Revelando os Brasis, ano 3, recebe inscrições ::  | Curta o Curta

Revelando os Brasis, ano 3, recebe inscrições

Por Guilherme Whitaker em 24/10/2007 08:25


Revelando os Brasis
Lançamento da terceira edição do projeto será nesta sexta-feira
na Cinemateca Brasileira, em São Paulo

A terceira edição do Revelando os Brasis será lançada nesta sexta-feira, dia 26 de outubro, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, com a presença do secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Orlando Senna. As inscrições estarão abertas até 29 de fevereiro de 2008, pelo site www.revelandoosbrasis.com.br e nas agências dos Correios. O projeto irá selecionar 40 histórias que serão transformadas em vídeos digitais pelos seus próprios autores.

Parceria entre a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e o Instituto Marlin Azul, com patrocínio da Petrobras, Revelando os Brasis tem como objetivo promover processos de inclusão audiovisual através do estímulo à formação e produção de vídeo digitais em municípios brasileiros de até 20 mil habitantes.

Para o Secretário Orlando Senna, a terceira edição do projeto consolida o Revelando os Brasis como um dos mais inovadores e bem sucedidos projetos de fomento ao audiovisual. "Os resultados do projeto apresentam um dos mais ricos exercícios da linguagem audiovisual. Além da inovação estética, que é surpreendente, o projeto ainda gerou uma tecnologia social que permite uma profunda experiência de construção do que chamamos de cidadania audiovisual", observa.

O secretário ainda acentua o impacto provocado pelo projeto nos municípios que participam do Revelando os Brasis. "A exibição dos vídeos em praça pública nos pequenos municípios são espetáculos comoventes. O encontro da cidade com suas imagens, produzidas e representadas pelos próprios moradores, é um exercício de pertencimento e de construção da memória coletiva das comunidades".

Podem participar do processo de seleção moradores de municípios brasileiros com até 20 mil habitantes. O edital permite a inscrição de histórias reais ou de ficção que seus autores queiram transformar em vídeos. Os selecionados participarão de oficinas preparatórias de roteiro, direção, produção, fotografia, som, edição, direção de arte, mobilização cultural e direitos autorais. Na etapa seguinte, os autores retornarão a suas cidades para realizar os seus vídeos.

As duas primeiras edições do Revelando os Brasis, entre 2004 e 2006, resultaram em 80 vídeos digitais com cerca de 15 minutos cada. As produções são disponibilizadas para exibições não-comerciais após percorrerem os circuitos de difusão previstos pelo projeto, que incluem a exibição nas cidades (mostra itinerante com sessões nos municípios onde os vídeos foram realizados e também nas capitais dos Estados); o Programa Revelando os Brasis (em parceria com o Canal Futura, o projeto disponibiliza os vídeos em formato de programas de TV para exibição nas emissoras públicas educativas e culturais); e os DVDs, que são distribuídos gratuitamente entre organizações culturais e instituições de difusão e preservação da memória audiovisual.

Retratos brasileiros – Para a gerente de patrocínios da Petrobras, Eliane Costa, Revelando os Brasis agrega uma série de valores que são prioridade nas ações de patrocínio da empresa. "O projeto atua tanto na formação de novos públicos quanto de novos produtores, além de ser um importante espaço de produção e de exposição da diversidade brasileira. Os vídeos realizados através do Revelando os Brasis são, realmente, retratos do País, trazendo o olhar de quem normalmente está do outro lado da câmera. A Petrobras já participava das ações de difusão do projeto, patrocinando o Circuito de Exibição nas Cidades e o lançamento dos vídeos em DVD. Nessa terceira edição, o patrocínio passa a ser integral, possibilitando também o desenvolvimento das etapas de formação e de produção".

A coordenadora do Instituto Marlin Azul, Beatriz Lindenberg, destaca os bons resultados alcançados pelo projeto em suas duas primeiras edições. "Apesar de a produção não ser o foco principal da ação, boa parte dos autores que participaram do processo de formação iniciado no Revelando os Brasis deu continuidade às atividades na área audiovisual, ou intensificou sua articulação com outros projetos culturais em suas localidades. Fizemos uma pesquisa entre os realizadores, entre os meses de agosto e setembro, e verificamos que dez diretores já haviam conseguido finalizar outro trabalho após o Revelando os Brasis. Nesse período, 21 diretores estavam escrevendo roteiros e 18 estavam envolvidos na realização de vídeos".

Ela destaca também a participação da Petrobras como patrocinadora integral da terceira edição do projeto. "A Petrobras é uma empresa cujos objetivos na área cultural estão afinados às propostas do projeto. Essa parceria fortalece e amplia a posição do Revelando os Brasis entre as políticas públicas desenvolvidas pela Secretaria do Audiovisual", afirma.

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta

[confira outras notícias]