MIX BRASIL anuncia resultados de sua 16° edição ::  | Curta o Curta

MIX BRASIL anuncia resultados de sua 16° edição

Por Guilherme Whitaker em 24/11/2008 17:32


****a premiação aconteceu nesse domingo, dia 23.11, no MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo

Em cerimônia realizada na noite deste domingo, dia 23 de novembro, foram anunciados os resultados da 16° edição do Mix Brasl Festival de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual.

Nessa 16° edição, Suzy Capó, André Fischer e João Federici levaram ao público 240 filmes, entre longas e curtas-metragens, filmes de ficção e documentários, que abordaram os mais diversos temas relacionados à diversidade sexual, dos mais variados gêneros (drama, terror, pornô, comédia e etc). Além da exibição de filmes, o evento contou com uma série de atividades paralelas e especiais.

Criado em 1993, o Mix Brasil é o maior fórum de cinema GLBT da América Latina e uma das mais importantes vitrines para produções alternativas no Brasil.

Na Mostra Competitiva Brasil participaram 20 curtas-metragens. Esses filmes foram avaliados por um júri internacional composto por programadores de festivais no Uruguai, Espanha, Israel, Brasil e Alemanha.

A premiação do 16° Mix Brasil cresceu, e nesse ano, além do prêmio de melhor filme, o festival concede premiação às seguintes categorias Melhor direção, Melhor Interpretação, Melhor Direção de Arte, Melhor Edição e Melhor Fotografia, todos recebem o prestigioso Coelho de Prata. E pela primeira vez, a categoria de Melhor Filme ganha o Coelho de Ouro.

Os melhores na escolha do público foram:

Melhor Longa: Um Amor de Siam, de Chukiat Sakveerakul – Tailândia

Melhor documentário: Ela É Um Garoto Que Conheci, de Gwen Hawthorn – Canadá

Melhor Curta Estrageiro: O Pátio da Minha Casa, de Pilas Guiterrez – Espanha

Melhor Curta Nacional: O Corpo Conforme, de Letícia Marques

Os filmes vencedores da competição Brasil da 16° edição do Mix Brasil foram:

Melhor filme: Para Que Não Me Ames (Andradina Azevedo e Dida Andrade, 2008, São Paulo, 17')

Mensão honrosa: Homens (Lucia Caus e Bertrand Lira, 2008, Espírito Santo, 22')

Melhor Interpretação: Depois de Tudo (Rafael Saar, 2008, Rio de Janeiro, 12')

Melhor Roteiro: As Fugitivas (Otavio Chamorro, 2007, Distrito Federal, 13')

Melhor direção: Para Que Não Me Ames (Andradina Azevedo e Dida Andrade, 2008, São Paulo, 17')

Melhor Fotografia: Os Sapatos de Aristeu (Luiz René Guerra, 2008, São Paulo, 17')

Melhor Edição: Entre Cores & Navalhas (Catarina Accioly e Iberê Carvalho, 2007, Distrito Federal, 14')

O Festival Mix Brasil de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual é uma realização da Associação Cultural Mix Brasil, que tem direção artística da jornalista Suzy Capó, direção executiva do produtor João Federici e direção de desenvolvimento do jornalista André Fischer.


Serviço:
Premiação 16° Festival Mix Brasil de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual
Domingo, dia 23 de novembro, às 20
Museu de Imagem e Som
Av Europa 158 – Jardim Europa - (11) 2117.4777
Entrada franca

Cartaz Comunicação
Leandro Matulja e Sandra Calvi

Atendimento à imprensa:
Márcia Vaz – marcia@agenciacartaz.com.br
+ 55 (11) 3871.3030 – 214 / 9252.3192

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]