Mantenha a BRAZZA acesa ::  | Curta o Curta

Mantenha a BRAZZA acesa

Por Guilherme Whitaker em 11/07/2005 09:32



Campanha

MANTENHA A BRAZZA ACESA 


Contribua com o 8º e último filme de Affonso Brazza, "Fuga Sem Destino", 
que está inacabado por falta de recursos.
 



Cineastas de Brasília se mobilizam para concluir o oitavo e último longa-metragem de Afonso Brazza Um grande movimento de solidariedade mobiliza toda a classe cinematográfica brasiliense, que se uniu para arrecadar recursos para a finalização de Fuga Sem Destino , o oitavo longa-metragem de Afonso Brazza. Morto em 2003, Brazza deixou inacabada aquela que considerava sua melhor e mais ambiciosa obra. Sensibilizada com a situação, a Associação Brasiliense de Cinema e Vídeo (ABCV) se uniu ao Porão do Rock para iniciar uma campanha que faz jus ao espírito empreendedor do cineasta-bombeiro. 



Para iniciar a campanha de arrecadação de recursos para a finalização do filme, estimada em R$ 100 mil, a ABCV participará do Porão do Rock com tenda montada especialmente para a ocasião. Nela, durante os três dias do festival (8 a 10 de julho), o público poderá conhecer o universo de Afonso Brazza por meio de pôsteres, vídeos, a primeira câmera 35mm (usada na antiga série Vigilante Rodoviário ) e camisetas, à venda por R$ 20,00. Também na tenda, os interessados podem fazer doações em dinheiro numa urna.

E não pára por aí. A mobilização continua logo depois do Porão do Rock. A partir do dia 10, no site Mercadolivre.com.br, será leiloada uma guitarra Condor, doada pelo festival e autografada por bandas como Pato Fu, Barão Vermelho e Los Hermanos. O lance inicial deve ser de R$ 1.000,00. O dinheiro arrecadado será revertido para a campanha. Enquanto isso, uma conta poupança está aberta exclusivamente para doações de qualquer valor.

Os organizadores do movimento esperam arrecadar R$ 40 mil no Porão. Com as doações para a conta poupança e o leilão da guitarra Condor, estima-se um total de R$ 80 mil. "Se conseguirmos esse dinheiro, podemos negociar com os credores do Brazza. É importante que a população se sensibilize", diz a produtora Andréa Glória. "Ele foi o maior divulgador do cinema brasiliense, virou um patrimônio da cidade", define o cineasta Pedro Lacerda, indicado por Brazza para se encarregar da finalização de Fuga Sem Destino .

De acordo com o sucesso da campanha de arrecadação, a estréia de Fuga Sem Destino pode acontecer no tradicional Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em novembro. Assim, fecha-se em grande estilo uma das carreiras mais impressionantes do cinema brasileiro. Egresso do cinema marginal paulista, Brazza estreou como realizador em 1982, com Procurador Jéferson, O Matador de Escravos . Ao todo, dirigiu, produziu e lançou sete longas - sempre com recursos próprios, a despeito do modesto salário de bombeiro.

Brazza começou a ganhar notoriedade a partir do quarto longa ( Inferno no Gama , 1993). Com o sexto filme, No Eixo da Morte (1995), chegou ao circuito comercial e passou a ser conhecido pela imprensa especializada. Com Tortura Selvagem, A Grade (2001), o auge: sucesso de público em Brasília, semanas em exibição no Cinemark Pier 21 e sessões disputadas na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Brazza vivia um grande momento, marcado pelo reconhecimento de uma legião cada vez maior de fãs. 


Mesmo sendo focada para a finalização de um longa-metragem, o site Curta o Curta apóia tal iniciativa e espera assim estar contribuindo para o sucesso da campanha.

Mais infos em www.abcv.com.br


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]