Novo curso Fotografia e Iluminação Audiovisual, com Everaldo Rocha. ::  | Curta o Curta

Novo curso Fotografia e Iluminação Audiovisual, com Everaldo Rocha.

Por Guilherme Whitaker em 02/06/2008 08:43


Em parceria com o Ateliê da Imagem, o Curta o Curta promove o curso  "Fotografia e Iluminação em Audiovisual ", com o professorEveraldo Rocha. Serão 6 aulas de 4 horas cada (2as. e 4as. das 10h às 14h), num total de 24 horas. As aulas começam dia 09-06. Seguem abaixo mais infos relativas. E confira AQUI o currículo do professor.

Fotografia e Iluminação em Audiovisual
Investimento: R$500,00 - Vagas limitadas

Pré-requisito: Conhecimentos básicos ou avançados de fotografia. Noções de Cinematografia.
Objetivo: Introdução à direção de fotografia e à cinematografia digital

Resumo: Fotografia e Iluminação em Audiovisual Definição de cinematografia. Características da luz; natureza, constituição e propagação. Fontes de luz, temperatura de cor; equipamentos de iluminação. Câmera fotográfica, de cinema e de vídeo: semelhanças e diferenças. O negativo e o chip. Operação da câmera de vídeo digital. Processamento dos filmes cinematográficos. A curva característica. Fotômetros e fotometragem. Relação de contraste e gama tonal da imagem. Latitude de exposição e “dynamic range”. A Escala IRE: paralelo com a curva do filme. Luz e cor: sínteses aditiva e subtrativa. Equipamentos para suporte e movimentação de câmera. O setor de fotografia em uma equipe de filmagem. A concepção e a realização da fotografia de um filme. A ténica e a linguagem. A cinematografia da linguagem do filme: referências pictóricas, fotográficas e cinematográficas. Formatos de vídeo digital. Recursos do processamento digital de sinal (DSP). Intermediação e finalização digital. Exercícios em estúdio com câmera e luz e visita a empresa locadora de equipamentos.

Plano de curso:
1º dia:
_ CARACTERÍSTICAS DA LUZ
_ CÂMERA / LENTES
_ O NEGATIVO E O CHIP
Conceito de cinematografia. Características da luz; natureza, constituição e propagação; fontes de luz, temperatura de cor; equipamentos de iluminação; sistema de iluminação de 3 pontos. Câmeras fotográficas, cinematográficas e de vídeo digital; principais componentes, semelhanças e diferenças; o negativo e o chip. Operação da câmera de vídeo digital. Formatos de filmes e janelas de câmera, ampliação e redução. Exercício de iluminação c/ câmera de vídeo, luz e monitor de vídeo.

2º dia:
_ LABORATÓRIO
_ FOTOMETRIA E SENSITOMETRIA
_ LUZ E COR: SÍNTESES / FILTROS
Processamento dos filmes cinematográficos, tipos de filmes e suas aplicações; curva característica. Fotômetros e fotometragem; relação de contraste e gama tonal da imagem; latitude de exposição, sensitometria e “dynamic range”. Sinal de vídeo: luminância e crominância; a escala IRE; paralelo c/ a curva do filme; o controle de zebra no vídeo. Luz e cor: as sínteses aditiva e subtrativa; o uso de filtros e gelatinas; correção de cor analógica e digital. Exercício de fotometragem c/ câmera fotográfica e filme p/ slide.

3º dia:
_ EQUIPAMENTOS P/ CINEMA E VÍDEO
_ CINEMATOGRAFIA: A TÉCNICA E A LINGUAGEM
O setor de fotografia em uma equipe de filmagem. Equipamentos p/ suporte e movimentação de câmera. Técnica e linguagem: os movimentos de câmera na linguagem e narrativa do filme. A concepção, preparação e realização da fotografia de um filme; conceito fotográfico, decupagem, formação de equipe, mapa de luz, lista de equipamentos, filmagem. Exercício c/ câmera, luz e monitor de vídeo.

4º dia:
_ A CINEMATOGRAFIA NA LINGUAGEM E NA ESTÉTICA DO FILME
_ CINEMATOGRAFIA DIGITAL
_ INTERMEDIAÇÃO E FINALIZAÇÃO DIGITAL
A cinematografia na linguagem do filme: referências pictóricas, fotográficas e cinematográficas. Formatos de vídeo digital: mini-DV, DVCPRO, Digital-S; HDV, DVCPRO-HD; HDCAM; os 24P no vídeo; recursos do processamento digital de sinal (DSP) em câmeras digitais profissionais; a fita magnéticas e as tecnologias “tape less”. Intermediação e finalização digital; telecine e transfer “ tape-to-film”. Exercício c/ câmera, luz e monitor de vídeo.

5º dia:
_ VISITAS
_ Aula dividida em duas visitas a empresas: 1 de produção (locação de equipamentos); e 1 de finalização (esta, a confirmar).

6º dia:
_ EXERCÍCIOS
_ Exercício de concepção e preparação da fotografia p/ um curta de até 3 minutos: a partir de um storyline (escolhidos anteriormente entre propostas individuais), pensar (em grupo) o conceito fotográfico, a decupagem e o mapa de luz (em planta de locação real ou cenário concebido).
_ A partir de storyline escolhido na turma, realizar a fotografia de uma cena ou pequena seqüência.


Bibliografia Recomendada
_ ADAMS, Ansel. “O Negativo”. São Paulo, Editora SENAC, 2000.
_ ADAMS, Ansel. “A Câmera”. São Paulo, Editora SENAC, 2000.
_ ALTON, John. “Painting with Light”. Berkeley, Los Angeles, London, Unversity of California Press, 1995.
_ ARONOVITCH, Ricardo. “Expor uma História”. Rio de Janeiro, Gryphus / São Paulo, ABC; 2004.
_ BURUM, Stephen. “American Cinematographer Manual”. Hollywood, The ASC Press, 2004 (9th ed.).
_ GROTICELLI, Michael. “American Cinematographer Video Manual”. Hollywood, The ASC Press, 2001 (3rd ed.).
_ HART, Douglas C. “Camera assistant: a complete professional handbook”. Boston, Focal Press, 1996.
_ LUMET, Sidney. “Fazendo Filmes”. Rio de Janeiro, Ed. Rocco, 1998.
_ MALKIEWICZ, Kris. “Film lighting: talks with Hollywood's cinematographers and gaffers”. New York, Simon Schuster, 1992.
_ MONCLAR, Jorge – “O Diretor de Fotografia”. Rio de Janeiro, Solutions Comunicações, 1999.
_ MOURA, Edgar. “50 Anos Luz, Câmera, Ação”. São Paulo, Editora SENAC, 1999.
_ PEDROSA, Israel. “Universo da Cor”. São Paulo, Editora SENAC, 2003.
_TRIGO, Thales. Equipamento Fotográfico”. São Paulo, Editora Senac, 2003

Ateliê da Imagem - Av. Pasteur 453, Urca - RJ - 21 25413314Everaldo Rocha - contato: rocha@davarimagem.com

* Mestre em Comunicação, Imagem e Informação (UFF).
* Graduação: Bacharelado em Comunicação Social / Cinema) (UFF).

* Experiência profissional e em docência na área de Fotografia, Cinema e Vídeo.
* Atua como fotógrafo profissional desde 1986, tendo realizado trabalhos fotográficos nas áreas: cinematográfica, documental, de ciências, jornalismo, fotografia de obras de arte e artesanato. Iniciou em fotografia cinematográfica em 1987, tendo iniciado como still e assistente de fotografia e câmera. Atuou como diretor de fotografia em curtas e em documentários. * Participou da II Oficina de Produção da Central Globo de Produção, na área de Fotografia, sob a orientação e supervisão do diretor de fotografia José Augusto Protásio. * Lecionou fotografia no Senac-RJ entre 2000 e 2001. De 2002 a 2007, lecionou Fotografia e Iluminação para Cinema no curso de Cinema da Universidade Estácio de Sá. Foi coordenador da área de Fotografia no curso de Cinema de 2005 a 2006, orientando a realização da fotografia de filmes dos alunos do curso, dentre os quais alguns finalistas da etapa nacional do Kodak Film School Competition nos últimos anos. * Em 2008, fundou com a pesquisadora Blanca Dian Brum a empresa Davar Imagem e Memória, de produção audiovisual e produção cultural.

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]