Produtores brasileiros independentes vão aos Dias de Indústria ::  | Curta o Curta

Produtores brasileiros independentes vão aos Dias de Indústria

Por Curta o Curta em 24/07/2014 17:27


Uma portaria publicada nesta quinta-feira, 24 de julho, no Diário Oficial da União, divulgou os nomes dos representantes de treze empresas produtoras brasileiras independentes que serão beneficiadas peloPrograma de Apoio à Participação de Produtores Brasileiros de Audiovisual em Eventos de Mercado e Rodadas de Negócios Internacionais da ANCINE para participar dosDias de Indústria, evento de mercado que acontece entre os dias 9 e 11 de agosto, no âmbito do Festival de Cinema de Locarno, na Suiça.

 

Este ano, a Carte Blanche, uma das seções dos Dias de Indústria, terá edição especial com foco dedicado ao cinema brasileiro, em uma parceria do festival com o Programa Cinema do Brasil. Sete longas-metragens brasileiros em fase de pós-produção serão apresentados a potenciais parceiros, como gestores de fundos de investimento, programadores de festivais e agentes de vendas. Com o apoio do programa da ANCINE, muitos dos representantes destes filmes poderão estar presentes no evento para conduzir pessoalmente as negociações, potencializando as oportunidades de inserção das obras no cenário internacional.

 

Os filmes em pós-produção selecionados para a Carte Blanche foram divulgados nesta quinta-feira, 24 de julho, pela organização do Festival de Locarno. Entre as 45 produções inscritas, foram selecionados para exibição os filmes "Aspirantes", de Ives Rosenfeld; "Beco", de Camilo Cavalcante; "Nise da Silveira", de Roberto Berliner; "O Touro", de Larissa Figueiredo; "Oração do Amor Selvagem", de Chico Faganello; "Ponto Zero", de José Pedro Goulart; e "Que Horas Ela Volta", de Anna Muylaert. Um dos sete longas-metragens será premiado com 10 mil francos suíços (cerca de 25 mil reais) para ajuda na finalização.

 

Confira a lista de produtores que contarão com o apoio da ANCINE

 

As seguintes empresas produtoras independentes receberão o apoio do programa da ANCINE para a participação de seus representantes em Locarno: Gullane Entretenimento, representada por Anna Muylaert; TV Zero Cinema, representada por Roberto Berliner; Dezenove Som e Imagens Produções, representada por Jussara Nunes da Silveira; Okna Produções Culturais, representada por Graziella Calvano Ferst; Desvia Produções Artísticas e Audiovisuais, representada por Rachel Daisy Clarke Ellis; Imagem-Tempo Produções Cinematográficas, representada por Eduardo Ades Moraes; Crisis Produtivas Comunicação, representada por Ives Rosenfeld; Alumbramento Produções Cinematográficas, representada por Caroline Louise Eliano de Souza; mínima Concepção e Produção Visual, representada por José Pedro Genovese Goulart; Tu I Tam Produções Culturais, representada por Larissa Maria Fugueiredo Mendes; Matizar Produções Artísticas, representada por Mariana Cardoso Ferraz; Faganello Comunicações, representada por Éverson José Faganello; e Kinoosfera Filmes e Produções Artísticas, representada por Alexandre Silva Mroz.

 

De acordo com o regulamento do programa, os produtores selecionados receberão, cada um, apoio no valor de R$ 3,7 mil para viabilizarem efetivamente a participação nos Dias de Indústria do Festival de Cinema de Locarno. Todos os representantes deverão prestar contas do apoio recebido em até 60 dias do encerramento do evento.

 

Brasil tem participação marcante também nas mostras do festival

 

O cinema brasileiro terá destaque também na programação das diversas mostras do Festival de Cinema de Locarno. Concorrendo ao principal prêmio do evento, o Leopardo de Ouro, o longa "Ventos de Agosto", de Gabriel Mascaro, foi assistido por Sergio Fant, membro do comitê de seleção do festival, na quinta edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro, em maio. O Brasil também terá representantes na competição Leopardos de Amanhã - o curta-metragem "O Bom Comportamento", de Eva Randolph - e na nova seção Sinais de Vida - o longa "Com os Punhos Cerrados", de Pedro Diógenes, Ricardo Pretti e Luiz Pretti. Temos ainda a coprodução com o Uruguai, "Os Inimigos da Dor / Los Enemigos del Dolor", de Arauco Hernández, vencedora do Edital de Coprodução em 2012, na competição Cineastas do Presente, além de outros títulos programados para exibição em mostras não competitivas.

 

Os longas-metragens "Ventos de Agosto", "Os Inimigos da Dor" e "Com os Punhos Cerrados", e o curta "O Bom Comportamento", participarão do evento com auxílio do Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais e de Projetos de Obras Audiovisuais Brasileiras em Laboratórios e Workshops Internacionais da ANCINE. Clique aqui e saiba mais sobre a participação brasileira na 67ª edição do Festival de Cinema de Locarno.


Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]