anterior e foi realizada em 1997. Legenda em inglês.

- às 20:00 h: "The Element of Crime", cor, 1984, primeiro longa-metragem de sua carreira e raro no Brasil. O diretor assume uma estética apuradíssima com truques de câmera e produção, em oposição aos valores dos atores e da própria história. Esta raridade, uma mistura de expressionismo alemão e do filme "noir" americano, confirma Lars como destaque no universo dos cineastas modernos. Destaque em prêmios: o grande prêmio técnico no Festival de Cannes, em 1984. Narrado em inglês.

Dia 11 de fevereiro (Domingo):

- às 13:00 h: "Europa", p/b e cor, 1991: terceiro longa da carreira do cineasta dinamarquês e que começou a ser reconhecido na Europa. A obra apresenta efeitos visuais extremamente criativos, resultando num filme verdadeiramente original e que conta a história de um pacifista americano-alemão, através de suas viagens pela Alemanha para ajudar a reconstrução do país. Esta obra foi premiadíssima, em destaque: prêmio especial do júri e grande prêmio técnico, ambos no festival de Cannes, em 1991. Legendado em português.

- às 15:00 h: "Ondas do destino", cor, 1996: É uma contundente história de amor, que contou com o trabalho brilhante de estréia no cinema da atriz Emily Watson e que lhe valeu, na época, indicação ao prêmio Oscar. Com esta obra, Lars ganhou notoriedade no Brasil. Entre os prêmios, destaque: grande prêmio do júri no festival de Cannes, em 1996.

- às 18:00 h: Será exibido uma raridade no Brasil, o documentário sobre o cineasta Lars Von Trier. O título é "Tranceformer: Um retrato de Lars Von Trier", do sueco Stig Bjorkman, em 1997. Retrata uma simpática visão na privacidade do cineasta dinamarquês Lars Von Trier que fala, entre humor e a seriedade, sobre suas fobias e sentimento de auto-destruição, mas também sobre seus ideais e crenças. Um encontro com o universo do cineasta, desde dos tempos da Super 8, em sua infância até os dias de hoje.

- às 19:00 h: Exibição da obra premiadíssima e rara no Brasil, primeiro longa de Lars: "The Element of Crime", cor, 1984.

- Às 21:00 h: Uma homenagem a cantora e atriz islandesa Bjork, na qual o próprio cineasta Lars Von Trier a introduziu ao mundo do cinema com o atual e premiado filme "Dançando no Escuro", e que pela atuação de Bjork já a fez como forte concorrente a indicação de melhor atriz ao prêmio Oscar deste ano. Na homenagem: o documentário "The South Bank Show", sobre a cantora e atriz Bjok, produzido e dirigido poir Christopher Walker, em 1997. Em seguida, show ao vivo "Vessel", dirigido por Stephane Sednaovi, em 1994 e serão exibidos também, em versões originais, 14 videoclips de Bjork. Tudo legendado em português.

Antes das obras raras, a Mostra apresentará um documentário com toda filmografia e biografia de Lars Von Trier e seus 24 anos dedicados a esta arte.



Ainda no evento, exposição de fotos e posters originais das obras do cineasta e seus 6 longas-metragens e no final de cada sessão, o público será brindado com sorteio do vídeo documentário sobre Lars Von Trier e apostilas com toda a biografia e filmografia deste gênio da arte revolucionária no cinema.

Preço de bilheteria: R$ 5,00

O espaço cultural do Espírito das Artes fica na Cobal de Botafogo (Rua Voluntários da Pátria, 446, 2º andar – Tel.: 266.2239)


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]