TRASH – 4ª Mostra Goiana de Filmes Independentes ::  | Curta o Curta

TRASH – 4ª Mostra Goiana de Filmes Independentes

Por Guilherme Whitaker em 30/07/2008 14:11


Com as inscrições abertas até o dia 22 de agosto e em fase de fechamento da programação, a TRASH – 4ª Mostra Goiana de Filmes Independentes – evento promovido pela Monstro Discos que abre espaço para exibição de novas produções independentes – promete surpreender o público goianiense nos dias 19, 20 e 21 de setembro no Centro Cultural Goiana Ouro.

Além da exibição dos filmes submetidos à seleção (conforme regulamento disponível no site www.mostratrash.com.br), o evento terá mostras especiais de clássicos do escracho nacional, entre outros filmes não atrelados à indústria cinematográfica. Paralelamente, a TRASH promoverá oficinas e palestras com convidados. "Estamos fazendo alguns contatos, buscando grandes nomes do cinema trash brasileiro e ainda teremos boas novidades no formato da mostra", informa o produtor cultural Márcio Júnior, que também garante que em breve irá revelar surpresas aos interessados pela vertente "TRASH".

A idéia por trás da TRASH – 4a Mostra Goiana de Filmes Independentes permanece a mesma: todo realizador que possui algum filme, vídeo, ou produto audiovisual de qualquer espécie, pode se inscrever. A data final é 22 de agosto de 2008. Basta conferir o regulamento e baixar a ficha de inscrição disponível no site www.mostratrash.com.br para ver os procedimentos e arregaçar as mangas. A TRASH – Mostra Goiana de Filmes Independentes promete ser um espaço de veiculação de trabalhos autorais e totalmente descompromissados com os formatos comerciais pré-estabelecidos. Criatividade é a única tônica do evento. Viva o cinema de invenção!!!

HISTÓRICO:

A primeira edição do evento ocorreu em julho de 1999 e marcou de forma irreversível a história do Centro Cultural Martim Cererê: a TRASH – 1a Mostra Goiana de Filmes Independentes, deu vazão a diversos "cineastas" cujas obras jamais haviam chegado aos olhos e ouvidos do público. Aproveitando o chavão (sempre pertinente) de "uma câmera na mão e uma idéia na cabeça", todos aqueles que possuíam qualquer trabalho audiovisual estavam convidados a se inscrever. A surpresa veio em grande volume. Dezenas de filmes participantes e sessões sempre lotadas para assisti-los mostraram que em Goiânia há tanto uma produção latente quanto um público sedento por conhecê-la.

Quase seis anos depois, em fevereiro de 2005, ocorreu a segunda edição da TRASH, no mesmo Centro Cultural Martim Cererê. As 4.500 pessoas que passaram pelos três dias do evento atestam o sucesso obtido ao presenciarem a exibição de 79 filmes selecionados entre 138 inscrições de obras produzidas em todo País (São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia, Distrito Federal, Paraná, Tocantins, interior de Goiás e, principalmente, Goiânia).

Todavia, o grande destaque da 2a Mostra Goiana de Filmes Independentes foi a presença da lenda do cinema nacional José Mojica Marins, o Zé do Caixão. Além de curador da 2a TRASH, Mojica participou de debates, exibiu filmes clássicos de sua extensa carreira e ainda ministrou um workshop que resultou no curta "As Injustiçadas".

Um ano depois, a TRASH – 3a Mostra Goiana de Filmes Independentes, mais uma vez superou as expectativas de público, ao lado do veterano videomaker catarinense Petter Baiestorf e do convidado especial e homenageado do evento Ivan Cardoso, um dos principais nomes da geração super 8 na década de 70 e diretor de clássicos como "O Segredo da Múmia" e "As Sete Vampiras". Na ocasião, ocorreu a estréia local do longa-metragem de Ivan Cardoso (após quase 15 anos), "Um Lobisomem na Amazônia".

Mais em www.mostratrash.com.br

Produção
TRASH - 4ª Mostra Goiana de Filmes Independentes
62 81883223 // 62 81173345

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]