Premiados no 29° Festival Guarnicê de Cinema ::  | Curta o Curta

Premiados no 29° Festival Guarnicê de Cinema

Por Guilherme Whitaker em 22/06/2006 09:40



Obras nordestinas são destaque no Festival Guarnicê



Os filmes e vídeos nordestinos levaram os principais prêmios do 29° Festival Guarnicê de Cinema, cujo encerramento aconteceu na segunda-feira, dia 19 de junho, em São Luís, Maranhão. Foram entregues prêmios para concursos extra-oficiais, como o troféu ABC-MA, o troféu Jangada (da OCIC/SIGNIS-Brasil) e o Prêmio Nego Chico. Entre os concursos oficiais, foram premiados também o melhor vídeo-clipe, vídeo de um minuto, comercial e tele-reportagem. Confira os vencedores nas principais categorias do concursos guarnicê oficiais de vídeo e filme.

Vídeo:
* Melhor roteiro - Michelline Helena, por "Marilza e a Lata de Leite Condensado" (CE);
* Melhor vídeo maranhense (júri popular) - "Positivo" de Diógenes Estrela (MA);
* Melhor vídeo maranhense (júri técnico) - "Procura-se", de Francisco Colombo (MA);
* Melhor documentário - "João do Vale: Muita Gente Desconhece", de Werinton Kermes (SP);
* Melhor ficção - "Foi onde deu pra chegar de bicicleta", de Frederico Pinto (RS);
* Melhor animação - "Engole Duas Ervilhas", de Marão, Stoliar, Monenerat, Perdido, Thomas, Lua e Rosária (RJ);
* Menção Honrosa - "A música da minha vida", dirigido por alunos das Oficinas do Projeto Ima.Doc (ES);
* Melhor direção - Orlando Lemos, por "AnoniMato" (GO);
* Melhor vídeo nacional (júri popular) - "João do Vale: Muita Gente Desconhece", de Werinton Kermes (SP);
* Melhor vídeo nacional (júri técnico) - "Marilza e a Lata de Leite Condensado", de Michelline Helena (CE).

Filme:
* Melhor roteiro - Armando Praça e Michelline Helena, por "O Amor do Palhaço" (CE);
* Melhor documentário - "Dos Restos e das Solidões", de Petrus Cariry (CE);
* Melhor ficção - "Eletrodoméstica", de Kleber Mendonça Filho (PE);
* Melhor animação - "Deu no Jornal", de Yanko Del Pino (DF);
* Menção Honrosa - ator Luis Miranda, pela interpretação no filme "O Amor do Palhaço" (CE);
* Melhor direção - Camilo Cavalcante, por "Rapsódia para um Homem Comum" (PE);
* Melhor filme nacional (júri popular) - "Infernos", de Frederico Machado (MA);
* Melhor filme nacional (júri técnico) - "Rapsódia para um Homem Comum", de Camilo Cavalcante (PE);
* Melhor Argumento - "A Última do Amigo da Onça" , de Terêncio Porto (RJ)

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]