Senado aprova Roberto Lima na Diretoria Colegiada da ANCINE ::  | Curta o Curta

Senado aprova Roberto Lima na Diretoria Colegiada da ANCINE

Por Curta o Curta em 18/12/2013 15:49


O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 17 de dezembro, o nome de Roberto Gonçalves de Lima para a diretoria da ANCINE. Na manhã de ontem, Roberto havia sido sabatinado pela Comissão de Educação Cultura e Esporte do Senado e aprovado por 17 votos a um. A Diretoria Colegiada da ANCINE é composta por quatro membros, cada um com mandato de quatro anos. A vaga que será ocupada por Roberto Lima estava disponível desde maio deste ano, com o fim do mandato de Glauber Piva. Roberto comporá Diretoria Colegiada com o diretor-presidente, Manoel Rangel, e as diretoras Rosana Alcântara e Vera Zaverucha.

Roberto Lima foi Coordenador da I Conferência de Cultura de São Paulo e da I Conferência Nacional de Cultura, Gerente de Participação Social da Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura. Na ANCINE desde 2007, Roberto exerce o cargo de assessor da Diretoria Colegiada da Agência, tendo participado dos processos de formulação dos Programas Especiais de Fomento, dos Fundos de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional, do Prêmio Adicional de Renda, do Programa Cinema Perto de Você e das instruções normativas de regulamentação da Lei 12.485/2011, entre outros.

Na sabatina, Roberto apontou o crescimento do mercado audiovisual no Brasil – entre 2008 e 2012, houve um aumento de 126% na renda dos filmes nacionais, e de público - de cerca de 8 milhões em 2008 para mais de 15 milhões em 2012. “Um indicador da contribuição que a ANCINE dá para que isso aconteça vem da ampliação dos recursos disponibilizados. Nos últimos cinco anos, a média de captação de recursos com base nas leis de renúncia fiscal foi de cerca de 180 milhões de reais por ano”, frisou.

Roberto Lima também apontou os efeitos da Lei 12.485/2011, a lei da TV Paga. Segundo ele, a lei tem auxiliado na descentralização da produção de conteúdo audiovisual. Para os próximos anos, o desafio é a ampliação de espaços de exibição de filmes nacionais.

Fonte: ANCINE


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]