Todos os curtas selecionados para RECIFE 2006 ::  | Curta o Curta

Todos os curtas selecionados para RECIFE 2006

Por Guilherme Whitaker em 16/04/2006 09:26


    X  CINE PE - FESTIVAL DO AUDIOVISUAL
Títulos disputarão o troféu Calunga nas Mostras Competitivas de Curtas-Metragens e Vídeos Digitais Nordestinos.


A BPE (Bertini Produções e Eventos), empresa realizadora do Cine PE Festival do Audiovisual, anuncia o resultado da seleção dos títulos quer irão disputar o troféu Calunga, premiação oficial do festival, nas ‘Mostra Competitiva de Curtas-Metragens em 35mm’ e ‘Mostra Competitiva de Vídeos Digitais Nordestinos’, esta última uma das novidades da décima edição do evento. O Cine PE será realizado de 16 a 22 de abril próximo (2006), no Teatro Guararapes, Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

Dos 135 curtas-metragens inscritos, 14 foram selecionados, sendo sete títulos na categoria ficção, quatro, documentário e três, animação, todos pela bitola 35mm. Entre eles, duas películas são pernambucanas: as premiadas ‘Rapsódia para um Homem Comum’, de Camilo Cavalcante, e ‘Eletrodoméstica’, de Kleber Mendonça Filho. Os demais filmes são originários do Rio de Janeiro (4), Minas Gerais (2), Ceará (2) e Rio Grande do Sul, Distrito Federal, São Paulo e da Bahia, com um concorrente, cada (veja lista no final do texto).

Segundo a diretora do Cine PE Festival do Audiovisual, Sandra Bertini, pela primeira vez na história do evento não haverá competição de curtas na bitola 16 mm. “A razão é que nenhum dos inscritos, 18 ao todo, foi aprovado na seleção”, explica. No que tange aos vídeos digitais nordestinos, dos 120 inscritos _ 65 pernambucanos _, 16 passaram pela seleção, sem distinção de categoria. No rol, estão nove trabalhos de Pernambuco _ com produções dirigidas pelas veteranas Kátia Mesel (Fora do Eixo) e Renata Pinheiro (Guenzo), por exemplo _ cinco da Bahia, um da Paraíba e um do Ceará.

A comissão que selecionou os curtas é formada pelas produtoras executivas pernambucana Isabela Cribari (‘Entre Paredes’) e mineira, Luciana Jordão (‘Cinema, Aspirinas e Urubus’), roteirista e mestre em Cinema; e pelo jornalista, crítico e pesquisador baiano, João Sampaio. Já os vídeos digitais foram avaliados pelo produtor musical Carlos Borges (‘O Auto da Compadecida e Caramuru’), pela produtora de vídeos educativos, Nilsa Lisboa, e pelo jornalista Geraldo Bringel, todos pernambucanos. Para efeito de escolha pelo júri oficial não haverá diferença de categoria no caso dos vídeos digitais nordestinos. Os vencedores levarão o Calunga de Melhor Vídeo Digital, Melhor Diretor, Melhor Roteiro e Melhor Montagem.

Outra novidade da décima edição do evento fica por conta da premiação dos curtas em 35mm. Mesmo inscritos por categoria, valerá o mesmo critério de premiação única: Melhor Curta-Metragem do Cine PE 2006, Melhor Diretor, o Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Edição de Som, Melhor Trilha Sonora, Melhor Direção de Arte, Melhor Ator e Melhor Atriz. “A idéia é enxugar mais o processo de premiação, ressaltando os trabalhos reconhecidos como meritórios pelo júri oficial e tornando mais ágil a cerimônia de entrega dos prêmios”, diz Sandra Bertini. A íntegra do regulamento das mostras-competitivas do Cine PE 2006 pode ser acessada aqui no site.

Quanto à escolha dos longas-metragens que participarão da competição na grade nobre, a direção do festival está avaliando, junto com uma curadoria nacional, “cerca de 35 títulos, o que garantirá uma safra de filmes quase toda inédita para a próxima maratona cinematográfica”. O resultado da seleção dos longas será divulgado no início de abril.

Segundo a diretora do Cine PE, deverão ser exibidos por noite, durante a semana (de 17/segunda a 19/quarta/abril), cinco filmes, sendo dois vídeos digitais, dois curtas e um longa, com início às 18h30 e previsão de término para a meia-noite, no máximo. No final de semana, considerando aí a quinta (20/4), pré-feriado, e a sexta (21/4), a maratona se estenderá um pouco, com mais um longa, por noite. As noites do sábado (22/4) e da abertura (domingo/16) serão destinadas às exibições das películas fora de competição, e às premiações – neste caso o sábado/22, apenas.

Como é praxe no cronograma do festival, os ingressos eletrônicos serão vendidos antecipadamente, já a partir do próximo dia 15 de março, nas lojas BR Mania dos postos credenciados e, nos dias do evento, nas bilheterias do Cecon, a partir das 17h. Os preços serão os mesmos da edição passada: R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia).

Com um orçamento de R$ 1,5 milhão, o Cine PE conta com o patrocínio máster da Petrobrás e os patrocínios do Governo do Estado de Pernambuco, da Prefeitura da Cidade do Recife e do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet. Os co-patrocínios são assinados pelas Eletrobrás e Universidade Salgado Filho-Universo; e a co-produção, pelas Quanta, Fundação Joaquim Nabuco, Link Digital e pelos Labocine e Centro Técnico do Audiovisual-CTAv. A Kodak e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) apóiam o evento, que conta ainda com as colaborações do Fórum dos Festivais e do CTG (Centro de Treinamento Gráfico) e as promoções da Revista de Cinema e do Canal Brasil.

Confira os curtas-metragens e vídeos digitais nordestinos selecionados (dispostos em ordem alfabética):

CURTAS-METRAGENS

Ficção/35mm

Acossada (RJ) – Direção: Karen Akerman e Karen Black

Dramática (RJ) - Direção: Ava Gaitán Rocha

Eletrodoméstica (PE) - Direção: Kleber Mendonça Filho

Início do Fim (RS) - Direção: Gustavo Spolidoro

O Amor do Palhaço (CE) - Direção: Armando Praça

Rapsódia para Um Homem Comum (PE) - Direção: Camilo Cavalcante

Vermelho Rubro do Céu da Boca (BA) - Direção: Sofia Federico

Documentário

Alô Tocayo (RJ) - Direção: Renato Martins e Lula Carvalho

Dos Restos e da Solidão (CE) - Direção: Petrus Cariry

O Maior Espetáculo da Terra (MG) - Direção: Marcos Pimentel

O Som da Luz do Trovão (RJ) - Direção: Petrônio Lorena e Tiago Scorza

Animação

Deu no Jornal (DF) - Direção: Yanko Del Pino

Historietas Assombradas (SP) - Direção: Victor-Hugo Borges

Plutão (MG) - Direção: Sávio Leite e Clécius Rodrigues

VÍDEOS DIGITAIS

Arquitetos do Mar (BA) - Direção: Marcelo Abreu Góis

As Estrelas do Céu (PE) - Direção: Wildes Sampaio Peixoto

Céus! (PE) - Direção: André Pinto

Concerto Nº 1 para Celulares e Orquestras (BA)- Direção: Fausto Júnior

Fora do Eixo (PE) - Direção: Kátia Mesel

Guenzo (PE) - Direção: Renata Pinheiro

Hip Hop com Dendê (BA) - Direção: Fabíola Aquino e Lilian Machado

Muiraquitã (CE) - Direção: Jeane Ramos da Silva

O Diabo no Copo de Leite ( PE)- Direção: Eduardo Duarte

O Fim do Homem Cordial (BA) – Direção: Daniel Lisboa

O Instituto (PE) - Direção: Taciana Oliveira

O Menino e a Bagaceira (PB) – Direção: Lúcio Vilar

Pé na França - Cantadores na Terra dos

Trovadores (PE) - Direção: Ricardo Mello

Positivo (PE) - Direção: Fellipe Figueiroa

Reversos (BA) - Direção: Gabriel Teixeira, Daniel Dourado e Paula Príncipe

Somos Somos (PE) - Direção: André Nascimento e Paulo Fialho



SAIBA MAIS EM   http://www.cine-pe.com.br


Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta

[confira outras notícias]