Produtoras se unem para contar a história do Condomínio Equitativa (RJ) ::  | Curta o Curta

Produtoras se unem para contar a história do Condomínio Equitativa (RJ)

Por Curta o Curta em 05/09/2014 15:30


A produtora Viralata em parceria com a Suma se uniram para rodar um documentário sobre o conhecido condomínio carioca situado no bairro de Santa Teresa, o Condomínio Equitativa. Trata-se de uma história que transborda as fronteiras do bairro, transformando-se em uma representação de momentos marcantes de transformação na cidade do Rio de Janeiro. O projeto ainda está em fase de captação de recursos e foi aprovado pela lei Rouanet e ISS. A expectativa é que o filme seja lançado no segundo semestre de 2015.

 

Para o diretor-executivo da Viralata, Gabriel Correa e Castro, a realização desse projeto é mais do que contar uma história. “O objetivo desse filme é usar o condomínio para pensar e discutir a história do Rio de Janeiro, já que o condomínio atravessou as diversas fases. Será um filme importantíssimo para debatermos as modificações ocorridas na cidade no último século, e mais do que tudo uma bonita história sobre a vida em comunidade e a utopia de se viver de forma fraterna com as pessoas a nossa volta. Além disso pretendemos trabalhar a questão do cinema de arquivo, preservando e dando vitalidade a essa memória através de imagens", conta ele.

 

Um breve resumo de uma História

No início do século passado, o local abrigou um hotel internacional, reduto de artistas e lugar de encontros. Na década de 60, dá lugar à construção de um conjunto habitacional criado para abrigar os funcionários da Empresa Seguradora Equitativa dos Estados Unidos do Brasil. Em poucos anos, estamos na ditadura e novos moradores chegam ao condomínio. Sua localização reservada e próxima ao centro da cidade é uma posição estratégica para militantes de esquerda e reuniões políticas. Em 1979, o condomínio vai a leilão provocando forte mobilização e resistência dos moradores. Nos anos 90, o local passa a sofrer com o crescimento do tráfico de drogas na comunidade vizinha, o Morro dos Prazeres, transformada hoje pela ocupação das UPPs.

 

A história não para por aí, hoje a circulação de moradores da comunidade dos Prazeres pelo local ainda provoca uma série de conflitos. Em um breve resumo, que se esforça por sintetizar mais de um século de História, é possível notar a dimensão das questões que perpassam o Condomínio. Com vista para os principais cartões postais da cidade mas colado na comunidade do Morro dos Prazeres, o Condomínio Equitativa é parte viva da história política e

social carioca. Um espaço com uma forte identidade, símbolo de um estilo de vida alternativo, marcado por um histórico de agitação cultural e pelos seus moradores: intelectuais, artistas e militantes de esquerda.


Fonte: Luíza Martins


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]