Saiba os curtas premiados em São Paulo ::  | Curta o Curta

Saiba os curtas premiados em São Paulo

Por Guilherme Whitaker em 04/09/2005 10:59




FESTIVAL DE CURTAS DE SP ANUNCIA RESULTADOS DE SUA 16ª EDIÇÃO


Em cerimônia realizada na noite deste sábado, 3 de setembro, e conduzida pela apresentadora Domingas Person, foram anunciados os resultados da 16ª edição do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo.

O evento, que é patrocinado há cinco anos pela Petrobras, como projeto convidado do programa petrobras cultural, promoveu este ano a exibição de 430 filmes representando 55 países dos cinco continentes. O Sesc São Paulo é o co-promotor do evento, junto com a Secretaria Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Cultura.

O Foco do Festival de Curtas deste ano foi dedicado ao tema Por Um Fio, uma discussão de como os meios de comunicação desempenham papel fundamental na mudança do conceito de “distância” reunindo filmes que tematizam o ritmo imediatista que as relações pessoais tomam na contemporaneidade.

Foram oito salas de exibição em São Paulo, além de itinerâncias em Campinas, São Carlos, Rio de Janeiro, Porto Alegre e no Recife. O público total estimado do evento é de mais de vinte e sete mil pessoas. 

Apesar de não ser competitivo, o Festival levanta as preferências do público através de uma pesquisa que acontece em todas as sessões. O resultado, com os dez títulos internacionais e os dez brasileiros favoritos do publico, serve de base para que parceiros do festival escolham os títulos para suas premiações.

Os dez filmes internacionais mais votados pelo público, em ordem alfabética, foram os seguintes:
A Revolução dos Caranguejos, de Arthur de Pins (França);
A Última Fazenda, de Runar Runarsson (Islândia);
Amal, de Ali Benkirane (Marrocos/França);
Mais que o Mundo, de Lautaro Nunes de Arco (Argentina);
O Ventilador e a Flor, de Bill Plympton (EUA);
Os Últimos Dias, Simon Olivier Fecteau (Canada);
Peça para Três Atores, de Oleksandr Shmygun (Ucrânia);
Ryan, de Chris Landreth (Canadá);
Viagem a Marte, de Juan Pablo Zaramella (Argentina); e
Vitória para Chino, de Cary Fukunaga (México)


Também em ordem alfabética, estes são os curtas brasileiros eleitos pela audiência:
“Alô Tocayo”, De Renato Martins & Lula Carvalho, RJ;
“Descobrindo Waltel”, de Alessandro Gamo, PR;
“Deu No Jornal”, de Yanko Del Pino, RJ;
“Eletrodoméstica”, de Kleber Mendonça Filho, PE;
“Entre Paredes”, de Eric Laurence, PE
“Historietas Assombradas (para Crianças Mal-Criadas”, de Victor Hugo Borges, SP;
“Mestre Humberto”, de Rodrigo Savastano, RJ;
“O Dia Em Que O Bambu Quebrou No Meio”, De Arthur Muhlenberg & Pedro Asbeg, RJ;
“O Mundo É Uma Cabeça”, De Cláudio Barroso & Bidu Queiroz, PE; e
“Soberano”, de Kiko Mollica & Ana Paula Orlandi, SP.


O Prêmio Revelação - voltado para a renovação de talentos provenientes de escolas e cursos de cinema no país – é resultado da parceria entre uma série de empresas atuantes no setor audiovisual e se constitui em reconhecimento a um jovem autor e, ao mesmo tempo, uma contribuição significativa na viabilização de seu próximo projeto. Nele, a resposta à pergunta “Por que você fez esse curta?”, enviada a todos os realizadores concorrentes, é levada em conta na avaliação e o vencedor recebe latas de negativo Kodak; diárias de câmera Aaton; horas de edição de som na Effects; mixagem na JLS; equipamentos de luz e maquinaria da Quanta; revelação de negativo, copião e cópia da MegaColor; uso de telecinagem dos EstudiosMega; e licença para uso de sistema sonoro Dolby.

O júri, indicado pelas empresas parceiras que oferecem o prêmio, foi formado pelo crítico Cláudio Gonçalves de Oliveira, pelo cineasta Eduardo Valente e pela jornalista Fernanda Mena. O vencedor foi o curta-metragem “Dalva”, de Caroline Leone, um filme delicado e sutil segundo os jurados. Foram concedidas ainda menções honrosas para “Oiticica”, de José Geraldo, e “Dois Tons”, de Caetano Gottardi.

Este ano foi criado uma premiação específica para a Mostra Latino-Americana.. Trata-se do Prêmio Instituto Cervantes, oferecido a quatro curtas-metragens latino-americanos de fala espanhola. Os contemplados ganharam direito à autoração de um DVD a ser exibido no circuito formado pelas unidades daquela instituição em todo o mundo e ainda 250 dólares. Os quatro vencedores foram "O Outro Sonho Americano”, de Enrique Arroyo (México), “Mais Que o Mundo”, de Lautaro Nuñes de Arco (Argentina), “E-Mail Para Mamãe”, de Gerardo Ruiz Miñán (Peru), e "O Velho", de Paola Chaurand (México).

Este ano, apontando o reconhecimento internacional do Festival de Curtas de São Paulo, o evento integrou o prestigioso circuito do Jameson Short Film Awards. Patrocinada pela marca internacional de uísque, essa iniciativa acontece em dezoito paises durante o ano e premia o melhor curta nacional em cada festival no qual o circuito Jameson participa. Os contemplados recebem seis mil euros cada e em São Paulo um júri composto por curadores internacionais - Laurent Crouzeix (do Festival de Clermont-Ferrand, na França), Martin Brouard (Festival das Três Américas em Quebec, Canadá) e Roberta Munroe (Sundance Festival) elegeu como vencedor “Início do Fim”, de Gustavo Spolidoro (RS).

Alunos universitários, integrantes de núcleos de produção independentee ainda cineastas concorreram ao Siemens Micromovie Award, uma iniciativa do 16º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo e do Instituto Goethe de São Paulo que propôs o desafio de realizar um curta-metragem com duração de até 90 segundos usando apenas a câmera de vídeo do telefone móvel Siemens SX-1. O valor da premiação é de mil euros. “Velha Infância”, dirigido por Gustavo Ludewig, aluno da Universidade Metodista (São Bernardo do Campo, SP), foi o vencedor.

Os filmes das seções Curta o Formato Brasil e Panorama Brasil foram analisados por um júri formado por profissionais da TV Cultura, que escolheu um título para receber o prêmio TV Cultura de Curta-Metragem, no valor de cinco mil reais. O vencedor foi “Historietas Assombradas (Para Crianças Mal-Criadas)”, de Victor Hugo Borges (SP).

O Prêmio de Aquisição Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem contemplou dois filmes brasileiros (escolhidos pelo Canal Brasil entre os mais votados pelo público nas mostras Curta o Formato Brasil e Panorama Brasil) com cinco mil reais cada um. Os vencedores foram “Eletrodoméstica”, de Kleber Mendonça Filho (PE), e “Mestre Humberto”, de Rodrigo Savastano (RJ).

O Prêmio Aquisição Curta STV, destinado a um filme exibido nas seções Curta o Formato Brasil e Panorama Brasil e escolhido por um júri nomeado pela Rede SescSenac de Televisão. O contemplado, que recebeu cinco mil reais, foi "Descobrindo Waltel", de Alessandro Gamo (PR).

Espaço pioneiro para o curta-metragem brasileiro na internet, o Porta Curtas Petrobras premiou com mil reais três curtas de até quinze minutos de duração, escolhidos pelos internautas no site www.portacurtas.com.br: “Deu no Jornal”, de Yanko del Pino (RJ), “Alice”, de Rafael Gomes (SP), e “O Dia Em Que O Bambu Quebrou no Meio”, de Arthur Muhlenberg & Pedro Asbeg (RJ).

Selecionados entre os favoritos da audiência, três filmes brasileiros receberam o Prêmio Espaço Unibanco de Cinema, para compor um programa a ser exibido na temporada 2006 do projeto Curta Petrobras às Seis: “Soberano”, de Kiko Mollica & Ana Paula Orlandi (SP), “Descobrido Waltel”, de Alessandro Gamo (PR), e “O Mundo é Uma Cabeça”, de Cláudio Barroso & Bidu Queiroz (PE).

A ABD ofereceu este ano dupla premiação: um troféu foi oferecido ao curta de maior destaque na mostra latino-americana; outro para o curta de maior destaque nas seções Panorama Brasil e Curta o Formato Brasil. O vencedor latino-americano foi o argentino “Na Escuridão”, de Marcelo Charras & Juan Manuel Rampoldi. O Prêmio ABD para curta nacional foi para “Sexo e Claustro”, de Cláudia Priscilla (SP), com menção honrosa para: “O Mundo é Uma Cabeça”, de Cláudio Barroso e Bidu Queiroz (PE).

O Troféu Coelho de Prata / Prêmio Mix Brasil, oferecido ao curta de maior destaque na temática da diversidade sexual, foi para “Bigodão”, de Vicki Sugars (França).

Iniciativa que une exibição cinematográfica e ambiente de festa, o Cachaça Cinema Clube é evento de sucesso no Rio de Janeiro e este ano selecionou três curtas brasileiros, que serão exibidos em um programa especial no Cine Odeon BR: “Eletrodoméstica”, de Kleber Mendonça Filho (PE), “Nascente”, de Helvécio Marins Jr (MG), e “O Mundo é Uma Cabeça”, de Cláudio Barroso e Bidu Queiroz (PE).

A programação detalhada do 16º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – que inclui ainda itinerâncias a serem realizadas no Recife (dia 6 de setembro) e em Porto Alegre (8 a 11/09) - pode ser obtida no website www.kinoforum.org.

Serviço
Petrobras apresenta
16º Festival Internacional de Curtas -Metragens de São Paulo
de 25 de agosto a 3 de setembro de 2005
patrocínio: Petrobras - organização: Associação Cultural Kinoforum - direção: Zita Carvalhosa

locais:
Museu da Imagem e do Som (Auditório e Sala Multimídia), CineSesc, Centro Cultural São Paulo (Sala Lima Barreto), Espaço Unibanco de Cinema (Anexo 4), Sala Cinemateca, Cinusp Paulo Emílio, Fundação Armando Álvares Penteado (Auditório 1)

escolas públicas da Zona Leste de São Paulo:
EE Condessa Filomena Matarazzo (Av Paranaguá 472, Ermelino Matarazzo)
EE Jardim Centenário (Rua Miguel A. Dutra 253, Jd Sta Terezinha, Guaianazes)
EE Madre Paulina (Rua Padre Virgílio Campelo 130, Encosta Norte, Itaim Paulista)
EE Dom João Maria Ogno (Rua Maria Carlota, 400, Vila Esperança)
EMEF Antonio Carlos de A. e Silva (Rua Baltazar Santana 365, S. Miguel Paulista)

itinerâncias:
Campinas
28 de agosto (domingo) no Espaço Cultural CPFL

São Carlos
1º de setembro (quinta-feira) no CINUFSCar – Teatro Florestan Fernandes

Rio de Janeiro
2 de setembro (sexta-feira) no Cine Odeon BR

Recife
6 de setembro (terça-feira) no Cinema do Parque

Porto Alegre
8 a 11 de setembro (quinta-feira a domingo) na Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro

Atendimento à Imprensa:
FCF Comunicação –
Alex Koga - tels (11) 3031.1509 e (11) 8224.4727 ou imprensaspshort@uol.com.br
Maitê Freitas - tels (11) 3031.1509 e (11) 9665.2151 ou imprensaspshort@uol.com.br


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta


[confira outras notícias]