V Araribóia Cine canta em Niterói ::  | Curta o Curta

V Araribóia Cine canta em Niterói

Por Guilherme Whitaker em 21/11/2006 05:36



V Araribóia Cine leva música às salas de cinema 

A Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Prefeitura de Niterói apresentam o V Araribóia Cine, festival temático que acontece simultaneamente no Centro de Artes UFF, no Museu de Arte Contemporânea (MAC) e no Museu do Ingá, em Niterói, de 17 a 23 de novembro.

Confira a programação completa AQUI.

Com o tema "Canta, canta, minha gente", sobre a música brasileira, haverá nove sessões de curtas (em película e digital), além de duas sessões de longas. Ao final das exibições, o público participa de debates com realizadores e pesquisadores da área.

São mais de 30 convidados de todo o país, entre eles, a cineasta Suzana Moraes, diretora de "Vinícius de Moraes, um rapaz de família" e filha do poeta, Toshie Nishio ("Uma Casa Muito Engraçada"), Janaina Diniz Guerra ("Da Terra"), Rafael Conde ("Uakti: Oficina Instrumental"), Ítalo Cajueiro (de "O lobisomem e o coronel"), Cláudio Barroso e Bidu Queiroz (de "O mundo é uma cabeça"), a pesquisadora Lia Calabre, da Fundação Rui Barbosa, e o pesquisador André Diniz, autor de "Almanaque do choro" e "Almanaque do samba".

Nos sete dias de programação, passam pelas telas personagens como Chico Science, Vinícius de Moraes, Pixinguinha, Cartola, Arrigo Barnabé, Aldir Blanc, Heitor dos Prazeres, entre outros. Ao todo serão exibidos 31 curtas (em película e digital), que celebram a diversidade sonora do Brasil, com o samba, o rap, o funk, o hip-hop, a bossa nova, a MPB, entre outros estilos.

A música negra recebe atenção especial, segunda-feira, dia 20, Dia Nacional da Consciência Negra, com a exibição de filmes que retratam grandes estrelas como Dona Ivone Lara, Jair do Cavaquinho, Elton Medeiros, Carlos Cachaça, Mestre Humberto, entre outros.

O Araribóia Cine conta mais uma vez com o patrocínio da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e da Fundação Euclides da Cunha de Apoio Institucional à UFF. As sessões acontecem sempre às 19h30, no Centro de Artes UFF (filmes em 35mm); às 17h, no MAC (filmes em 16mm); e, às 17h30, no Museu do Ingá (digitais). Todas gratuitas.

V Araribóia Cine – "Canta, canta, minha gente!"
De 17 a 23 de novembro
Centro de Artes UFF – 19h30 (Dias 17 a 20) – 35mm
- (Dias 21 e 22) - Longas
MAC – 17h (Dias 18 e 19) – 16mm
Museu do Ingá – 17h30 (Dias 21 a 23) – digital
Entrada franca

Informações:
Centro de Artes UFF – 2629-5030 e 2629-5028
Programação completa: www.uff.br/centroarte

V ARARIBÓIA CINE – FESTIVAL DE NITERÓI
17 a 23 de novembro de 2006
“Canta, canta, minha gente”


Sexta, 17 nov 2006 Cine Arte UFF 19h30 35mm

Sessão 1 - Essa moda é nova que vem do Nordeste
Debate: Guilherme Werlang (UFF)

• A PESSOA É PRO QUE NASCE, de Roberto Berliner (RJ, doc, 6min, cor, 1998)
• FULORESTA DO SAMBA, de Marcelo Pinheiro (PE, doc, 26min, cor, 2005)
• O LOBISOMEM E O CORONEL, de Elvis Kleber Figueiredo & Itálo Cajueiro (DF, Ani, 10min, cor, 2002)
• O MUNDO É UMA CABEÇA, de Bidu Queiroz e Cláudio Barroso (PE, doc, 17min, cor, 2005)

Sábado, 18 nov 2006 MAC 17h 16mm

Sessão 2 –O samba trazendo alvorada, meu coração conquistou
Debate: André Diniz (pesquisador)

• PIXINGUINHA, de João Carlos Horta (doc, 13min, 1969)
• HEITOR DOS PRAZERES, de Antonio Carlos da Fontoura (RJ, doc, 13min, cor, 1965)
• MOREIRA DA SILVA, de Ivan Cardoso (RJ, exp, 10min, cor, 1973)
• PERDI A CABEÇA NA LINHA DO TREM, de Estevão Ciavatta Pantoja (RJ, fic, 14min, cor, 1992)


Sábado, 18 nov 2006 Cine Arte UFF 19h30 35mm

Sessão 3 – A rua, a rua, eu gosto é da rua
Debate: Rodrigo Fonseca (O Globo)

• HIP-HOP SP, de Francisco Cesar Filho (SP, doc, 11min, cor, 1990)
• ROSA, de Bruno Vianna (RJ, fic, 12min, cor, 1997)
• ÊXITO DE RUA, de Cecília Araújo (PE, doc, 15min, cor, 2004)
• RAP, O CANTO DA CEILÂNDIA, de Adirley Queiroz (DF, doc, 15min, cor, 2005)

Domingo, 19 nov 2006, MAC 17h 16mm

Sessão 4 – Isso aqui, é um pouquinho de Brasil, Iá, Ia
Debate: Amaury Santos (Rádio MEC)

• O TEMPO E O SOM, de Bruno Barreto Neto e Walter Lima (RJ, doc, 12min, cor, 1970)
• UMA CASA MUITO ENGRAÇADA, de Toshie Nishio (RJ, ani., 3min, cor, 1996)
• VINÍCIUS DE MORAES, UM RAPAZ DE FAMÍLIA, de Susana Moraes (RJ, doc, 32min, cor, 1983)
• A ESTÓRIA DE CLARA CROCODILO, de Cristina Santeiro (SP, fic, 10min, p&b, 1981)


Domingo, 19 nov 2006, Cine Arte UFF 19h30 35mm

Sessão 5 – O filme quis dizer: “eu sou a música”
Debate: Marcelo Janot (crítico e DJ)
• ÁLBUM DE MÚSICA, de Sérgio Sanz (RJ, doc, 10min, p&b, 1974)
• DESCOBRINDO WALTEL, de Alessandro Gamo (PR, doc, 15min, cor, 2005)
• DOIS TONS, de Caetano Gottardi (SP/MS, fic, 16min, cor, 2005)
• UAKTI: OFICINA INSTRUMENTAL, de Rafael Conde (MG, doc, 12min, cor, 1987)
• VIVA VOLTA, de Heloisa Passos (PR, doc, 15min, cor, 2005)


Segunda, 20 nov 2006 Cine Arte UFF 19h30 (35mm)

Sessão 6- Negro é a raiz da liberdade
Debate: Lia Calabre (Fundação Rui Barbosa)
• CHEGA DE DEMANDA – CARTOLA, de Roberto Moura (RJ, doc, 10min, cor, 1974)
• MESTRE HUMBERTO, de Rodrigo Savastano (RJ, doc, 20min, 2005)
• BABAÚ NA CASA DO CACHAÇA, de Luiz Guimarães de Castro (RJ, doc, 20min, cor, 2005)
• DA TERRA, de Janaina Diniz Guerra (RJ, doc, 15min, cor 2005)

Terça, 21 nov 2006, Museu do Ingá 17h30
Sessão Digital 1
THE BIG BOY SHOW, de de Claudio Dager e Leandro Petersen (RJ, doc, 20min, cor, vídeo, 2004)
A RESISTÊNCIA DO VINIL, de Eduardo Castro (GO, doc, 25min, cor, Beta, 2005)

Terça, 21 nov 2006, Cine Arte UFF Longas-metragens
17h - ALÔ, ALÔ CARNAVAL, de Adhemar Gonzaga e Wallace Downey (Brasil, 78min, 1936)
18h30 - O ÉBRIO, de Gilda de Abreu (Brasil, 126min, 1946)
21h -RIO ZONA NORTE, de Nelson Pereira dos Santos (Brasil, 90min, 1957)

Quarta, 22 nov 2006, Museu do Ingá 17h30
Sessão Digital 2
ALDIR BLANC – DOIS PRA LÁ, DOIS PRA CÁ, de Alexandre Ribeiro de Carvalho, André Sampaio e José Roberto de Morais (RJ, doc, 55min, cor, 2004)

Quarta, 22 nov 2006, Cine Arte UFF Longas-metragens
17h20 TABU, de Júlio Bressane (Brasil, 95min, 1982)
19h SAMBA RIACHÃO, de Jorge Alfredo (Brasil, 86min, 2002)
21h CARTOLA, de Lírio Ferreira e Hilton Lacerda (Brasil, 85min, 2006)

Quinta, 23 nov 2006, Museu do Ingá 17h30
Sessão Digital 3
UMA RODA DE JONGO, de Haroldo Lopes (RJ, doc, 15min, cor, miniDV, 2003)
O SAMBA É O MEU DOM, de Luiz Guimarães de Castro (RJ, doc, 29min, cor, 2006)
OPERAÇÃO MORENGUEIRA, de Chico Serra e Godô Quincas (RJ, fic, 16min, Cor e P&B 16mm/MiniDV 2005)

Comente aqui...


Você precisa digitar algo na caixa de texto.
Não foi possível enviar seu comentário.
Informe um e-mail válido.
Você precisa informar um nome.
Você precisa digitar algo na caixa de texto.

Jornal do Curta




[confira outras notícias]