MFL faz sessão especial e debate em Sampa neste fimde VIRA CULTURA ::  | Curta o Curta

MFL faz sessão especial e debate em Sampa neste fimde VIRA CULTURA

Por Guilherme Whitaker em 23/11/2009 14:22


A 2ª edição do Vira Cultura acontece dias 28 e 29 de novembro em São Paulo com cerca de 80 atrações gratuitas, mais que o dobro do ano passado, durante todo o final de semana pelo Conjunto Nacional.

Uma das atrações é uma sessão especial da MFL, Mostra do Filme Livre, que acontece há nove os anos no Rio de Janeiro exibindo as produções independentes brasileiras. A sessão da MFL será na madrugada de sábado para domingo, as 5am, no CineBombril. Confira os filmes desta inusitada sessão AQUI.

Antes, no sábado as 17h, vai rolar o debate “O futuro dos festivais de cinema”, na Loja de Artes da Livraria Cultura no Conjunto Nacional. A MFL foi um dos eventos convidados para a mesa, que terá mediação do jornalista e cinéfilo Ademir Correa.

A Livraria Cultura realiza, ao lado da agência de comunicação integrada Aktuell, a segunda edição de um projeto que já começa a fazer parte do cenário cultural de São Paulo: o Vira Cultura. A unidade do Conjunto Nacional ficará aberta durante 35 horas ininterruptas, das 9 horas do sábado, dia 28 até as 20 horas de domingo, dia 29 de novembro, com uma ampla e eclética programação de eventos gratuitos ocorrendo pelas cinco unidades da Cultura localizadas no Conjunto Nacional. Os corredores da própria galeria, o Cine Bombril e a Academia Bio Ritmo / unidade Paulista também serão aproveitadas pelo projeto.

Além das sessões de cinema, pocket shows musicais, apresentações circenses e de dança, saraus literários, atividades infantis, aulas de ioga com música ao vivo, DJ set, stand up comedy... a programação dialoga com todos os públicos. “Este evento vem ao encontro da filosofia da empresa, de oferecer cultura de qualidade para o público sem cobrar por isso”, diz Pedro Herz, presidente da Livraria Cultura. “É um orgulho para a Aktuell estar novamente ao lado da Livraria Cultura em um projeto com tamanho conteúdo e relevância para a cidade de São Paulo”, completa Rodrigo Rivellino, diretor-presidente da Aktuell.

A abertura do Vira Cultura será feita pela Orquestra Villa-Lobinhos, seguida por uma sessão de autógrafos com a atriz Malu Mader - que dirigiu o documentário Contratempo, sobre este projeto musical. O fechamento do evento será com uma apresentação exclusiva para o Vira Cultura, reunindo a Cia. Silenciosas e o Coletivo Gt’Aime, grupos de dança dirigidos por Diogo Granato e que mesclam parkour, street dance e outros estilos e performance. Os performers contarão com uma trilha sonora especial para o encontro do Conjunto Nacional, com música feita pelos Barbatuques. Ambas as atividades acontecerão no meio da loja da Livraria Cultura.
A edição 2009 do evento conta com mais que o dobro de atividades registradas no Vira Cultura do ano passado: serão mais de 80 atrações. Outra novidade desta edição foram as parcerias estabelecidas com o Conjunto Nacional e a academia Bio Ritmo, além do Cine Bombril, parceiro no ano passado que também amplia sua participação este ano.

Abrir espaço físico para a apresentação de novos artistas de forma gratuita, em um momento tão virtual da produção artística - e onde a internet se transformou na porta de entrada para a descoberta de talentos - é um conceito principal do Vira Cultura, ao lado da idéia da distribuição da informação cultural como um princípio ativo para a transformação social. O encontro mescla novos e antigos nomes durante 35 horas ininterruptas. Entre os estreantes, falando especificamente de música por exemplo, estão novas promessas do pop e do rock como Copacabana Club e Holger. “Ainda estamos amadurecendo como banda e uma oportunidade como essa é incrível, é essencial”, destaca Alessandro Oliveira, guitarrista e vocalista do Copacabana.

Graças ao seu primeiro EP, o grupo de Curitiba chamou a atenção do público em 2007. A música Just do it despertou a curiosidade do rapper Kanye West, que divulgou o clipe em seu blog pessoal e atraiu comentários positivos do mundo todo para a música dos brasileiros. Já o Holger, que também surgiu há quase dois anos, é outra banda que vem ganhando espaço com sua mistura de folk e indie inclusive no exterior, graças a participações em festivais essenciais como o South By Southwest (EUA) e Pop Montreal (Canadá). Depois de cinco EPs lançados e quase um ano de ensaios, o grupo começou a divulgar suas composições recentes.
Entre os já consagrados na música e que estarão no line up do Vira Cultura estão a cantora Ana Cañas e o pianista Donatinho. Filho de João Donato, ele começou a carreira tocando piano, misturando jazz e música brasileira – e também se dedica às pickups, no projeto Zambê. Já Ana Cañas acaba de lançar seu segundo disco, Hein?, e promete algumas surpresas para o Vira, como covers de Cazuza, Raul Seixas e Led Zeppelin.“Escolho o repertório com o coração mesmo”, diz.
Arnaldo Baptista no Vira

O eterno mutante Arnaldo Baptista também vai participar do Vira Cultura. Considerado um dos maiores nomes da história do rock brasileiro, ele vai autografar o DVD do filme Loki – Arnaldo Baptista, cinebiografia que marca a estreia de Paulo Henrique Fontenelle na direção de longas-metragens. Vencedor do prêmio de Melhor Documentário nos festivais do Rio (2008), do Cinema Brasileiro de Nova York e também de Miami (2009) e ainda em Toronto – BRAFFT (2009) e na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (2008), o longa foi totalmente produzido, finalizado e distribuído pelo Canal Brasil, chegando ao DVD na última semana de novembro após passar por cinemas de 17 cidades do País.

Espaço Vinil
Os fãs dos discos de vinil contarão com um espaço e com conteúdos especialmente desenvolvidos para eles, incluindo uma exposição, sessões de discotecagem, um painel com novos aplicativos tecnológicos e ainda um debate.
Seis colecionadores de vinil serão convidados a expor algumas de suas raridades durante todo o Vira Cultura, e aproveitarão para tocar álbuns de suas coleções particulares. Os DJs Taco Bells, Alê Viana, Paulo Beto e Tatá Aeroplano também já estão confirmados para comandar as pickups de vinil durante o final de semana cultural. Paulo e Tatá, figuras conhecidas da noite e do underground, farão uma versão especial do seu podcast Radio Safari para o Vira Cultura. No Radio Safari, a dupla grava as discotecagens feitas ao vivo a partir das suas coleções de discos.
Além disso, a progressão histórica dos toca-discos poderá ser conferida no Painel da Evolução Tecnológica do Vinil: cinco equipamentos de diferentes épocas formarão a“mesa-sonora”, onde DJs vão tocar seus discos e discutir sobre as características de cada aparelho simultaneamente. Este painel será mediado por Paulo Brown e terá a participação dos DJs Phabyo, André Juliani, Larry Heard, Oswaldo Mr. Groove e Zé Gonzales.
Por fim, haverá ainda um debate sobre distribuição musical, mediado pelo jornalista Alexandre Mathias. Editor do caderno Link, do jornal O Estado de S. Paulo, Mathias também participa do Vira Cultura na madrugada de sábado para domingo, fazendo um set especial para os notívagos em um line up que ainda contará com o jornalista e DJ Lucio Ribeiro.


ARTES
As artes visuais também marcam presença na programação. O grupo Laborg, por exemplo, é composto por cinco videoartistas que criam projeções a partir de imagens orgânicas geradas por reações químicas. “Vamos projetar um vídeo que está sendo especialmente criado para o Vira Cultura”, explica Charles de Oliveira, um dos participantes do projeto.
Já os artistas Titi Freak e Herbert Baglione desenvolverão durante todo o final de semana uma live painting exclusiva para o encontro: trata-se de uma pintura ao vivo, feita durante o final de semana, em uma tela de grande formato localizada na calçada de acesso ao Conjunto Nacional, na Alameda Santos.

CINEMA
Com a parceria com o Cine Bombril, a sétima arte será muito bem representada durante o Vira Cultura. Um debate com os organizadores de alguns dos principais festivais de cinema do Brasil, ao lado de programações extraídas destes festivais, estão na programação. A nova safra as produção nacional também estará contemplada om a pré-estréia de Natimorto, filme baseado em texto de Lourenço Mutarelli e dirigido por Matheus Nachtergale.

BEM ESTAR
Na academia Bio Ritmo, uma série de atividades especiais serão oferecidas: auas de ioga e bike terão música ao vivo. Marcus Santurys, acompanha a aula de ioga com sua música que mescla influências indiana, árabe, cigana e brasileira.

Merece destaque uma aula inédita de street dance: ela será embalada por uma apresentação do Turbo Trio, composto por integrantes vindos dos grupos Planet Hemp, Instituto e Mamelo Sound System.

LITERATURA
Uma série de sessões de autógrafos ocorrem nas lojas Livraria Cultura por Companhia das Letras e na recém-inaugurada Livraria Cultura por Record, unidades com conceito diferenciado de varejo customizado. Marcia Tiburi assina O manto enquanto Marcelo Cipis leva o seu A interessante ilha do Kontra. Outros autógrafos: Inês Stanisiere (Ligadas e antenadas), Manoela Sawitzki (Suite Dama da noite), Arnaldo Bloch (O ciclista da madrugada) e Carcamo (De quanta terra precisa o homem e fabulas, seguido por atividade infantil).
Luis Augusto Fischer, na loja principal da Cultura, faz também uma sessão de autógrafos do livro Inteligência com dor. O Sarau Vocabulário volta a acontecer, desta vez com a participação de Paulo Scott, Chacal e Marcelino Freire.
Para completar, integrantes dos fãs clubes do Harry Potter, Star Wars, Senhor dos Anéis e Crepúsculo farão uma “invasão” na Cultura e simularão uma luta de espadas no início da noite de sábado. Durante toda a madrugada, os membros dos fãs clubes farão atividades específicas ligadas a este universo, além de conferirem um dos filmes da série do bruxinho Harry Potter.

TEATRO E MUITO MAIS
Durante o Vira Cultura serão realizadas ainda apresentações gratuitas das peças de teatro As meninas (baseada no romance de Lygia Fagundes Telles, adaptado por Maria Adelaide Amaral e com Clarice Abujamra, Tuna Dwek e Clarissa Rockenbach, entre outros nomes no elenco) e Doido (com Elias Andreato). O ator Dan Stulbach vai mediar também um bate-papo sobre teatro.
Outras atrações já confirmadas são a stand up comedy, com Fafy Siqueira e Nany People, além de espetáculo de balé da Cia. de Dança Borelli.
Para as crianças está sendo preparada uma programação diferente, como no caso da apresentação do grupo de teatro Pia Fraus, das intervenções circenses e das oficinas de reciclagem.

GUIA VIRTUAL DE PROGRAMAÇÃO
Para ninguém ficar perdido, será instalado no corredor do Conjunto Nacional um Guia Virtual e interativo com a programação do evento, desenvolvido pela empresa EDGY. O guia terá conteúdo exclusivo e o público poderá interagir com este material, acessando as informações disponíveis sobre cada um dos artistas e atrações no painel, além de conferir vídeos e fotos tirados durante o evento e inseridos no Guia em tempo real.

As atrações do Vira Cultura vão acontecer em São Paulo, nas cinco lojas da Livraria Cultura, no Cine Bombril, na academia Bio Ritmo e no próprio Conjunto Nacional – todos os espaços estão localizados na galeria do Conjunto. Para conferir a programação completa, acesse: www.viracultura.com.br


O Vira Cultura é uma realização da Livraria Cultura e da agência Aktuell, com Patrocínio do Banco Itaú, Apoio da TAM e do jornal O Estado de S. Paulo e Apoio Cultural do Cine Bombril, Bio Ritmo, Conjunto Nacional e EDGY.

Mais informações para a imprensa:
Comunicação - Livraria Cultura

Thaís Arruda (11) 3170-4042
thais.arruda@livrariacultura.com.br
Camila Azenha (11) 3170-4033 – ramal 2441
cazenha@livrariacultura.com.br

Comunicação – Aktuell

Alisson Avila (11) 3775.9889
alisson.avila@aktuellcomunicacao.com

Thiago Arikawa (11) 3775.9889 – ramal 9950
thiago.arikawa@aktuellcomunicacao.com

 


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]