Todos os curtas selecionados para Beagá 2006 ::  | Curta o Curta

Todos os curtas selecionados para Beagá 2006

Por Guilherme Whitaker em 25/06/2006 10:36


Confirmada a lista de selecionados para Mostras Competitivas do

8º Festival Internacional de Curtas de BH




Estão confirmados os participantes das duas programações mais esperadas do 8º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte – as Mostras Competitivas Brasileira e Internacional. Entre as produções nacionais foram selecionados 37 trabalhos, de 9 estados. Na disputa entre os estrangeiros, concorrem 29 curtas de 20 países. Os vencedores das Mostras Competitivas receberão prêmios em dinheiro e em serviços.

Este ano a organização abriu as Mostras Competitivas do Festival para os curtas-metragens produzidos em vídeo. Com isso o número de inscrições praticamente dobrou em relação a 2005 - 953 curtas contra 422 - e bateu o recorde das 7 edições anteriores do evento.

Todas as sessões do 8º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte acontecem no Cine Humberto Mauro e na Sala Juvenal Dias, do Palácio das Artes, de 21 a 30 de julho. A entrada é franca e os ingressos serão distribuídos antes de cada sessão.

Mais uma vez o Festival também fará sessões especiais, dentre elas uma Sessão Curta o Curta e uma Sessão da Mostra do Filme Livre, com curtas convidados. Confira em breve, aqui mesmo, mais detalhes sobre tais sessões.

Confira mais no site do festivais AQUI.   E em breve mais novas no Curta o Curta.


Os curtas nacionais selecionados para a mostra competitiva foram:
 

3195 MAN.CANOE.OCEAN. Marcellvs L. (BA, 2005, 12’, experimental, vídeo)

A LENDA DE FUNDAÇÃO  de Diana Iliescu (RJ, 2005, 7’, ficção, vídeo)

ÃGTUX, de Tania Anaya (MG, 2005, 22’, documentário, 35mm)

DE GLAUBER PARA JIRGES, de André Ristum (SP, 2005, 18’, experimental, 35mm)

DEU NO JORNAL, de  Yanko Del Pino (RJ, 2005, 3’, animação, 35mm)

DISTÚRBIO, de Mauro D’Addio (SP, 2005, 10’, ficção, 35mm)

DORMENTE, de Joel Pizzini (SP, 2006, 15’, experimental, 35mm)

DOS RESTOS E DAS SOLIDÕES, de Petrus Cariry (CE, 2006, 13’, documentário, 35mm)

ELETRODOMÉSTICA, de Kleber Mendonça Filho (PE, 2005, 22’, cor, ficção, 35mm)

FOI ONDE DEU PRA CHEGAR DE BICICLETA, de Frederico Pinto (RS, 2005, 14’, ficção, vídeo)

FRÄULEIN GERTIE, deTomás Creus e Lavinia Chianello (RS, 2005, 5’30’’, animação, vídeo)

FREQÜÊNCIA HANÓI, de Daniel Lisboa e Diego Lisboa (BA, 2006, 12’, experimental, vídeo)

HITORIETAS ASSOMBRADAS (PARA CRIANÇAS MAL CRIADAS), de Victor-Hugo Borges (SP, 2005, 16’, animação, 35mm)

JE SUIS JEAN COCTEAU, de Cristina Pinheiro e André Scucato (RJ, 2005, 10’, documentário, vídeo)

JUSTIÇA AO INSULTO, de Bruno Jorge (SP, 2005, 15’, ficção, vídeo)

KALASHNICOV, de Carlos Magno e Francisco de Paula (MG, 2006, 9’, documentário, vídeo)

LECTURES, de Consuelo Lins (RJ, 2005, 6’, experimental, vídeo)

MANUAL PARA ATROPELAR CACHORRO, de Rafael Primo (SP, 2005, 18’, ficção, 35mm)

MEDULA, de Eryk Rocha (RJ, 2005, 15’, ficção, 35mm)

NASCENTE, de  Helvécio Marins Jr. (MG, 2005, 16’, ficção, 35mm)

NO PRINCÍPIO ERA O VERBO, de Virginia Jorge (ES, 2005, 18’, ficção, 35mm)

O DIÁRIO ABERTO DE R., de Caetano Gotardo (SP, 2005, 14’, ficção, 35mm)

O MONSTRO, de Eduardo Valente (RJ, 2005, 13’, ficção, 35mm)

OPERAÇÃO MORENGUEIRA, de Francisco Serra e Godofredo Quincas (RJ, 2005, 16’, ficção, 16mm)

PASSEIOS NO RECANTO SILVESTRE, de Miriam Chnaiderman (SP, 2006, 15’, documentário, 35mm)

REVÉS, de Christian Schneider (RS, 2006, 9’, ficção, vídeo)

SAL GROSSO, de André Amparo e Ana Cristina Murta (MG/ES, 2005, 6’, ficção, vídeo)

SANTA DE CASA, de Allan Sieber (RJ, 2005, 16’, animação, 35mm)

SILÊNCIO, de Sérgio Borges (MG, 2005, 18’, ficção, 35mm)

SOAP SUEY, de Martin Schlesinger (MG, 2006, 3’, documentário experimental, vídeo)

SOBRE A MARÉ, de Guile Martins (RJ, 2005, 13’, ficção, 35mm)

SX80BH, de Ricardo Mehedff (RJ, 2005, 5’, experimental, 35mm)

TEORIA DA PAISAGEM, deRoberto Bellini (MG, 2005, 5’, documentário, vídeo)

TERRA INCÓGNITA, de Gil Baroni e Beto Carminatti (PR, 2005, 15’, ficção, 35mm)

VERMELHO RUBRO DO CÉU DA BOCA, de Sofia Federico (BA, 2005, 18’, ficção, 35mm)

VIVA VOLTA, de Heloisa Passos (PR, 2005, 15’, documentário, 35mm)

 

Mostra Competitiva Internacional - Curtas Selecionados

888 DAYS X 2 / 888 DAYS X 2, de Alexis Gibson (EUA/República Checa, 2005, 20’09, experimental, vídeo)

BEBE REQUIN / BABY SHARK, de Pascal Alex Vincent (França, 2005, 15’, ficção, 35mm)

C TE BEI CHU / SIXTEEN SHOTS ABOUT MR. C, de Wang Yun-Lin (Taiwan, 2005, 23’, ficção, vídeo)

CAJAS / BOXES, de Victor Gualda e Hans Edwards (Espanha, 2005, 19’, ficção, vídeo)

CHAHUT / DIN, de Gilles Cuvelier (França, 2005, 12’, animação, 35mm)

CHRONICLES OF IMPECCABLE SPORTSMANSHIP / IDEM, de Erika Tasini (EUA, 2006, 7’, ficção, vídeo)

DOG / DOG, de Daniel Lang (Alemanha, 2006, 9’15, ficção, 35mm)

DUPLEX / DUPLEX, de Goran Trbuljak (Croácia, 2005, 8’, animação, 35mm)

EL RINCON DE VENEZUELA / THE VENEZUELAN CORNER

Reyther Ortega (Venezuela, 2005, 19’, ficção, 35mm)

EÛT-ELLE ÉTÉ CRIMINELLE... / EVEN IF SHE HAD BEEN A CRIMINAL

Jean-Gabriel Périot (França, 2006, 10’, documentário, vídeo)

HELDEN / HEROES, de Dirk Lütter (Alemanha, 2005, 21’, ficção, vídeo

HEYDAR, YEK AFGHANI DAR TEHRAN / HEYDAR, AN AFGHAN IN TEHRAN, de Babak Jalali (Irã, 2005, 18’, ficção, 35mm)

HIJO / SON, de Nicolás Melini (Espanha, 2005, 8’, ficção, 35mm)

HO KHUTZ NORA / HO! TERRIBLE EXTERIORS, de Lior Shamriz (Israel, 2006, 28’, ficção, vídeo)

KOTIVIDEO / HOMEVIDEO, de Mikko Kuparinen (Finlândia, 2005, 14’, ficção, vídeo)

LOVE THIS TIME / LOVE THIS TIME, de Rhys Graham (Austrália, 2005, 18’, ficção, 35mm)

MADRE TIERRA / MOTHER LAND, de Lara Arellano (Argentina, 2005, 9’25, documentário, vídeo)

McLAREN´S NEGATIVES / MCLAREN’S NEGATIVES, de Marie-Josee Saint-Pierre (Canadá, 2006, 10’, animação, vídeo)

MOTODROM / MOTO DROME, de Joerg Wagner (Alemanha, 2006, 9’, documentário, 35mm)

O ICHOS TOU KYMATOS / THE SOUND OF THE WAVE, de Samourakis Antonis (Grécia, 2005, 23’, ficção, 35mm)

PARIS-BANLIEUE / URBAN-SUBURBAN, de Didier Rouget (França, 2006, 17’22, ficção, 35mm)

PODOROZHNI / WAYFARES, de Igor Strembitskyy (Ucrânia, 2005, 10’, documentário, 35mm)

PORTRAIT OF THE ARTIST AS HIS MUSE / PORTRAIT OF THE ARTIST AS HIS MUSE, de Etienne Desrosiers (Canadá, 2005, 9’, documentário, 35mm)

QUICK VIEW / QUICK VIEW, de Matjaz Ivanisin (Eslovênia, 2006, 23’, ficção, vídeo)

RUN / RUN, de Peter Mackie Burns (Grã Bretanha, 2005, 11’, ficção, vídeo)

SANS SUPERVISION / SANS SUPERVISION, de Andrew T. Betzer (EUA, 2005, 10’5, ficção, 35mm)

SOLACE / SOLACE -Jared Katsiane (EUA, 2005, 11’, ficção, vídeo)

W DRODZE / ON THE ROAD - Maciej Adamek (Polônia, 2005, 29’, documentário, vídeo)

ZAKARIA / ZAKARIA - Gianluca e Massimiliano de Serio (Itália, 2005, 15’, ficção, 35mm)


Confira mais no site do festivais AQUI.   E em breve mais novas no Curta o Curta.


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]