NÓIA - Festival Brasileiro de Cinema e Vídeo Universitário ::  | Curta o Curta

NÓIA - Festival Brasileiro de Cinema e Vídeo Universitário

Por Guilherme Whitaker em 08/12/2007 11:40


O NÓIA - Festival Brasileiro de Cinema e Vídeo Universitário é um espaço destinado à divulgação e discussão da produção audiovisual universitária do Brasil, além da capacitação de jovens e adultos por meio do audiovisual.

O evento - que e é realizado pela Dínamo Vox em parceria com o Grupo Arte de Viver - começou em 2002 por meio de uma iniciativa dos estudantes do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará.

Naquele momento, os estudantes, incentivados pelos primeiros contatos com as técnicas cinematográficas apresentadas na disciplina de Linguagem Audiovisual, compreenderam a importância de um espaço democrático para a divulgação do material audiovisual produzido por universitários brasileiros.

Então começou o NÓIA: com poucos recursos e muita criatividade, vencendo medos e aprendendo com cada passo e principalmente com muitos ‘NÓIA?! QUE DIABO É ISSO?!’.

Enfim, o Festival chega a 6ª edição, tendo exibido mais de 200 filmes e vídeos produzidos por universitários de todo o Brasil, os quais puderam, juntamente conosco, mostrar que NÓIA na cabeça é contribuição para o Cinema Nacional.

A programação completa e etc. você acha no site do evento AQUI.

Com prazer, o Curta o Curta apóia na promoção do Nóia desde dua primeia edição, em 2002.


A cada ano, o Nóia escolhe um tema. Esse tema NÃO tem nada a ver com a temática dos filmes e vídeos, os quais podem apresentar – sem restrições – as mais diversas nóias... em ficção, documentário, animação, experimental e videoclipe!

O tema norteia os debates, as oficinas e as atividades paralelas do evento, que reúnem pesquisas e pesquisadores em audiovisual, e fomenta discussões sobre o cinema brasileiro e a realidade social, política e econômica na qual está inserido.

Com esse intuito, o Nóia 2007 agrega várias ações relacionadas com o tema A CIDADE E SUAS NÓIAS: O AUDIOVISUAL E O URBANO.

E por que esse tema? A cidade é única para cada um de seus habitantes e, por isso, acompanha a mudança do olhar e se transforma, surge e ressurge a partir de um pensamento ou uma nóia. A cidade abre um campo infinito de possibilidades de expressão pessoal e coletiva. E o audiovisual é uma delas.

Assim, o Festival NÓIA pretende perceber essa capacidade particular que todos possuímos de recriar nosso espaço e nossos tempos na cidade. Ela, que é real e imaginária; que existe como o lugar onde moramos, mas também nos filmes e vídeos onde é representada. Sendo assim, não é à toa que nossa cidade é facilmente encontrada nos mapas simbólicos da história de cada um de nós.

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]