Nasce o CONCINE - Conselho Cearense de Cineclubes ::  | Curta o Curta

Nasce o CONCINE - Conselho Cearense de Cineclubes

Por Guilherme Whitaker em 20/10/2007 10:55


NASCE O CONCINE
Conselho Cearense de Cineclubes


O atual estágio da atividade cineclubista no país, em franca expansão e inegável vigor, ganha reforço com a fundação do Conselho Cearense de Cineclubes - CONCINE, entidade criada para agregar as diversas atividades cineclubistas em curso no Estado, e para ser mais um espaço em defesa da produção audiovisual brasileira, reafirmando assim o nome do Ceará como um dos expoentes do movimento a nível nacional. A entidade pretende ser plural como é plural, multifário, democrático e aberto a todas as etnias, tendências e manifestações do olhar o Cinema que defende. Assim, agrega nomes de várias áreas da atividade cultural, como o cantor e compositor Calé Alencar, os produtores Júnior Ratts e Virna Paz, o realizador Lenildo Gomes, o jornalista Cláudio Pereira e o titular do CCBN, Henilton Menezes.

A idéia de criar a entidade representativa do cineclubismo cearense nasceu em janeiro durante Oficina ministrada por Felipe Macedo (histórico representante do movimento), numa promoção da Escola de Audiovisual e da Fundação de Esporte, Cultura e Turismo, instituições ligadas à Prefeitura Municipal de Fortaleza. A partir daí, uma comissão passou a se reunir na sede da Escola de Audiovisual, na Vila das Artes (espaço gentilmente cedido por Gláucia Soares, diretora da instituição), e entrou em contato com órgãos como a Secretaria de Cultura do Estado, o Centro Cultural Banco do Nordeste, o Sebrae e o Conselho Nacional de Cineclubes, entidade máxima do Cineclubismo Brasileiro (filiada à Federação Internacional de Cineclubes), delas recebendo apoio e incentivo.
As primeiras ações públicas da comissão foram a realização de uma mesa-redonda sobre Cineclubismo durante a 17a edição do Cine Ceará , com apoio do Sebrae (na pessoa de Ana Parente, que propiciou uma nova vinda de Felipe Macedo a Fortaleza) e também uma palestra-debate sobre Os Primórdios do Cineclubismo Cearense dentro do programa Museu Vivo do Centro Cultural Banco do Nordeste, tendo à frente o emérito cineclubista e crítico LG de Miranda Leão, um dos pilares do antigo Clube de Cinema de Fortaleza.
Em setembro deste ano, a jornalista Aurora Miranda Leão, integrante da comissão, participou da quarta edição da MoVA - Mostra de Vídeos Ambientais do Caparaó, no interior capixaba, onde ministrou palestra sobre A Importância do Teatro e do Cinema na Escola. Aurora foi então convidada oficialmente pelo presidente do CNC, Antônio Claudino de Jesus, para participar da Pré-Jornada Nacional de Cineclubes, realizada de 12 a 14 deste em Vitória (ES), sendo a única representante do Ceará no evento e lá recebeu apoio e incentivo dos quase 70 cineclubes presentes para levar adiante a criação da entidade cineclubista cearense. Assim, nesta sexta, 19 de outubro, foi criado oficialmente o CONCINE - Conselho Cearense de Cineclubes, em clara alusão ao Conselho Nacional de Cineclubes e ao extinto órgão oficial de apoio ao Cinema Brasileiro (extinto no Governo Collor), e também numa justa homenagem a um dos mais árduos defensores do Cinema Brasileiro, o Poeta, Compositor, Diplomata e Músico, Vinícius de Moraes, na data em que este estaria completando 94 anos.

O CONCINE nasce com os seguintes nomes: Aurora Miranda Leão (Presidente); Júnior Ratts (Vice-Presidência), Paulo Benevides (Tesoureiro), Hugo Pierot (Primeiro-Secretário), Irapuan Barroso Júnior (Segundo-Secretário), Cláudio Pereira (Diretor de Comunicação), Calé Alencar (Diretor de Projetos e Relação com outras entidades), e Lenildo Gomes, Gerardo Damasceno, LG de Miranda Leão, Tarcísio Tavares, Henilton Menezes e Virna Paz (Conselho Consultivo). A nova entidade já tem assegurada participação no Festival Goiamum, que acontece de 29 a 01 de novembro em Natal, ocasião em que será realizado um Encontro de Cineclubistas do Nordeste e também o Fórum do Audiovisual Nordestino, já tendo também convites para o Festival de Vitória da Conquista, que acontece em novembro e seu lançamento oficial deve acontecer em dezembro durante a sexta edição do Festival NÓIA de Cinema Universitário.

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]