Pará lança edital de incentivo à produção Programa Brasil de Todas as Telas ::  | Curta o Curta

Pará lança edital de incentivo à produção Programa Brasil de Todas as Telas

Por Curta o Curta em 14/08/2014 11:29


Com a presença da diretora Rosana Alcântara e do coordenador de Planejamento de Fomento da ANCINE, Rodrigo Camargo, aFundação Paraense de Radiodifusão – (FUNTELPA), lançou nesta terça-feira, 12 de agosto, em parceria com o Programa Brasil de Todas as Telas, o Edital Cultura de Audiovisual.

 

Serão disponibilizados R$ 3 milhões para financiar quatro novas produções paraenses para exibição inicial na TV Cultura do Pará. Deste valor, R$ 2 milhões serão aportados pelo Programa Brasil de Todas as Telas, com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA),e R$ 1 milhão virá do orçamento da FUNTELPA. A ação faz parte do eixo de Suplementação Regional do programa Brasil de Todas as Telas, que busca estimular o desenvolvimento regional da produção audiovisual brasileira por meio de parcerias com governos municipais e estaduais.

 

Em seminário aberto ao público realizado no Cine Líbero Luxardo, em Belém, a diretora da ANCINE, Rosana Alcântara e o coordenador de Planejamento de Fomento, Rodrigo Camargo, apresentaram o edital aos produtores independentes paraenses e tiraram dúvidas sobre os critérios para a aprovação dos projetos.

 

Entenda o Edital Cultura de Audiovisual

 

O edital prevê a seleção de projetos de obras seriadas com, no mínimo quatro e no máximo oito episódios. Serão contemplados dois projetos de ficção, com R$ 1 milhão cada; além de um projeto de documentário e um de animação, que receberão R$ 500 mil cada. Os proponentes devem ser produtoras paraenses independentes, com registro regular e classificação na ANCINE como agentes econômicos brasileiros independentes.

 

Cada empresa pode concorrer com até três projetos, e as produções deverão ser originais e criativas, desenvolvidas dentro de um dos seis eixos temáticos: Meio ambiente (água, lixo, preservação da natureza, sustentabilidade); Tolerância (racial, religiosa, sexual, de gênero); Memória (patrimônio público ou personalidades da cultura paraense, bens culturais) e Amazônia (identidade, diversidade, tradições).

 

Os projetos habilitados serão avaliados por um júri formado por um profissional da TV Cultura e três profissionais do mercado audiovisual. Após a primeira seleção dos projetos, está prevista ainda uma etapa de defesa oral dos proponentes.

 

Clique aqui para ler a íntegra do edital. As inscrições poderão realizadas a partir da próxima segunda-feira, dia 18 de agosto e até o dia 1º de outubro.

 

Suplementação de recursos do Brasil de Todas as Telas

 

Programa Brasil de Todas as Telas é a maior e mais importante iniciativa de fomento ao setor audiovisual já desenvolvida no país, com recursos da ordem de R$ 1,2 bilhão, oriundos do FSA. Uma das ações, no eixo que visa fomentar a produção e difusão de conteúdos, busca estimular o desenvolvimento regional da produção brasileira por meio de parcerias com governos municipais e estaduais. Este ano, até R$ 90 milhões serão investidos na produção de obras selecionadas por editais de entidades e órgãos públicos de governos estaduais e prefeituras de capitais.

 

A suplementação de recursos oferecida pelo Programa é proporcional ao aporte dos órgãos e entidades locais seguindo os seguintes parâmetros: até duas vezes os valores aportados pelos órgãos e entidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste; e até uma vez e meia os valores aportados pelos órgãos e entidades da região Sul e dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. No caso do Rio de Janeiro e de São Paulo, o programa vai investir até o mesmo valor disponibilizado.


Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]