MFL - Retrospectiva Centro de Mídia Independente - CMI ::  | Curta o Curta

MFL - Retrospectiva Centro de Mídia Independente - CMI

Por Guilherme Whitaker em 28/01/2006 06:52


                                                                                                                                                                         Curadoria e Texto: CMI Brasil Vídeo

O Centro de Mídia Independente (CMI) Brasil é uma rede anticapitalista de produtores e produtoras de mídia autônomos/as e voluntários/as. Com o objetivo de construir uma sociedade livre, igualitária e que respeite o meio ambiente, a ferramenta de publicação aberta do site www.midiaindependente.org procura garantir espaço para que qualquer pessoa, grupo (de afinidade política, de ação direta, de arte) e movimento social - que estejam em sintonia com esses objetivos - possam publicar sua própria versão dos fatos. A política editorial do CMI Brasil não permite conteúdo que seja de cunho racista, sexista ou em qualquer sentido discriminatório, da mesma forma que não veicula ofensas pessoais, qualquer tipo de propaganda comercial, promoção de candidato, candidata ou partido político, ou artigos que estejam em oposição aos princípios e valores da rede. Defendendo o conhecimento compartilhado X a propriedade intelectual, o site possui uma licença copyleft que permite a livre reprodução do conteúdo publicado, desde que não seja para fins comerciais, que autores e autoras sejam citados/as e esta nota incluída.

Para a Mostra do Filme Livre o CMI organizou 6 programas temáticos: 1. Democratização dos meios de comunicação; 2. A luta pelo passe livre (pessoas pelo Brasil todo lutando por um transporte verdadeiramente público); 3. Moradia parte 1; 4. Moradia parte 2; 5. Internacionais e tortadas; 6. Debate (documentário em processo junto aos moradores e às moradoras da ocupação Chiquinha Gonzaga, centro do Rio de Janeiro). Os vídeos aqui reunidos foram realizados pelo Centro de Mídia Independente e por outros coletivos que disponibilizaram seus vídeos no site.

Para entrar em contato com o CMI, escreva para: contato@midiaindependente.org
contatos realizadores dos vídeos: cmi-brasil-video@lists.indymedia.org, cmi-sp-video@lists.indymedia.org, videohackers@riseup.net, semsizo@kein.org, telephonecolorido@hotmail.com, mediasana@mediasana.org, arevolucaonaoseratelevisionada@yahoo.com.br , goiania@midiaindependente.org 

Programação

Programa 1 - Democratização dos meios de comunicação – 93`
Sala de Vídeo: Sexta-feira, dia 10, às 15h
Casa França-Brasil: Terça-feira, dia 14, às 15h
 

No Olho do Furacão
2002, 14 min
A evolução dos protestos contra a classe política argentina paralelamente ao crescimento do Centro de Mídia Independente. Que se Vayan Todos!
Direção: CMI Argentina 

Vinheta Centro de Mídia Independente
2002, 1 min
Direção: CMI e Videohackers. 

Barraco da Globo
2003, 6 min
O repórter Britto Júnior, do jornal SPTV (Rede Globo), vem cobrir o Festival Mídia Tática Brasil [www.midiatatica.org] e arma barraco ao ser criticado por participantes/ organizadores do evento.
Direção: CMI Brasil e Videohackers. 

Sid Moreira X Avenida Paulista
2003, 3 min 13 seg
A televisão é a imagem da besta (Sid Moreira ataca novamente).
Direção: Videohackers. 

Robertomarinhoestarealmentemorto.mov
2003, 6 min
Exibição pública do filme “Além do Cidadão Kane”, diante do Tribunal de Justiça, em São Paulo, por ocasião do dia mundial pela democratização da mídia. O filme conta a história da Rede Globo e está proibido no Brasil há mais de 10 anos
Direção: CMI São Paulo e Sem Sizo. 

Rebatismodaavenidarobertomarinho.mov
2004, 6 min
Ato de rebatismo popular da Avenida Jornalista Roberto Marinho para Avenida Jornalista Vladimir Herzog, por ocasião do dia mundial pela democratização da mídia.
Direção: CMI São Paulo e Sem Sizo. 

Destruindo o Monolito
2001, 4 min
Zé Roberto e Basemente Shamam se unem para enfrentar o mal maligno (relógio da Rede Globo, por ocasião dos 500 anos de colonização do Brasil).
Direção: Telephone Colorido. 

Manifesto Media Sana
2003, 1 min
Todo cidadão tem direito à sua própria rede de TV.
Direção: Media Sana. 

Queimação de Filme
2002, 8 min
Jovens cineastas invadem a Riofilme, protestando contra os critérios de distribuição do dinheiro público no cinema.
Direção: Videohackers. 

Ocupação da Anatel
2003, 6 min
Dr. Everaldo ganha troféu abacaxi de manifestantes contra a política de fechamento de rádios livres (obs.: a maior campanha pela criminalização de rádios livres comunitárias é feita pela Abert - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão, que tem como maior integrante o grupo Globo).
Direção: CMI São Paulo e Revolução Não Será Televisionada. 

Famosos em Passeio | Famosos em Chamas
2003, 6 min
Ascensão e queda de famosos na Av. Paulista durante o festival Mídia Tática Brasil.
Direção: A Revolução Não Será Televisionada 

Xuxa em Chamas
2002, 2 min 30 seg
Extraído do episódio de abertura do anti-programa de TV “A Revolução Não Será Televisionada”, que esteve 3 meses no ar (TV USP).
Direção: A Revolução Não Será Televisionada 

Ato Contra a Microsoft
2004, 2 min
Distribuição de panfleto a favor do uso de software livre durante seminário “A realidade digital”, patrocinado pela Microsoft, na 29ª Mostra BR de Cinema, em São Paulo.
Direção: CMI-SP-Vídeo.
EXTRAS: Vídeos da luta contra o Programa de Reabilitação [“Revitalização”] da Área Central de São Paulo, que vem expulsando a população pobre do centro, de modo a recuperar a área para os mais ricos. Despejos em massa, perseguição a trabalhadores ambulantes, perseguição a catadores de papel e outros materiais recicláveis, perseguição a homossexuais (que apanham da polícia se são vistos/as se beijando em praça pública) tornaram-se cenas cotidianas na cidade. 

Tortada no Secretário Municipal de Habitação
2005, 9 min
Tortada em Orlando de Almeida Filho, um dos responsáveis pela higienização do centro de São Paulo.
Direção: Confeiteiros Sem Fronteiras + A.N.T.I. Cinema. 

Escracho no Secretário de Serviços
2005, 9 min
“Não está conseguindo viver no centro? Venha para o morumbi, aqui é bem melhor”! Com este chamado, em 29 de outubro de 2005 moradores de rua, sem-tetos, catadores e camelôs da região do Centro de São Paulo se deslocaram até o Morumbi, na casa do secretário de serviços e subprefeito da sé, Andrea Matarazzo, em protesto contra a higienização do centro de São Paulo.
Direção: CMI-SP-Vídeo. 

Natal na Rampa Antimendigo
2005. 9 min
O prefeito de São Paulo, José Serra, vestido de papai noel, constrói rampas antimoradores de rua de presente para a sua cidade.
Direção: CMI-SP-Vídeo.


Programa 2 - A luta pelo passe livre – 86`
Sala de Vídeo: Sexta-feira, dia 10, às 17h
Casa França-Brasil: Terça-feira, dia 14, às 17h


Este programa reúne vídeos de luta contra o aumento das tarifas de ônibus e da luta pelo passe livre, com ênfase nas ações do MPL - Movimento Passe Livre. O MPL é um movimento social autônomo que luta por um transporte verdadeiramente público, de acesso a todas as pessoas, sem exclusão social. O MPL defende que o transporte coletivo deve ser subsidiado pelas prefeituras de cada cidade, a partir de uma melhor distribuição do orçamento municipal, que atenda às reais necessidades das pessoas. O dinheiro para a implementação do passe livre pode, por exemplo, vir de impostos progressivos – aqueles pagos pela parcela mais rica da população – como multas de trânsito, cartão zona azul e IPVA (imposto sobre a propriedade de veículos automotores). Neste momento, o MPL luta pelo passe livre estudantil, que já é realidade em cidades como o Rio de Janeiro. Em longo prazo, o movimento objetiva municipalizar todo o transporte coletivo, com a participação das pessoas neste processo. 

A Revolta da Catraca
2004, 10 min 40 seg
A luta pela redução da tarifa de ônibus e a luta pela conquista do passe livre em Florianópolis.
Direção: Sarcástico e MPL Floripa. 

Amanhã Vai Ser Maior
2005, 28 min
Segunda revolta da catraca. Pela segunda vez as pessoas nas ruas (por 3 semanas) conseguem barrar um aumento nas tarifas de ônibus.
Direção: Vinicius Moscão (CMI Floripa), Juliana Kroegger, Fernando Evangelista, Thiago Scárnio e Alex Antunes. 

Ocupação da Secretaria de Tranportes de Florianópolis
2005, 14 min
Ato do MPL Floripa para barrar o aumento das tarifas.
Direção: Sem Sizo e CMI-SP-Vídeo. 

Ato no Rio de Janeiro
2004, 7 min 30 seg
Ato contra o rio card, pela manutenção do passe livre integral.
Direção: Sem Sizo. 

Plenária Nacional de Luta pelo Passe Livre
2005, 9 min
Momento crítico da plenária, em Porto Alegre (Caracol Intergalactika/ 5º Fórum Social Mundial).
Direção: Sem Sizo. 

Ato MPL São Paulo
2005, 17 min
Parte 1: prefeitura, Parte 2: Secretaria Municipal de Transportes (manifestantes não deixam ninguém entrar/ sair do prédio e queimam catraca), Parte 3: ruas.
Direção: A.N.T.I. Cinema.


Programa 3 - Moradia 1 – 91`
Sala de Vídeo: Sexta-feira, dia 10, às 19h
Casa França-Brasil: Quarta-feira, dia 15, às 15h 

Anita Garibaldi
2001, 10 min
Milhares de famílias sem teto vivem em terreno ocupado em Guarulhos-SP.
Direção: Videohackers. 

Carlos Lamarca
2002, 5 min
Ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), em Osasco-SP.
Direção: Videohackers. 

Desocupação em São Bernardo
2003, 16 min 30 seg
Na noite do dia 18 de julho de 2003, centenas de trabalhadores sem-teto ocuparam um terreno vazio de 170 mil metros quadrados pertencente à Volkswagen. Segundo o MTST - Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, o terreno pertencia originalmente ao poder público e foi cedido à iniciativa privada para a geração de empregos nos anos 50. No momento da ocupação, estava sem uso e a própria Volkswagen enfrentava greve de trabalhadores que protestavam contra demissões. o vídeo retrata o despejo dessas cerca de 7 mil pessoas, que teriam resistido não fosse a presença de cerca de 800 policiais e com eles a iminência/ a possibilidade de uma matança como a de Eldorado dos Carajás.
Direção: Videohackers. 

Sonho Real
2005, 60 min
Violento despejo da ocupação Sonho Real, em Goiânia. a ocupação começou em maio de 2004 em uma área que estava abandonada há anos e rapidamente, agregou cerca de 3 mil famílias
Direção: CMI Goiânia.


Programa 4 - Moradia 2 – 87`
Sala de Vídeo: Domingo, dia 12, às 15h
Casa França-Brasil: Quinta-feira, dia 16, às 15h
 

Ordem de Despejo
2005, 4 min
A história é sempre a mesma: a política de “higiene social” e a especulação imobiliária expulsam famílias para dar lugar a grandes e rentáveis empreendimentos. Este vídeo mostra um pouco da Vila Santa Rosa, em Florianópolis, que vai ser despejada após 10 anos de resistência.
Direção: A.N.T.I. Cinema. 

A Tornallom
2005, 49 min
Em La Punta (Espanha), tradicional zona de hortas, a agricultura familiar é uma tradição de séculos. As casas e também toda uma cultura estão ameaçados de extinção pelos interesses ligados à especulação imobiliária.
Direção: Enric Peris e Videohackers. 

Impressões Prestes Maia
2005, 7min20
Um piloto do documentário sobre os moradores do Edifício Prestes Maia em São Paulo. Em meio à barbárie e do descaso do poder público, um grupo de pessoas de forma autônoma ocupa, resiste e constrói.
Richardson Pontone (Movimento Salve o VHS) + CMI são Paulo - salveovhs@salveovhs.org 

Desocupação da Plínio Ramos
2005, 15 min
Violento despejo de ocupação de prédio da Rua Plínio Ramos, centro de São Paulo, onde aproximadamente 70 famílias moravam há três anos
Direção: Foz - CMI São Paulo. 

Acampamento da Rua Plínio Ramos
2005, 3 min
Despejados armam acampamento na calçada diante do prédio vazio e fechado com portas de cimento.
Direção: A.N.T.I. Cinema. 

Acampamento da Rua Mauá
2005, 3 min
Despejados de ocupação da Rua Paula Souza, centro de São Paulo, armam acampamento na Rua Mauá.
Direção: A.N.T.I. Cinema. 

Novos Ventos
2005, 6 min
Ocupação Chico Mendes, em Taboão da Serra-SP.
Direção: A.N.T.I. Cinema.


Programa 5 - Internacionais e tortadas – 75`
Sala de Vídeo: Domingo, dia 12, às 17h
Casa França-Brasil: Sexta-feira, dia 17, às 15h
 

Gênova
2001, 10 min
300 mil pessoas protestam em Gênova, cidade do norte da Itália, nos dias 19, 20 e 21 de julho de 2001 contra o Grupo dos Oito, (G-8), formado pelos países mais industrializados do planeta e a Rússia. A reunião acontece anualmente para definir estratégias sobre o comércio global. Os países pobres não participam do encontro. Um manifestante (Carlo Giuliani) foi assassinado e centenas foram presos e torturados em prisões clandestinas. As imagens desse vídeo foram gravadas por vários/as ativistas e editadas pelos videohackers. A trilha sonora é do Feldat.
Direção: Videohackers. 

New Kids on The Black Block
2001, 11 min
Uma resposta bem humorada a Gênova. O vídeo mistura imagens da turnê mundial do grupo New Kids on the Block, famoso no começo dos anos 90, com cenas de protestos anticapitalistas em Seattle, Washington, Davos, Praga, Quebec, Gotenburgo, Barcelona e Gênova.
Direção: Las Agencias. 

Genuína Tortada
2003, 3 min
“O Lula não nos representa em Davos – as pessoas nas ruas é que nos representam”. Famosa tortada no então presidente do PT, José Genoíno, em ocasião do 3º Fórum Social Mundial. Manifesto dos Confeiteiros Sem Fronteiras: “repudiamos a confusão promovida pelo Partido dos Trabalhadores que quer fazer crer que o nosso movimento, o movimento dos movimentos, pode ser representado ou encarnado em algum tipo de governo. Viemos à público dizer que a onda que levou à eleição do PT não é, de forma nenhuma, a mesma da ascensão do movimento contra a globalização capitalista. Nosso movimento não tem líderes ou representantes. Ninguém pode falar em nosso nome. Se alguém em Davos ‘representa’ o movimento, somos nós mesmos, os milhares que ocupamos as ruas de Genebra em protesto contra a reunião de banqueiros, empresários e governantes que o PT legitimou. A esperança de mudança que trazemos não pode uma vez mais ser cooptada e frustrada por políticos e partidos políticos que querem se promover às nossas custas. A partir de agora vamos fazer as coisas de maneira diferente. No espírito de Larry, Curly e Moe, saudamos o político José Genoíno. ¡Que se vayan todos! Um mundo sem líderes é possível”.
Direção: Confeiteiros Sem Fronteiras e Videohackers. 

Greve na Daewoo
2001, 6 min
Iniciado em 1989, o LNP capacita trabalhadores a filmarem eles mesmos a sua luta e já produziu mais de 50 vídeos sobre o movimento sindical na Coréia. Esse vídeo mostra a repressão brutal a operários que entraram em greve depois de demissões em massa na fábrica. O vídeo foi realizado por um trabalhador e divulgado no mesmo dia na internet, gerando um grande escândalo no país.
Direção: Labor News Production (LNP). 

Não Começou em Seattle, Não Vai Terminar em Quebec
2001, 20 min
A20 (manifestação contra a cúpula das Américas, ocorrida em 20 de abril de 2001, em Quebec, Canadá. A reunião de todos os chefes de estado dos países americanos serviu para determinar os prazos de criação da ALCA - Área de Livre Comércio das Américas). Em São Paulo a manifestação pacífica foi violentamente atacada pela polícia, resultando em 60 pessoas presas e mais de 100 feridas.
Direção: Videohackers. 

TortAlca
2003, 2 min 30 seg
Tortada em Peter Allgeier, co-presidente da Alça.
Direção: Confeiteiros Sem Fronteiras e Videohackers. 

Massa Crítica
2002, 3 min
Ciclistas fazem protesto pelos transportes alternativos.
Direção: Videohackers. 

Legalize Agora
2005, 5 min 52 seg
2 de maio foi dia de ação global pela legalização da maconha no Rio de Janeiro.
Direção: Jalla! Jalla! 

maconha.mov
2003, 7 min
Ato pela legalização da maconha em São Paulo. A polícia vem, a polícia vai.
Direção: Sem Sizo. 

Pelados
2003, 4 min
Protesto contra a proibição de se tomar banho pelado nos chuveiros do Acampamento da Juventude do 3º Fórum Social Mundial, Porto Alegre.
Direção: Videohackers.


Programa 6 – 77`
Sala de Vídeo: Domingo, dia 12, às 19h
Casa França-Brasil: Sábado, dia 18, às 15h
Sessão antes do Debate CMI - Sala 26 / CCBB: Quarta-feira, dia 15, às 18h30
 

Chiquinha Gonzaga
30 min
Excertos de documentário em processo da ocupação Chiquinha Gonzaga, centro do Rio de Janeiro.
Direção: A.N.T.I. Cinema e moradores. 

O dono do prédio
2004, 47 min
Na noite de 7 de novembro 120 pessoas ocuparam um prédio da Caixa Econômica Federal (CEF), abandonado há 10 anos, localizado diante da Praça Roosevelt, que se transformou em campo de guerra. Este vídeo acompanha todo o processo da ocupação, que durou 16 horas.
Direção: Graziela Kunsch (A.N.T.I. Cinema). 

Saiba mais do CMI aqui.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]