Mostra do Filme Livre faz sessões no Maranhão na Tela ::  | Curta o Curta

Mostra do Filme Livre faz sessões no Maranhão na Tela

Por Guilherme Whitaker em 03/12/2007 11:40


Em dezembro a MFL participa da primeira edição do Maranhão na Tela com uma sessão especial com curtas que se destacaram na edição 2007. Após a sessão de 7-12 haverá um bate-papo com Guilherme Whitaker, idealizador e curador da MFL.

A “Mostra do Filme Livre” é o único evento no Brasil com premiação exclusiva para filmes realizados sem apoio do Estado, além de ser a única mostra que aceita toda a diversidade de formatos e suportes. Trata-se de um evento aberto e plural, algo EXPERIMENTAL, antenado com as constantes mudanças em nossa sociedade local/mundial. É focado na difusão e reflexão do novo audiovisual, este que a cada semana chega mais facilmente a quase todos, através das velhas e das novas formas de captação de imagens desse imenso lugar chamado Brasil. Uma parte do trabalho da Mostra do Filme Livre é desmistificar o fazer e o mostrar filmes, lutar por mais espaço, visibilidade e (como não?) por mais viabilidade comercial para os filmes independentes no Brasil de agora. Para que seja possível viver de fazer curtas e filmes experimentais, que tais nichos sejam bem tratados e menos taxados. Assim, a Mostra do Filme Livre quer participar deste diálogo aberto entre a LINGUAGEM e o MERCADO, entre a ARTE e o papel do Estado neste cenário repleto de lendas, egos e políticas às vezes descomprometidas com o coletivo.

Mais do evento Maranhão na Tela AQUI.

Programa (87´)
Dia 04/12, às 11h30 – Cine Praia Grande;
Dia 05/12, às 14h30 – Plataforma Univima;
Dia 05/12, às 18h00 – Mercado das Artes;
Dia 07/12, às 14h00 – Cineclube Ong Formação;
Dia 07/12, às 18h15 – Cine Praia Grande.

Filmes da Sessão

Estertor – 15’
Direção: Diogo Dias de Andrade, Davi Moori e Victor Reis
Ficção: Horácio, um homem aposentado que mora na periferia de São Paulo, conta sua saga para resolver os problemas do tabagismo e crise conjugal.

Eu Sou Como o Polvo – 4’
Direção: Sávio Leite
Documentário: Um pouco da memória de Lourenço Mutarelli, considerado um dos melhores desenhistas brasileiros da atualidade.

Sal Grosso – 6’
Direção: André Amparo e Ana Cristina Murta
Ficção: Três pensadores se encontram em um churrasco na laje.

Freqüência Hanói – 9’
Direção: Daniel Lisboa e Diego Lisboa
Documentário: Em uma penitenciária baiana, um interno subjuga as grades e os muros que o isolam. Através da tecnologia (celular clandestino) sua voz ganha liberdade nas freqüências invisíveis da cidade.

Noiva de Deus – 13’
Direção: Leonardo Barcelos, Hélio Lauar e Sandra Penna
Documentário: O que faz uma mulher que deixa de ser amada por um homem? Se vinga como Medéia ou conta histórias como Sherazade? “Noiva de Deus” é o relato contundente de uma mulher que se defronta com a lógica de um fe Minino que, refereciado no desejo masculino, se faz trágico.

Circular – 14’
Direção: Lucas Iannuzzi
Ficção: Um dia na vida de um atendente de lanchonete e sua tentativa de acabar com a rotina..

Guará Ladrão de Estrelas – 26’
Direção: Fábio Carvalho
Ficção: A quarta dimensão do cinema, trazida pelo ator e diretor Guará Rodrigues em uma sessão/ritual, onde ele é o ator principal, contracenando com cerca de 30 figurantes.
Mais da Mostra do Filme Livre no site www.mostradofilmelivre.com

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta

[confira outras notícias]